Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Retratos de Inverno - O Mar Guincho

por Robinson Kanes, em 23.02.18

IMG_0989.JPG

Fonte das Imagens: Própria 

 

 

Um dos espectáculos mais admiráveis da costa portuguesa dá-se entre Cascais e Sintra... É nesse troço de beleza única que encontramos o Guincho e toda a sua encantadora fúria. Paradoxalmente, assistimos a uma demonstração de força inigualável e à qual não podemos ficar indiferentes devido à tamanha perfeição da Natureza.

IMG_0990.JPG

O Guincho é um paraíso para surfistas, ciclistas, visitantes de Domingo e, sobretudo no Verão, para banhistas e aspirantes a um qualquer estatuto social - dizer que se faz praia no Guincho, ou que se almoçou no Guincho ainda é sinónimo de um qualquer status - e ainda bem, até porque assim talvez tenhamos o devido cuidado com a paisagem que nos rodeia. E sim, não vou negar que adoro o meu café na Fortaleza do Guincho onde temos um bar fantástico e praticamente em cima do mar - nada como sentir a espuma nos dias mais agrestes mesmo a bater ali no vidro.

IMG_1035.JPG

Também não podemos esquecer que estamos num Parque Natural, o mesmo é dizer que entramos numa zona protegida e onde todos os cuidados têm de ser mantidos - mas a isso voltaremos um destes dias.

O Guincho, de facto, e sobretudo no Inverno, não é so glamour, ou restaurantes - é frio, é algo de sedutoramente tenebroso e apaixonante. É o vento norte a entrar-nos pelo corpo, mas que nada consegue contra o impulso de não querermos abandonar aquelas rochas.

IMG_1002.JPGPor tudo isto, e sobretudo para aqueles que vão ter fim-de-semana, nada como flanar num daqueles locais que faz sempre parte do "passeio dos tristes". Se possível, nada como levar a bicicleta ou as botas e percorrer todos estes recantos, aposto que, mesmo para quem tem filhos, eles vão adorar - o melhor que pode acontecer é apanharem uma constipação, mas isso até reforça as defesas naturais na idade adulta. Acredito até que seja melhor do que passar o dia fechado numa rocha de cimento.

IMG_0979.JPG

Finalmente, e se estiver um daqueles dias em que não apetece mesmo sair do carro e apanhar aquela brisa marinha, pensem que uma embalagem de água do mar, nas farmácias, pode custar mais de 10 euros e aqui, além de perfeitamente natural e sem aditivos, temos essa embalagem em doses indústriais e sem custos...

IMG_1014.JPG

Bom fim-de-semana, 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Praia de Vale dos Homens

por Robinson Kanes, em 16.05.17

IMG_3174.JPG

 Fonte das Imagens: Própria

 

Inauguro hoje, uma série de cinco artigos que visam dizer bem de Portugal. Procurarei mostrar o que temos de bom e, com isso, apontar também que não é só Espanha e outros países mediterrânicos que me apaixonam.

 

Hoje vou estar na Praia de Vale dos Homens, aproveitando o facto de ter falado deste local em artigos anteriores. A Praia de Vale dos Homens é uma das praias que podemos encontrar na Costa Vicentina e que também faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, ou seja, uma área protegida.

 

IMG_3185.JPG

 

Em plena zona de planalto, é depois de Odeceixe, na freguesia de Rogil que encontramos este pequeno paraíso. As formas de chegar são imensas, sendo a mais recomendada, a EN120. Já dentro da freguesia do Rogil existe uma placa a indicar o caminho. Quem não gosta de sujar o carro, que não se aventure nas dicas que o colaborador do posto de combustível (REPSOL) da entrada norte da vila dá! No entanto, são óptimas!

 

Chegados a esta praia, nada como seguir pelo passadiço até uma das encostas. Aí, temos uma vista paisagística mais abrangente e, se a maré estiver baixa, as águas e as rochas serão o mote perfeito para não nos fazerem hesitar na descida dos 285 degraus. Não custa muito e o ar do mar ajuda. As pessoas com mobilidade reduzida podem apreciar a partir da encosta já mencionada.

 

Cuidado com as arribas, pois são instáveis, e também com os banhos, pois quando a maré sobe pode levar ao engano os menos cautelosos - grande parte da praia tem um fundo rochoso. Esse fundo rochoso, apesar dos perigos que encerra, cria pequenas poças durante a baixa-mar que fazem a delícia dos mais pequenos! Bem... E dos graúdos...

IMG_3159.JPG

Mas nem só as águas e as rochas tornam esta praia especial, pois também a típica Esteva marca presença e divide o seu espaço com a Armeria e o Rosmaninho. No entanto, o que a mim mais me apaixona é quantidade de Ulex Erinaceus.  Fui procurar e é uma planta endémica, exclusivamente portuguesa!

 

IMG_3177.JPG

De facto, o sossego que esta praia transmite, mesmo em meses de Verão, é algo que já vai sendo difícil de encontrar e é o mote perfeito para pousar as bicicletas, parar o carro ou conter a caminhada e fazer uma pausa. Mas cuidado! Quando andarem por lá, não saiam das zonas de circulação pois além da Flora, muitas outras preciosidades, como as rochas, são protegidas por lei! Além de que, as autoridades andam atentas a qualquer movimento em falso, nomeadamente a GNR. E nunca se esqueçam, levem sempre o Código de Conduta convosco, o download pode ser feito aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



subscrever feeds




Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB