Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sardinha à Inglesa!

por Robinson Kanes, em 06.10.20

sardines-comic-funny-healthy-ways-to-eat-sardines.

Créditos: https://healthyronin.com/healthy-ways-to-eat-sardines/

 

E porque é terça-feira estamos a lamber os dedos no SardinhaSemLata.

Falamos de bons hábitos que todos devemos seguir, ou talvez não. Estamos aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estado de Calamidade na Brasa...

por Robinson Kanes, em 25.08.20

5ebe678a300000261b1560c0.jpeg

Créditos: https://www.huffingtonpost.fr/entry/scarface-va-avoir-droit-a-un-remake-signe-des-freres-coen_fr_5ebe6441c5b6500cdf6691f5

 

Hoje declarou-se o Estado de Calamidade no SardinhaSemLata. Podem acompanhar a nossa rubrica das terças-feiras. É já aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Unidos Podemos... Corrompernos también...

por Robinson Kanes, em 17.08.20

pablo-iglesias-655x368.jpg

Créditos: https://okdiario.com/espana/iglesias-afirma-recaera-psoe-entregar-gobierno-partido-mas-corrupto-europa-452963

 

A los corruptos les vamos a llamar corruptos.

Pablo Iglesias, 2015 

 

De Espanha têm vindo algumas notícias sobre o Rei Emérito, o que é de bom tom, no entanto, as notícias que colocam, sobretudo os partidos salvadores do início da década como uns dos grandes prevaricadores e usurpadores do Estado Democrátio é  que merecem a nossa inquietação, em suma, os mesmos que lutam contra o mal somente porque não o podem praticar. 

 

Depois de vários escândalos, onde se inclui a famosa casa de Pablo Iglesias Turrión e da esposa, um casal descontraido que não utiliza gravata ou tailleur mas que enriqueceu de forma demasiado rápida e com base nos "coitadinhos" espanhóis - famosa casa em Madrid no valor de €600  000 euros - os espanhóis perceberam que nem os paraplégicos, nem os indivíduos que usam rastas e inclusive nem aqueles que se vestem de forma informal (alguns a roçar a sujidade), os barbudos (de barba mal aparada) ou até aqueles que ousam amamentar numa assembleia nacional e cuja imagem é projectada para promover a diferença do sistema "limpinho" e "engravatado" não são em nada diferentes, bem pelo contrário, comportam-se de forma pior que os porcos de um famoso livro.

 

Desta vez foi o ex advogado do Podemos, José Manuel Calvente, que denuncia a corrupção no partido como sendo ainda mais vexatória do que nos famosos casos Gürtel e Filesa. Para Calvente "a  diferença de todos os casos de corrupção partidários em Espanha, é que no Podemos não estamos perante uma alegada corrupção de um partido, mas antes corrupção dentro do partido devido a um alegado financiamento ilegal de alguns  dos seus dirigentes". A ser verdade, o caso Robles e tantos outros casos morais e criminais relacionados com partidos como o Bloco de Esquerda e até o próprio PCP (o impune partido nacional) parecem pouco... Ou talvez não... Basta perceber como alguns, e friso alguns, membros destes partidos se movimentam e como até o modus operandi é similar.

 

O caso "caja B" em Espanha já está a ser investigado depois de Calvente ter admitido que no Podemos se praticaram "delitos de financiamento ilegal, branqueamento de capitais, gestão danosa e revelação de segredos", juntando-se ainda a má utilização de fundos públicos. Lembrar que este foi o partido, pela voz da sua militante e actual Ministra da Igualdade, Irene Montero, que há pouco mais de 15 dias, dizia acerca da "fuga" de Juan Carlos o seguinte: 'España no admite más corrupción ni más impunidad'.

 

Perante estes factos, as altas instâncias do Podemos, inclusive os seus líderes, defendem-se apenas com o argumento de que tudo é "rumorologia" e com os casos de corrupção do PP de Rajoy. Face às perguntas directas não existem quaisquer respostas, basta para aferir desse comportamento de fuga, acompanhar algumas entrevistas em Espanha. Como também o "El Mundo" diz a 15 de Agosto, mesmo com alguns dos factos a serem realidade, até porque a presunção de inocência deve manter-se, "ni borracho ni solo, Pablo Iglesias va a salir de Moncloa". Adivinham-se tempos difíceis em Espanha.

 

Infelizmente, no país vizinho, também já são muitos os cidadãos que começam a ficar cansados da corrupção sistémica, onde PP e PSOE lideram mas que agora afecta também partidos como o Ciudadanos e até o VOX a nível mais local. Contudo, parece ser o Podemos, o partido "limpo", um sério candidato ao trono dos mais corruptos de Espanha e com isso, quer queiramos quer não, o próprio VOX vai ganhando pontos, basta assistir a alguns debates no Palácio das Cortes para perceber o nível intelectual e de conhecimento da realidade que estes últimos, sobretudo as suas deputadas, têm.  Os libertadores, afinal, não parecem ser tão diferentes dos agressores e onde é que já vimos isto tantas vezes ao longo da História... Que o digam os cidadãos que viviam para lá de um muro que dividia Berlim e talvez um dia o digam também os portugueses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A EGEAC pariu um Rato!

por Robinson Kanes, em 13.07.20

tumblr_ly1wo5ouy91qb8f0mo1_1280.jpg

Gustave Doré - A Assembleia dos Ratos 

Créditos: https://biblioklept.org/2015/07/02/the-council-of-rats-gustave-dore/

 

Aderir à mentira como se fosse verdade é decapitar-se

Rabindranath Tagore, in "A Casa e o Mundo"

 

De uma coisa o Museu do Aljube se pode orgulhar, representa bem a cultura do "uma coisa e o seu contrário", e nisso, somos de facto seres fantásticos que por terras lusas deambulamos.

 

Na verdade, um museu que ostenta as máximas da Liberdade, da Democracia e da Tolerância, escolhe para o mais alto cargo da instituição uma militante comunista que nem sabe (ou não quer ver a realidade, à semelhança da grande maioria dos militantes) o que é um Gulag. Esta é também a militante que defende convictamente um regime como a Coreia do Norte e outros entretanto em ruínas, como a ex-União Soviética. Estivessem vivos José Barreto Sacchetti ou Barbieri Cardoso e muito provavelmente seriam candidatos também ao lugar, ou então teríamos a abertura de um concurso internacional feito à medida de Erich Mielke ou até de Abdelaziz bin Humaid al Humain. Pedro Nuno Santos também poderia ser uma opção... Nada como um jovem bolchevique, com tiques capitalistas e capaz de um autoritarismo atroz, em suma, o típico político ascende porque sim.

 

Que a EGEAC tem um poder algo anormal em Lisboa e na própria estrutura camarária já não é novidade, mas desta vez, os favores políticos ultrapassaram todos os limites. Ou talvez não... A Câmara Municipal de Lisboa e as suas empresas municipais não são mais que uma agência de recrutamento para determinadas cores partidárias, um pouco à semelhança do que acontece em muitas outras autarquias e até organismos do Estado. Rita Rato, pertencente a uma organização equiparada pela União Europeia ao Partido Nacional Socialista (Nazis, portanto) surgiu porque está a passar pelo mesmo processo de um Adolfo Mesquita Nunes à direita, ou seja, a criação de uma figura para que no futuro daí possa sair um candidato a... Em política, o que parece é e ainda vamos ouvir falar desta senhora. Em tempos disse o mesmo em relação ao primeiro.

 

Todavia, o que leva uma instituição a abrir um concurso onde coloca requisitos que obrigatoriamente devem ser cumpridos, mas que os ignora na hora de escolher o candidato? Rita Rato, além de não ter formação em museologia, não tem qualquer experiência em dinamização de espaços e exposições. Que terão pensado dois dos últimos candidatos que foram à entrevista de fachada (e quem já se candidatou a cargos públicos sabe do que falo) e que também se sentiram "despachados" na mesma.

 

Não é que o Museu do Aljube seja de magna importância no panorama museológico nacional, mas é mais um claro exemplo da corrupção que grassa em Portugal sem que nada se faça perante as distracções paralelas que vão preenchendo a nossa praça. Este espaço, localizado em frente ao Centro de Estudos Judiciários (CEJ) pode ser agora alvo de visitas de estudo quando o tema for corrupção, é só atravessar a rua e sempre sai mais barato. Alguns desprezam esta forma de ver as coisas, os "menores" até lhe chamam "reinvindicaçõezinhas", os mesmos que só falam de liberdade e de direitos, estranho paradoxo... Autênticos laptop heroes camuflados de Robespierre, mas que no fundo não passam de acomodados com tiques de tirania.

 

De facto, todos aqueles que visitarem este museu (sustentado com dinheiro de todos nós), passarão a ter uma clara visão na primeira pessoa do que é a tirania e o totalitarismo e aí, com tal gestão, o museu está a cumprir aquilo para o qual foi criado. Viva a cultura! Viva a Liberdade, especialmente a minha!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje a Sardinha traz ódio...

por Robinson Kanes, em 30.06.20

93768475_3309581579052693_8652805195157209088_n.jp

Créditos: https://www.facebook.com/AberdeenSardineFestival/photos/pb.249823545028527.-2207520000../3309581572386027/?type=3&theater

 

Hoje é aquele dia em que grelho umas sardinhas e partilho com todos vós... Podem temperar as mesmas com um pouco de ódio aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Movimento Português Anti-Racista e Anti-Colonialista...

E de todas as outras coisas que estão na moda...

por Robinson Kanes, em 22.06.20

Amsterdam.jpg

Rembrandt Harmenszoon van Rijn - "A Ronda Nocturna" - Pormenor (Rijksmuseum)

Imagem: Robinson Kanes

 

Não é a intensidade dos sentimentos elevados que faz os homens superiores, mas a sua duração.

Friederich Nietzsche, in "Para Além do Bem e Mal".

 

Jovem!

 

Não tens nada que fazer para lá das redes sociais e da praia? Não sabes o que é a Democracia? Vives dos meus impostos? Queres apagar a História? Gostas de aparecer e pertencer a causas mesmo sem saberes porquê ou sem teres ideias de futuro? Não tens ideias e  até no teu bairro tens medo de dizer um "ai"? Queres destruir uma sociedade democrática? Se respondeste sim a uma questão que seja, junta-te à nossa causa! Não te esqueças é de criar um instagram ou um facebook para sentires que estás a tomar parte num sentimento de pseudo-maioria!

 

Para atingirmos os nossos objectivos propomos:

 

- Destruição do Mosteiro dos Jerónimos, do Santuário de Fátima e de todas as Igrejas e monumentos ligados à Igreja Católica, essa grande promotora do colonialismo em tempos antigos e causadora de milhões de mortes por esse mundo fora - pelo caminho vai a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, a Feitoria e a Casa da Dízima! Feitoria é coisa de colonialismo e não é propriamente o meu restaurante predilecto, a Casa da Dízima é só porque não gostei propriamente das duas vezes que lá comi pregado, só por isso, o que já é um acto atroz!

 

- Destruição da estátua de D. Afonso Henriques, um indivíduo que batia na mãe e a partir de Guimarães promoveu a causa racista matando árabes por aí abaixo;

 

- No seguimento do ponto anterior, circunscrição de Portugal ao Condado Portucalense e devolução do restante território aos mouros, eles depois que se entendam com os que foram expulsos pela mouraria;

 

- Destruição das estátuas de todos os reis e até do próprio Marquês de Pombal;

 

- Exoneração de um político-mor, um ferranho defensor do colonialismo e cuja opinião pública só mudou com a mudança do regime (efeito cata-vento);

 

- Destruição de milhões de edições de livros, obras de arte, manifestações culturais, gastronómicas e sociais que são herança ou tiveram como base indivíduos racistas e colonialistas! Abaixo os Santos Populares, viva a Festa do Avante!

 

- Abaixo a ciência em todas as suas vertentes;

 

- Fim ao hino nacional, e no fundo, ao ser português;

 

- União com movimentos internacionais tendo em vista a destruição das pirâmides do Egipto, de totos os vestígios do Império Grego e Romano, em suma de praticamente todos os sítios históricos da Antiguidade e outros mais contemporâneos excepto os edifícios históricos que tenham lojas da Primark e da Humana;

 

- Aliás, sugiro a destruição da Europa, dos Estados Unidos, da Rússia, de todo o Médio-Oriente, da China, em suma de toda a Ásia. Mas como também há racismo em África e na América do Sul, vamos destruir tudo. 

 

- Pela quantidade de raças que se aí se encontram, a mudança ou até a destruição do Largo do Intendente em Lisboa, em homenagem a Diogo Inácio de Pina Manique, esse racista absolutista.

 

- Destruição do Bairro Alto, isso é racismo e dá a sensação que os brancos do Alto olham de cima para as outras raças da Baixa. Principe Real é um ultraje e deverá ser renomeado para qualquer coisa como Presidente do Comité ou "influencer square" ou "Game Changer".

 

- Sugiro que o principal acesso ao Hospital de São José, a Avenida Almirante Reis, seja fechada ao trânsito inclusive de ambulâncias para que, e especialmente em períodos de confinamento, te possas manifestar, sem perceberes, em muitos dos casos, bem porquê. 

 

- Em temas verdadeiramente urgentes e fracturantes da nossa sociedade, enterra a cabeça na areia e faz de conta que nada se passa, nomeadamente a corrupção, os incêndios, a propaganda digna de regime ditatorial, o crime, a impunidade e todas as falcatruas e defeitos de um país provinciano. Segue a moda! Segue a moda e não vires os olhos para o lado. 

 

- Não penses, nós pensamos por ti e tens um Presidente da República que também o faz. 

 

Se não tens coragem para isto tudo, mas queres ser um indivíduo bem visto e sentir-te parte do grupo, escreve só meia-dúzia de tretas que encontras nas notícias e partilha na internet, também assim estarás a fazer a tua parte. No entanto, quando o fizeres, não te esqueças que o racismo não existe só contra negros e lembra-te de te esqueceres de tudo isto ao fim de uma semana dedica-te de imediato a outra causa que esteja na berra, o like é garantido e assim a tua opinião contará mais que as outras, mesmo que todos se estejam a borrifar para o que escreves online.

 

Junta-te à nossa causa e vais fazer parte de um movimento único e que defende a liberdade dos povos com violência e hipocrisia. Uma coisa é certa, nunca te sentirás cansado porque todos os dias há novas causas, a próxima será a da existência de gafanhotos gigantes extraterrestres que falam e estão escondidos debaixo dos corpos dos pagadores de impostos - estão prontos a atacar para extinguir a raça humana pelo que se seguirá o ataque ao consumo de vinho branco que é uma clara demonstração de supremacia branca!

 

P.S.: aquela do político-mor, coloca-me a pensar como é que um indivíduo que... chega a presidente de... Enfim, coisas minhas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E hoje é dia de Sardinhada...

por Robinson Kanes, em 21.04.20

sardinhas-assadas-com-salada-de-batata-e-pimentos.

Créditos: Teleculinária

 

E hoje é dia de mais uma sardinhada com Corrupção e Direitos Humanos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da Apologia da Escroqueria!

A Visão e o Raríssimo Manuel Delgado...

por Robinson Kanes, em 16.10.19

 

img_900x509$2017_12_12_22_53_24_692413.jpg

Créditos: TVI

 

 

Os hábitos são fáceis de criar mas muito difíceis de quebrar.

Paul Dolan, in "Projectar a Felicidade"

 

No país dos compadrios, não é de admirar que uma prática comum seja o facto dos verdadeiros escroques, dos verdadeiros pulhas passarem de bestas a bestiais e os verdadeiros bestiais em segundos se transformarem em bestas, sobretudo se não estiverem inseridos em grupos e grupelhos de cariz partidário, profissional, solidário e mediático. 

 

Devo admitir, embora respeite a liberdade que um meio de comunicação tem de "botar faladura" de todo e qualquer indivíduo, que foi com perplexidade que vejo em destaque um comentário do alto da sua sabedoria do senhor Manuel Delgado. Na Visão e com o respectivo destaque no SAPO, o raríssimo Manuel Delgado, o tal que não acha imoral acumular fortuna com dinheiro destinado ao tratamento de crianças com doenças raras; o tal que viaja, e passo a expressão, "à conta" das crianças com doenças raras e ainda tem o displante de se fotografar em belos e próximos passeios com a presidente de uma associação que já todos percebemos como funcionava, volta a aparecer. O tal que nada sabia, um pouco à semelhança de Vieira da Silva, então Ministro que teve o justo prémio de se manter no cargo e continuar como se nada tivesse acontecido - quem tem a família "toda" no Governo não deve abandonar os seus, de facto.

 

Delgado vem falar de novos modelos, de moralidade e claro, de política. Utiliza até expressões como " ignorância, imaturidade e excesso de ideologia liberal" para criticar aqueles que têm uma opinião diferente da sua. Quanto a isso, não tenho nada contra, é o retrato de um moribundo moral que ainda respira, mas este senhor, mais um dos que sofre da real amnésia nacional quando confrontado com factos que o colocam em maus lençóis, não deveria ter vergonha de aparecer? E o palco que lhe é dado? Sabemos que continua a desempenhar funções em áreas que muitos que até sabem mais nunca poderão sonhar, quando muito poderão emigrar. Estarão a Visão e o Sapo a dar tempo de antena e a trazer para a praça de cara lavada este indivíduo? É assim que procuramos a renovação? É assim que valorizmaos os melhores? Não!

 

Neste país onde prejudicar o erário público e ser um pulha, desde que bem relacionado, se pode aguardar uma demissão e uma ligeira caminhada pelo deserto para voltar em força como salvador da pátria, não é de espantar. Não é de espantar que indivíduos como este continuem por aí a pulular, com altos cargos públicos e partidários, com altos cargos aqui e acolá e com o nome manchado na praça.

 

O público esquece-se, mas um verdadeiro aluno deste senhor da Universidade Nova, por certo, não hesitaria em recusar-se a assistir às aulas de tão "reputado" profissional! No entanto, fica sempre bem dizer que o professor é deste e daquele partido, desta e daquela associação, mesmo que se trate de um verdadeiro pulha! Os valores, o saber e a integridade pouco interessam para o CV... Afinal, e como dizia Paula Brito da Costa, por outras e palavras quando ainda era presidente da Raríssimas, são senhores como este que podem trazer o "guito"... E não só...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre a Corrupção e um Obrigado ao Sapo!

por Robinson Kanes, em 01.07.19

1600x-1.jpg

 

Créditos:https://www.bloomberg.com/news/features/2017-06-08/no-one-has-ever-made-a-corruption-machine-like-this-one

 

Tenho de iniciar este artigo com um agradecimento especial à "página principal" do portal SAPO, sobretudo pela partilha do meu último texto dedicado à corrupção. Tenho de admitir que não esperava, quer pelo teor quer pelo "esticar da corda" com que abordei o tema. O SAPO e eu nem sempre estamos de acordo, mas também tenho de reconhecer quando faz um bom trabalho e quando tem em conta os meus artigos e de outros que, embora menos divulgados, também vão tendo o seu destaques. Obrigado! E admito que é com um grande sorriso que vejo que também estão atentos a temáticas que são verdadeiramente interessantes, mesmo que a partilha deste género de conteúdos nem sempre possa gerar a simpatia de todos os vossos visitantes. OBRIGADO!

 

Aproveito também este artigo, porque não deixei de pensar nas palavras que ouvi num programa de rádio (Bloco Central, na TSF - 28/06/2019) onde, mais uma vez, uma rádio que já foi de algum nível dá espaço de comentário a indivíduos que ninguém consegue perceber o porquê: o típico comentador de tudo que tanto está num programa a comentar política e/ou economia como num outro a comentar futebol e cuja vida gira em torno de tecer comentários - pior que isso, o jornalista comentador que não quer perceber a linha entre ser jornalista e ser, de certo modo, influencer e arrogante na exposição da sua "verdade"... Nem que seja na Rádio Voz do Sardoal, não consigo perceber.

 

Não posso deixar de ficar estupefacto com o facto de um desses mesmos indivíduos, que estão numa rádio de expressão nacional, vir dizer, por outras palavras, que a corrupção não é um problema, ou quando muito, não é um problema grave! Um dos argumentos, até faz sentido, não fosse surgir com o intuito de não dar importância ao que foi anunciado pelo Conselho da Europa e que se  debatia com o facto de termos leis a mais no combate à corrupção! Aliás, vai mais longe e diz que muitas delas violam a Constituição e vão além daquilo que deveriam ir! Até pode fazer sentido, mas aí também fará sentido debater a Constituição noutras matérias - tema pouco abordado! Também não vi nesse programa ser defendido o facto de que se temos tantas leis, porque é que não são aplicadas como deveriam ou o porquê dos meios não serem reforçados.

 

Um outro argumento, está relacionado com o facto de se encarar o tema da corrupção como sendo populista e como uma forma de que, quem não tem sustento, poder ganhar dinheiro a falar e a denunciar a corrupção! Face a um argumento destes, chego a pensar se na cabeça de quem profere isto não se procura promover as práticas de corrupção ou, no mínimo, abafar a discussão em torno desta - já não questiono o porquê de tal pensamento. Se falar e combater a corrupção for populista ou pindérico, pois bem, chamem-me tudo isso! Melhor isso do que corrupto ou vendido encartado.

 

As pérolas não se ficam por aqui, e uma outra é o facto de garantir que o Ministério Público e quem investiga a corrupção tem meios e campo de actuação mais que suficientes! Sugiro que fale com quem trabalha, só a título de exemplo, no Ministério Público ou na Polícia Judiciária. Parece que o intuito aqui é responsabilizar quem combate a corrupção, pela existência da mesma - no mínimo, vergonhoso!

 

Finalmente, o argumento de que a Justiça condiciona a acção de determinado partido que está refém do "caso Sócrates"! A Justiça não condiciona ninguém e ao contrário do que foi veiculado por alguns media nos últimos dias, não vive de derrotas nem vitórias - ao contrário da política, a Justiça não é um jogo, embora seja o desejo de muitos jornalistas, comentadores de WC e políticos.

 

Espero que, de facto, quem acompanhe estes programas - cuja ideia é interessante - não se deixe levar pelas alarvidades que são ditas por indivíduos mandatados por outrem ou que simplesmente vivem de opinar sobre tudo e sobre nada e que têm também os seus expedientes. Temo que esta espécie de comentadores tenha demasiado tempo de antena e pouca avaliação/crítica por parte de quem vê/lê/ouve... Temo que o comentário de outrem seja o "delegar do nosso pensamento e espírito critico". Temo que não se avalie a credibilidade, conhecimento e competência destes indivíduos...

 

Em alguns casos, chego a "temer" que num país sem corrupção, indivíduos destes também não existiriam...

 

P.S.: Não deixem de visitar este espaço que nos fala da importância de preservamos o nosso Tejo! Tenho a vaga ideia de que esta temática vai andar por lá e por cá nos próximos tempos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

toon01pix.jpg

Créditos: https://mobile.monitor.co.ug/Oped/cartoon/-the-era-of-corruption-in-all-government-departments-is-over/2471326-3262206-12cd5wuz/index.html

 

Mais um daqueles temas que se fala pouco, espaços "blogueiros" incluídos... Também se fala em privado, mas se alguém abre a porta...

 

Portugal é o país que se vangloria de pedir a ocultação de dados em relatórios sobre a corrupção, a OCDE que o diga. No entanto, desta vez, o Conselho da Europa não foi brando e afirmou que Portugal é o país que menos implementou medidas anticorrupção, estabelecidadas de acordo com o Grupo de Estados Contra a Corrupção (GRECO). Portugal só é ultrapassado pela Turquia e fica à frente da Grécia e da Sérvia, um orgulho, portanto. Mais interessante ainda é o facto de que a comissão parlamentar (mais uma) da casa da Democracia não aplicar as medidas e pensar pouco no assunto - o povo também não quer saber, portanto, também não se pense muito sobre isso.

 

Marcelo Rebelo de Sousa até pode vir dizer que estão a ser dados passos e prometer soluções para Julho, como se no prazo de um mês um tema complexo como este ficasse resolvido - inexperiência social, criminal, legislativa e em gestão. Tipíco de quem se mexe em determinados mundos de forma muito fácil, demasiado fácil. Marcelo Rebelo de Sousa também não pode usar como desculpa o pacote legislativo sobre transparência e incompatibilidades dos deputados e a atividade de lóbi, até porque todos sabemos como é inútil. Marcelo também só não pode agitar a bandeira da corrupção quando somos envergonhados como país em relatórios do género! O habitual do "doa a quem doer" que vem desde Pedrogão, passou por Tancos e por tantos outros e ainda ninguém viu "pernas partidas".

 

A verdade é que se em Bruxelas ou Estrasburgo, Portugal treme quando o tema é corrupção, dentro de portas não parece muito preocupado com o assunto. Promove a corrupção, premeia quem é corrupto e permite que a grande maioria dos portugueses a pratique de uma forma ou de outra. Temo até que a regra 80/20 se aplique aqui!

 

Ninguém quer mudar as coisas se usufrui do status quo. Ninguém quer ver empresas a encerrar, institutos públicos a ficarem vazios, associações e fundações a encerrarem, clubes de futebol a fecharem, a maioria das associações solidárias a desaparecer e as autarquias a serem esvaziadas. Ninguém quer o efeito contágio nas práticas do dia-a-dia quando a cunha já não for a melhor escolha quando existe a promoção do mérito, ou quando muitas figuras que pululam de revista em revista profissional e congressos perceberem que são inúteis. Ninguém quer ficar sem o topo de gama na garagem e a hipoteca por pagar... Ninguém quer ficar sem aquele biscate que permite uma vida fácil e de luxo... Ninguém quer isso... Além disso, depois como é que escoam os bilhetes para a bola e os almocinhos? Como é que se tira partido dos Vistos Gold? Como é que o nosso produto/serviço/pessoa consegue ficar no mesmo patamar daqueles que nada valem mas têm mais projecção?

 

Entretanto, nos corredores da Polícia Judiciária e do Ministério Público, corre o habitual burburinho de que os meios não chegam e o apoio a muitas investigações também não porque... porque... Somos alegremente corruptos, gostamos disso e quem estiver mal que se mude, como alguns portugueses imbecis gostam de frisar quando se deparam com alguém inteligente... É por essas e por outras que Álvaro Santos Pereira teve de se mudar para a OCDE e tantos outros andam por esse mundo fora.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Instagram



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sardinhas em Lata

Todas as Terças, aqui! https://sardinhasemlata.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens







Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB