Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ninguém merece...

por Robinson Kanes, em 08.10.20

Lasagna Bianca di Pesce e Granceola e Lamponi.jfif

"Lasagna Bianca di Pesce e Granceola e Lamponi" - Toma lá!!!

Imagem: Robinson Kanes

 

Depois da "Lasagna Bianca di Pesce e Granceola e Lamponi" e das calorias que a mesma provoca (receita a pedido), não resisti à quarentena de exercício físico de um mês e cedi a 10 quilómetros de corrida - acabaram por ser só 11 quilómetros. Quero acreditar que o Dr. Bexiga e a Dra. Patricia não vão ficar decepcionados comigo. Talvez a Enfermeira Sara que é quem me atura mais... Se por acaso meto o pé numa urgência deste país, bem vou ter que os aturar.

 

Quase quatro semanas no estaleiro, onde só posso fazer caminhada no ginásio (e mesmo assim furo as regras pois inclino a passadeira ao máximo) deixam qualquer um louco, convenhamos. E assim foi, depois de um jantar bem comido e bem regado no dia anterior, lá calcei as Asics (escolhi as mais júnior para não existirem tentações de ir além) e até resisti subir ao Sameiro. A opção foi Braga - Gualtar - Este - Braga.

 

Tudo tranquilo, não fosse a estrada de Braga até à Póvoa ter inclinação. Tentei enganar-me com uma subida mais leve, menos mal. Todavia, parece que estava destinado ao castigo: mal passo a Universidade em Gualtar, levo com o olá de um Pastor Alemão que me fez saltar do passeio... Estava  no território dele, mas não ganhei para o susto, mesmo tendo um matulão igual com quarenta e dois quilos.

 

Direcção a Este, aí vou eu... Quando surgem as "Farturas da Inês", e que cheirinho bom tinham as malditas das farturas... Não se faz, além de que depois de quatro semanas a encher o bandulho, fartura menos fartura... Não! Não! Não! Acelerar com o pensamento de voltar um destes dias e derreter-me de prazer com aquela massa carregada de óleo (vegetal, espero).

 

Chegado a S. Mamede, nada como dar a volta, o Garmin aponta cinco quilómetros e meio, e vir pela circular. Tudo normal, não fosse estar sempre a levar com o "xunning" que andava a testar o seu "Evolution" (Evolution, termo para Mitsubishi Lancer Evo, todo quitado de origem, por sinal, uma máquina) e sempre que passava por mim, fazia o habitual "vruuuuum...". Não bastando, e quatro semanas obrigam a repor o batimento cardíaco mesmo em corridas curtas, sou ultrapassado à grande por um indivíduo que tinha idade para ser meu avô. Quando entrei em Braga já ele deveria estar em Famalicão! 

 

Pensando que já tinha sofrido tudo (não esquecer que ainda passei por uma das pastelarias Braga Parque...) levo com uns tipos num Corsa a gritarem: "Ganda Nélson Évora!". "Ganda" Nélson Évora... Ainda dizem que Portugal é um país racista! É que comparar o Nélson Évora comigo é como comparar o Angela Merkel com o Barack Obama! Além disso, a mim sempre me disseram que tenho um cabelo forte, e o Nélson Évora não é propriamente conhecido por mostrar o cabelo. Não bastando, o cavalheiro é campeão em Salto e Comprimento. Enchi-me de orgulho e recordei aquele dia em que no autocarro à saída do avião em Fiumicino, sobraram apenas o Nélson, o seu treinador, eu e a alemã. Motivação extra, mesmo roçando praticamento os 5 minutos por quilómetro.

 

Finalmente, e talvez pela falta de treino recente, sobretudo agachamentos e trabalho de pernas, o joelho dá sinais de não estar a 100%, precisa de treino mas apresentou dor. Tanto sítio e tinha de ser logo o joelho que está óptimo!

 

Enfim, se isto não foi castigo...  Para me vingar, a  minha punição foi mesmo um Branco de Pegões, uma perna de perú assada além do café na São Brás - e sem ajuntamentos, jogava a selecção e estava tudo lá dentro, a esplanada ficou por nossa conta.

 

É razão para dizer: "tá a txober tá, tá a txober txorichas".

Autoria e outros dados (tags, etc)

De Braga ao Sameiro - Por Tenões...

por Robinson Kanes, em 22.07.20

braga.jpg

Imagens: Robinson Kanes

 

 

Dizem por que o fim-de-semana foi pouco animado para os lados de Braga. Devo dizer que me sinto ultrajado com tais palavras, pelo que, e sabendo que em breve terei uma resposta à altura com belas montanhas, venho justificar-me.

 

Uma das vantagens de quem está/vive por Braga, logo pela manhã, é poder subir ao Bom Jesus e ao Sameiro e assistir a uma das mais airosas auroras do nosso país. Existem duas opções para quem chega do centro, nomeadamente a subida pelo Bom Jesus, ou a subida pela Falperra. Hoje debato-me sobre a primeira, a segunda fica para sexta-feira. Perdoem-me também os amantes do Bom Jesus, mas isso será também tema para outros artigos.

asics.jpeg

Apanhar a Ecovia do Rio Este, uma das melhores obras que se fez em Braga nos últimos tempos, finalmente o cimento começa a perder terreno e toca a subir por aí acima. Sobe-se bem em passo de corrida, mas para quem não estiver para isso, ou vai a caminhar pela estrada ou sobe as escadas. Vejo os velhos de 80 anos a subir aquelas escadas, não há desculpas. Todavia, é pela estrada que mais aprecio, além da paisagem, vou vendo as casas "senhoriais", algumas de amigos e sempre dá para aquecer um bocadinho e apreciar a grande chegada ao topo...

bom_jesus.jpg

Chegar ao Bom Jesus é bom, mas as pernas pedem mais e o Sameiro a cerca de quilómetro e meio não é nada, é só subir mais um pouco. Esqueci-me de um pormenor: guardem a paragem no Pórtico, em Tenões, para o fim do dia... Boa comida, gente simpática e vinhos a condizer...

sameiro (1).jpg

O Sameiro, a chegada ao Sameiro, esse ponto alto que nos contempla com duas opções: ou depois de uma corrida se sobem as escadas e se sentem os músculos a vibrar ou então nada como seguir pela estrada. Se for muito cedo não há tempo para grandes deslumbramentos, é que descer a correr com os músculos a frio pode correr mal.

sameiro.jpg

Outra opção interessante é,para quem não quiser "esticar muito a corda", levar o carro até ao Bom Jesus e correr até à Citânia de Briteiros, cerca de 20 quilómetros a correr, ida e volta. O passeio vale bem a pena e é bastante acessível.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sardinhas em Lata

Todas as Terças, aqui! https://sardinhasemlata.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


subscrever feeds



Mensagens






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB