Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



tejo_lisboa_1.jpg

Imagens: Robinson Kanes

 

Esta é talvez uma das bandeiras deste espaço, quem já o vem seguindo vai percebendo a afinidade que por aqui se tem com o mesmo e a forma como se tem lutado para que o novo aeroporto de Lisboa não destrua um dos mais belos santuários naturais do Mundo.

tejo_lisboa-2.jpg

O Tejo é, cada vez mais, um rio em vias de extinção: em Espanha soam os alarmes (ver o Tejo em Toledo  mete dó) e em Portugal ignora-se, e até se fomenta (não punir é o mesmo que aceitar) a sua poluição que vem desde Ródão e Fratel e segue por todo o rio até às descargas, já em Lisboa - sem esquecer toda a movimentação de navios que agora ganha novo ritmo com o terminal de cruzeiros - é sempre a poluir.

tejo_rodao.jpg

O Tejo é um dos nossos maiores bens, o Estuário ainda mais, mas insistimos em obras faraónicas, em investir mais dinheiro e continuar a alimentar interesses de meia-dúzia em prol da destruição de outros. Andamos tão tristes com a Amazónia (e o que aí vem não vai ser agradável, de facto) mas andamos a esquecer os nossos incêndios e um dos estuários mais belos do Mundo. 

tejo_alcochete.jpg

É triste perceber que a grande maioria dos lisboetas não conhece este Estuário! Ainda recentemente me desloquei com um "alfacinha" ao Seixal (nascido, criado e ainda com casa bem no coração da cidade) que, ao chegar, perto da Câmara Municipal e num ponto mais alto, ficou deslumbrado com aquela baía e parecia um tonto a tirar fotografias: "mas isto é lindo, não conhecia... Isto é lindo!".

tejo.jpg

Enquanto pensamos no novo aerporto, numa das mais belas praias da região de Lisboa, em Alcochete, os avisos desaconselham os banhos... O que se fez para reverter esta situação ao longo dos anos? Nada! O que se tem feito para combater a pesca ilegal de bivalves e a existência de autênticas máfias no rio? Tudo acontece sob o olhar da GNR e da Polícia Marítima que parecem estar de mão atadas. Nada se faz ou ficamo-nos por escassas intervenções - apreende-se uma embarcação, surgem logo duas ou três! Entretanto, a autarquia continua a investir em touradas, com o consentimento dos seus habitantes, é preciso ter isso em conta.

tejo_lisboa.jpg

Ainda recentemente se falou de um problema com aves no aeroporto de Sá Carneiro, que obrigou a uma aterragem de emergência, foi em Portugal. No entanto, pouco se falou do voo da Ural Airlines que saiu de Moscovo e que, após a descolagem, viu os reactores serem destruídos por aves obrigando a uma aterragem num campo de milho! Não utilizarei a palvra milagre, porque é dar os louros ao que não existe e esquecer o trabalho dos pilotos! Aterrar um avião acabado de descolar, carregado de combustível, num campo de milho e sem incendiar ou provocar mortos é uma proeza daquelas! Não terão os holofotes dos pilotos do Rio Hudson, Hollywood e a CNN não ficam em Moscovo.

 

Uma nota final para a Amazónia: a Amazónia é um património do mundo, a Amazónia tem vindo a ser destruída ao longo de décadas e só agora o mundo acordou para esta realidade! Porquê? Dá "likes"? O efeito rebanho afinal é mesmo uma realidade? Porque todos querem seguir as celebridades? Quando é que nos lembramos que, embora influenciando pela positiva, não raras vezes estamos perante um "show off" que se esgota em horas e os resultados serão nulos! Quando é que agiremos por nós? Quando é que o mundo viola pela "primeira vez" uma lei internacional em prol do bem e faz questão de dizer que a Amazónia é de todos?

 

Deixo este gráfico e uma ligação com mais informações para percebermos que toda esta calamidade não é só "obra de Bolsonaro" (embora também este esteja a falhar redondamente), como parece ser o pensamento geral! Um olhar mais atento vai descobrir que os anos anteriores à eleição deste foram negros para a floresta! No entanto, a culpa maior é de todos nós que consumimos produtos oriundos desta floresta e que nada fazemos para mudar o estado das coisas! Além disso, a floresta amazónica não compreende só o Brasil!

amazon_deforestation_aggregate_by_year_768x427.jpg

Fonte: https://rainforests.mongabay.com/amazon/amazon_destruction.html

Até lá, fiquemos sentados a assistir e a aguardar pelos voos baratos que nos levarão de Lisboa para outros destinos igualmente com voos baratos a troco de um investimento que nos vai sair muito caro!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Estuário do Tejo...

por Robinson Kanes, em 09.08.19

estuario_tejo.jpg

Imagens: Robinson Kanes

 

O Estuário do Tejo... A Reserva Natural do Estuário do Tejo, esse espaço em vias de extinção, uma extinção há muito anunciada, ou não fosse o estado de abandono da mesma por parte das autoridades nacionais. Tanto se fala da preocupação com o ambiente, mas é mesmo às portas da (e na própria) capital que se assiste ao apagar de um património que, depois de destruído, será irrecuperável. O "senhor Ryanair" é que já deve estar muito satisfeito e a preparar a sua espingarda para começar a caçada aos pássaros.

estuario_do_tejo.jpg

Mas o que está em risco? O que é que podemos perder com o novo aeroporto e a construção desmedida que está a tomar conta desta zona que, supostamente, deveria ser protegida? Onde estão os ambientalistas? Onde estão os partidos da natureza? Onde está a promessa de cuidar do ambiente e do nosso património único? Já deixaram que os incêndios destruissem o nosso país, permitiram que industriais sem escrúpulos destruissem os nossos rios, só falta acabarem com este estuário!

estuario_de_tejo_1.jpg

Quem toma conta desta espécie que, por sinal, é protegida - a Garça Real (Ardea cinerea)?

garça_real.jpg

E esta "passarada"? Vamos destruir umas das principais rotas migratórias do Mundo? Este é um espectáculo singular na Primavera e no Outuno que vai deixar de existir!

estuario_do_tejo.jpg

E o corvo-marinho (Phalacrocorax carbo), o terror do peixe na maré baixa. Quando em bando é um espectáculo digno de ser ver nas margens do Tejo. Um autêntico ataque aéreo digno de registo!

IMG_9016.jpg

E os flamingos do Tejo (Phoenicopterus roseus) os autóctenes e os migratórios? Andamos todos vestidos à flamingos, com bóias e vestidos pirosos mas ignoramos a sua destruição? Mas que apropriação é esta ou já encaramos os mesmos como mera peça de decoração?

flamingos.jpg

IMG_0878.jpg

Será que uns voos mais baratos valem a destruição de todo este espaço? Valem a construção de mais uma infraestrutura gigante, de mais uma ponte e de todo um desastre ambiental sem precedentes? E quem estamos a satisfazer a pretexto do desenvolvimento do país? Os interesses da AHRESP? Dos novos empresários do turismo que desconhecem o conceito de turismo sustentável? De políticos que nunca responderam por estes crimes? Temos um aeroporto em Beja a apanhar pó! 

Alcochete.jpg

Já percebemos que o Governo actual (e muitos dos anteriores) falharam em toda a medida na defesa dos interesses do cidadão comum e do país... Por quanto tempo mais vamos deixar que estes crimes continuem sem pelo menos lutarmos por aquilo que é nosso para sempre e não somente por legislaturas de 4 anos? E porque não estamos também a ter em conta a subida no nível dos mares e os impactes que isso terá numa zona como aquela onde querem localizar o novo aeroporto?

IMG_0894estuario_de_tejo.jpg

Defendam o pouco que ainda resta de bom no vosso país! 

 

P.S.: há pouco mais dois dias, um avião da United aterrou de emergência devido ao embate com uma ave. A situação ocorreu no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Imaginem no Montijo (que não é só Montijo, é o Seixal, Barreiro, Almada, Lisboa, Loures, Vila Franca de Xira, Palmela, Moita, Benavente, Alcochete - e isto são apenas sedes de concelho).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigado Estação de Metro do Aeroporto!

por Robinson Kanes, em 06.03.19

IMG_20171203_200554.jpg

Fotografias: Robinson Kanes

 

Honestos ou patifórios, triunfadores ou vencidos - onde é que? Cresceu a erva por cima - que é que quer dizer a moral por baixo da erva?  Muito bem. Somente o absoluto existe no absoluto da tua vida. Realiza-as nos limites do teu trajecto visível. Treva e irrealidade o resto e é só. Tu aí, a tua vida é essa para preparares o que te falta. É pouco o que te falta - bem pouco. Prepara o resto por cima da erva, enquanto não estás por baixo que é onde já não há preparação.

 

Vergílio Ferreira,in "Para Sempre"

E o resto são tretas... Fica também uma recomendação de leitura para esta semana...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Porque os Verdadeiros Flamingos Não São uma Moda.

por Robinson Kanes, em 27.09.17

IMG_8286.JPG

 Fonte das Imagens: Própria - as sombras em algumas das fotografias devem-se ao facto de estar escondido por entre as ervas e a alguma distância. Uma boa fotografia não vale o desassossego das aves.

 

Este Verão parece que a moda foram os flamingos. Parece que todos aqueles que querem ser diferentes lá seguiram a moda e partilharam-na como sendo os únicos a usufruir da mesma... O que eu não vi foi gente realmente diferente a falar dos verdadeiros flamingos, aqueles flamingos que, por exemplo, podem vir a desaparecer do Estuário do Tejo devido à construção do futuro aeroporto de Lisboa... Um aeroporto que, mesmo não estando ainda aprovado, em alguns círculos já é um dado adquirido.

 

Em tempos escrevi aqui e também aqui sobre os flamingos do Tejo. Não são só os flamingos, mas todas as aves que se encontram na Reserva Natural do Estuário do Tejo. O que me espanta é que por cá, muitos tenham aderido a uma moda mas nem tenham a menor ideia da importância extrema da rota migratória destas e de outras aves e também que a Reserva é a maior colónia de flamingos da Europa. O Estuário do Tejo encontra-se ainda na lista das Zonas Húmidas de Importância Internacional. Corremos o risco de cometer mais um atentado gigante contra o ambiente sem que ninguém faça rigorosamente nada.

IMG_8249.JPG 

Pensei que esta moda (e nada tenho contra a tendência em si, embora tenha a minha opinião pessoal acerca desta em particular) ainda pudesse alertar ou até sensibilizar para esta situação, mas no Verão (ou todo o ano?) temos uma certa tendência para fazer uma pausa em alguns valores e causas, até poque Dezembro está a caminho e lá vem a altura de encaixar uns pseudo-actos de bondade e em alguns casos uns dividendos para o bolso.

 

Podemos sempre fazer uma corrida solidária, correr por uma causa... Coisa que a mim me causa uma certa confusão, embora reconheça que se traz frutos, pois bem, que se faça. Não podemos é esquecer que os flamingos não são uma peça de vestuário ou de decoração, são seres-vivos e uma espécie protegida. Finalmente, uma outra nota: sempre que virem flamingos ou outras aves, por favor, não desatem a apitar ou aos gritos, uma das regras básicas da observação destes animais é isso mesmo: a distância e a não interferência!

 

IMG_8230.JPG

Dispam a camisola, ou quando forem guardar o fato de banho ridículo com flamingos (eu disse que tinha uma opinião muito pessoal, lembram-se?) procurem saber a importância destes animais e do habitat dos mesmos em Portugal. Não é só pelo Estuário do Tejo que estes deambulam... Tentem, contudo, não incomodar estes aves quando as virem... O senhor abaixo, que me acompanha sempre, faz exactamente o mesmo e respeita o espaço das outras espécies, ora vejam-no atrás de mim...

IMG_8244.JPG

P.S: de facto, muito se falou da moda dos flamingos e que "toda a gente" havia aderido à mesma, no entanto, terei sido o único a não ver ninguém vestido com padrões de flamingos? Contudo, se a moda continuar no Inverno, é garantido que comprarei uma "capinha" com estas aves para proteger o pastor alemão da chuva. Assim fica a condizer com o arnês e a trela que também são aos flamingos... Prometo "postar" várias fotos do indivíduo canino a fazer bico de pato e a levantar a pata fazendo um "V" enquanto tira uma selfie com o outfit que lhe ofereci...  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cristiano-Ronaldo-Airport-main.jpg

Fonte da Imagem:https://www.newsbreak.ng/wp-content/uploads/2016/07/Cristiano-Ronaldo-Airport-main.jpg

 

Hoje era dia de escrever sobre o fim de semana. Contudo, não posso deixar passar em claro, até porque temo ser detido caso não aborde o tema, a questão que mais preocupa os portugueses e que é:

 

Os offshores?

Os casos de corrupção em vários sectores da sociedade, inclusive até naqueles que andam sempre a mendigar apoios?

O Montepio ou a Caixa Geral de Depósitos com certeza?

A dívida pública que teima em não parar de aumentar?

A manipulação da sociedade portuguesa pelos media?

 

Não! O nome do Aeroporto da Madeira. O Aeroporto da Madeira tem gerado um buzz (excelente palavra) na medida em que se vai tornar mais... fashion (outra excelente palavra). O “novo” aeroporto vai ser “adquirido” pela CR7, o primeiro aeroporto público, embora concessionado, a ter um nome de uma marca associada a “luxo”. Ainda vou ver a Gucci, a Hugo Boss, ou até a C&A e porque não a Primark a terem o seu próprio aeroporto. Porque não? Aeroporto Primark só para Low Cost! CR7 é uma marca comercial, parece que nos esquecemos disso... os do costume também vão boicotar a promiscuídade com o poder político?

 

Ao que sei, até o Presidente da República vai inaugurar o espaço, mas... o Aeroporto da Madeira não existe há anos? Porque é que vamos gastar mais uns milhares de euros de fundos públicos para inaugurar um aeroporto que já funciona há mais de 60 anos? Perdoem a crítica ao Pop President mas ainda guardo rancor por não me pagarem, como outros fizeram, para dizer bem de políticos num blog. Ainda vou ver a marca MRS4 a ser vendida em lojas portuguesas de recordações turísticas, pelo menos marketing não lhe irá faltar. Por vezes tenho a sensação de que vivo num país como os que são satirizados em filmes de autor de leste...

 

Mas eu até concordo, afinal chamar João Gonçalves Zarco a um aeroporto de uma ilha descoberta pelo próprio é no mínimo... descontextualizado, ninguém sabe quem era este senhor. Ninguém sabe quem era este senhor e ninguém sabe quem foi Gago Coutinho ou até Sacadura Cabral... eu digo-vos, foram jogadores de futebol do União da Madeira. Mas... a Madeira é Cristiano Ronaldo, Portugal é Cristiano Ronaldo, por isso... nada como homenagear em vida alguém que é admirado, não pelo futebol que pratica, mas pela riqueza que acumulou em tão pouco tempo e somente a jogar futebol. Ganhasse Cristiano Ronaldo mil euros por mês e gostaria de ver se era admirado... mesmo a praticar um bom futebol.

 

Mas de facto, concordo com o nome e com a chancela de MRS4 para esta nova denominação, afinal Munique tem o aeroporto Franz Joseff Strauss, Veneza o Marco Polo, Lyon o Saint-Exupéry, Madrid o Adolfo Suárez, Granada o Garcia Lorca, Nova Iorque o JFK e até Budapeste tem o Ferenc Lizt (Franz Liszt).

 

Também concordo que o conhecimento histórico dos portugueses ou é fraco ou então reconhecer aqueles que fizeram alguma coisa pelo país é algo que não é muito comum... sabem que o Aeroporto até tem nome? Chama-se Santa Catarina.

 

Permitam-me que deixe uma sugestão: eu acredito piamente que o Aeroporto de Porto Santo deveria ser chamado de Aeroporto Internacional Santa Dolores.

 

Finalmente, também acredito que alguns dirão: “mas o nome de Ronaldo está em todo o lado e quando se fala de Portugal é o Ronaldo que vem à tona”... pois vem, e é isso mesmo que me deixa infeliz. Porque quando se fala de Espanha, é todo um povo que é recordado, quando se fala da Alemanha, são séculos de história e toda uma indústria que é recordada, quando se fala em França são todas as políticas e inovações sociais que são recordadas, quando se fala na Irlanda (um país no mesmo patamar de Portugal) é a inovação e crescimento que saltam à vista e até... quando se fala na Grécia, é todo um passado glorioso que vem à nossa memória.

 

Bom fim de semana... 

 

P.S: E se querem engalanar o Aeroporto da Madeira, tratem de homenagear aqueles 131 indivíduos que perderam a vida em 1977 no voo TP425.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tiro aos Pássaros no Estuário do Tejo...

por Robinson Kanes, em 27.02.17

IMG_0863.JPG

 

Recentemente, e perante o alerta de alguns colegas, dei comigo a ler os comentários do Presidente da Ryanair, o Sr. Michael O’Leary, acerca dos "pássaros" e da rota migratória dos mesmos na questão do novo Aeroporto de Lisboa.

 

Vejamos... mesmo que não se perceba muito de fauna, antes de tecermos comentários, deveríamos estar na posse de alguma informação importante, e aqui o aviso vai também para o nosso Primeiro Ministro e outros comentadores e decisores iluminados: pássaros, ou melhor, passeriformes, não são a mesma coisa que aves! Estamos a falar da rota migratória de aves e não de pássaros.

 

Sendo de aves que falamos, o Sr. O’Leary tem uma solução fantástica: ao invés de estudos, vamos mas é resolver o problema com uma shotgun e tiro na passarada. O Sr. O’Leary, que disse que não achava bem as low-cost no Montijo e até ameaçava cancelar a operação da Ryanair em Lisboa vem agora defender esta opção e a rapidez na sua implementação. Será que se o Sr. O’Leary tivesse proferido estas palavras na Irlanda ou no país vizinho, Reino Unido, as mesmas não teriam tido outras consequências? Acredito que sim, sobretudo no modo em como estes países preservam a vida selvagem e nem por isso são menos desenvolvidos que Portugal, bem pelo contrário.

 

Uma outra questão prende-se com o facto de que o Sr. O’Leary, e que coisa feia para um profissional da área de aviação, não conseguir perceber a diferença entre um pardal e uma águia-calçada. A isto soma-se o facto dos conhecimentos de caça do Sr. O’Leary serem muito fracos, e ainda bem, pois já se viu que seria um caçador daqueles que nem as crias de perdiz escapariam. Por outro lado, enquanto este senhor andar à caça de aves com uma shotgun as mesmas não têm que temer, esperemos que este nunca se lembre de usar uma caçadeira.

 

Será que os aviões da Ryanair que passam perto das casas de muitas pessoas também deveriam ter o mesmo tratamento? “Um RPG (espécie de "lança-rockets") e o problema da poluição sonora, e não só, resolve-se”!

 

Em Portugal existem leis, algumas delas por imposição de instituições internacionais. Nas aves e nos estudos ambientais também existem leis e não é porque alguém acha que o homem controla a natureza que as mesmas se vão alterar.

 

Além da importância extrema desta rota migratória, também é nesta área que está a maior colónia de flamingos da Europa. O Estuário do Tejo consta, aliás, na lista das Zonas Húmidas de Importância Internacional. Saberá o Sr. O’Leary disso ou tem passado demasiado tempo a voar?

 

E... porque será que, ainda sem decisões tomadas, já existe uma corrida às aquisições de casas e terrenos no Montijo, bem como uma forte especilação imobiliária? Porque será que o interesse em ter um aeroporto no Montijo é tal e não se teve o mesmo interesse no urbanismo de uma cidade que mais parece um banlieue devoluto? Vale tudo para ganhar mais um mandato como presidente da câmara, mas não vale tudo para colocar em causa o equilíbrio social, económico, urbanístico e paisagístico de uma região. Espero que os habitantes sejam inteligentes e saibam como agir.

 

Concluindo... onde é que estão os contestatários da Padaria Portuguesa a boicotar a Ryanair? Será porque comer um pão não dá visibilidade no Facebook mas uma viagem low-cost, numa companhia aérea que não é das melhores a pagar e se está borrifando para o ambiente em Portugal, sempre permite pensar que se tenha algum pseudo-status, logo não importa falar muito disso?

 

Fonte da Imagem: Própria.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB