Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Striezelmarkt Soa Mal, mas é Genuíno.

por Robinson Kanes, em 09.12.16

IMG_3607.JPG

 

Vamos recuperar a tradição dos mercados de Natal e fazer concorrência aos centros comerciais? E como é que fazemos para nos distinguir-mos da concorrência e sermos diferentes?

 

É simples, para sermos diferentes de um shopping center temos de começar pela designação – vamos dar um nome tradicional que nos remeta para as origens dos mesmos em Portugal - aí vão alguns exemplos: Mercado Crafts & Design, Pink Market, Urban Market, Christmas Market Fashion Outlet. Pelo menos já estamos a ser diferentes, digam lá que língua mais tradicional portuguesa que o... inglês? Ainda me lembro do meu trisavô contar como era belo e acolhedor o Sortelha Fashion Market ou o Freixo de Numão Christmas Market e isto ainda no século XIX!

 

Mas ainda não chega, é preciso ir mais longe e apostar em produtos típicos de Natal ou até abrir a porta a produtos natalícios de outros países. Portanto, vamos apostar em... produtos que existem todo o ano made in China e outras tantas origens sem esquecer que podemos encontrar as mesmíssimas coisas ao longo de todo o ano em qualquer grande superfície. Já viram aqueles mercados onde se vendem caveiras e pulseiras da felicidade?

 

E como é que podemos ser ainda mais inovadores? Vamos apostar no Pai Natal em exclusivo ou então, até criar uma reconstrução dos soldadinhos de chumbo, estes últimos muito tradicionais... só que na Alemanha e em outros países do centro da Europa.

 

É claro que temos bons exemplos, mesmo até boas práticas em alguns cuja base tradicional não é a melhor, mas... não estou a ver o Dresdner Striezelmarkt adoptar o nome de Dresden Amazing Christmas Market só porque... Dresdner Striezelmarkt não soa bem ao ouvido. Experimentem dizer Dresdner Striezelmarkt várias vezes seguidas... será por isso que deixariam de visitar o Dresdner Striezelmarkt?

 

Fonte da Imagem: Própria.

Autoria e outros dados (tags, etc)


25 comentários

Imagem de perfil

Chic'Ana a 09.12.2016

E eu acho que estes mercados devem ser valorizados, não apenas pelo público no geral, mas também pelos próprios vendedores. Apostarem em coisas da china, não me parece atrair muita gente....
Beijinhos
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 09.12.2016

Sem dúvida! Mesmo aquelas "bancas" com produtos artesanais têm e devem adaptar-se à realidade... eu até posso saber fazer umas pulseiras da felicidade ao estilo brasileiro, mas porque não fazer algo mais adequado à época? Artesanato não é sempre sinónimo de qualidade e tradição.
Obrigado e beijinhos.
Imagem de perfil

Maria Mocha a 09.12.2016

Mesmo ontem fui a um mercado de Natal. Adoro!
Imagem de perfil

fashion a 09.12.2016

Adoro mercados de Natal. O bom seria cada um fazer os seus bolinhos e iguarias e vender nestes mercados.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 09.12.2016

Isso seria numa visão mais "USA", no entanto é sem dúvida uma excelente ideia, além disso dinamizava o espírito de comunidade, sobretudo em bairros onde vive tanta gente e poucos se conhecem! Excelente "input" para esta discussão, obrigado.
Imagem de perfil
eu nem consigo dizer bem o nome :-) Mas claro que visitava :-)
Sem imagem de perfil

Filipe a 09.12.2016

Concordo... depois queixam-se! De tradicional não tem nada, a começar pelo nome mesmo.
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 09.12.2016

Dizer em inglês fica mais chique e mais turístico. :) Concordo com a tua crítica, mas vendo o lado positivo, dessa forma chega-se a todos os públicos.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 09.12.2016

Sabes que analisando algumas campanhas tenho chegado à conclusão que não... Christmas Market não se destaca... tens milhares de mercados com esse nome pela Europa fora e não só. Por vezes, e sobretudo num país que se deve destacar por ser ainda genuíno, puxar da "prata da casa" pode ser uma mais-valia do ponto de vista turístico.
Imagem de perfil

HD a 09.12.2016

Até dá para engasgar ao dizer o nome duas vezes seguidas :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 09.12.2016

Muito Bom! O que eu já me ri! Sim, o alemão é qualquer coisa, mas depois de se aprender até vai bem.
Imagem de perfil

mami a 11.12.2016

gosto do teu tom irónico ... lá sei...inspira-me

a ânsia de querer vender faz destas coisas e na verdade também não sei para quem são preparados estes mercados, se para os nacionais ou os turistas!

os génios que criam estes eventos esquecem-se que quem procura o nosso país, procura a nossa identidade e cultura e não uma cópia barata do que se pode encontrar noutro país!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 11.12.2016

Ainda bem que falas nisso...
Ontem em Lisboa passei, ao largo, pelo "Wonderland"... que coisa mais portuguesa. Depois dei comigo no tão aclamado Mercado de Natal da Praça do Município em Lisboa... mais uma vez a história repete-se... bancas com produtos fora da época e já nem falo da banda sonora que ecoava pela praça... música electrónica (uma delas muita conhecida de um anúncio de telecomunicações com uma senhora a cavalo) e outra ao estilo Katy Perry e afins... Se também é isto que queremos oferecer aos turistas nem vale a pena pensar em competir com o centro da Europa... aos nacionais? Eu teria vergonha.
Imagem de perfil

mami a 11.12.2016

eu tenho vergonha!
temos tanto de nosso, tão de belo para mostrar e partilhar!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 11.12.2016

Concordo. Podemos ir até buscar algumas ideias de Natal lá fora e isso até acho interessante, mas não misturemos tudo... sob a capa da inovação (e eu que adoro tudo o que é novo e imprimo isso a mim e aos outros diariamente) esquecer o que é adaptado a um contexto.
Se fizermos uma pequena pesquisa, temos uma variedade de "práticas" natalícias tão nossas que são capazes de surpreender qualquer turista... as tradições de um Natal Alentejano, de um Natal Beirão, Minhoto e por aí adiante... não há ninguém que repare nestas coisas?
Imagem de perfil

mami a 21.12.2016

(desculpa a demora de resposta...mas o raio do natal não perdoa )
eu adoro cada peculiaridade que vou descobrindo nas nossas tradições e costumes (exceção feita aos chocalheiros de podence...mas isso é outra festividade ;) )
voltando ao natal, à tugaland e às imitações made in anywhere, começo a achar que, por comodismo, preguiça intelectual, os comerciantes e agentes pseudo-culturais acham mais fácil imitar do que criar algo próprio baseado nas tradições locais.
pensando nos de fora, mas também nos de dentro, seria muito mais rico conhecer o que torna cada região portuguesa única no festejo das suas festividades (desde os costumes às festividades!)... sem fatalismos, receio que mais ano menos ano ... sejamos mais europa, u.s.a. e ásia do que portugal
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.12.2016

Eu adoro os chocalheiros de Podence! Aliás, ainda sonho com o dia em que me vou vestir assim e andar pelas ruas a chamar nomes a toda a gente. A sério... e sabes que há tradições muito similares na "Extremadura" e na Galiza? Em Caceres, tens um Museu com umas representações fantásticas! Tenho de falar sobre isso aqui :-)

Mas... de volta ao Natal. Portugal é um país de importação, infelizmente importa mais lixo do que matéria aproveitável... não vejo mal nenhum... por exemplo em ter um mercado de Natal à Alemã - a tradição está lá - agora coisas que pouco ou nada têm a ver com Natal, já é outra coisa.

Os nossos artistas e agentes culturais também são culpados nisto... a arrogância de deixar de lado as tradições e a arte popular - espécie de arte menor... coisa do povo - tem levado a este estado de coisas.

Nunca é tarde, os blogs são organismos vivos, estão sempre em mutação e movimento :-)
Sem imagem de perfil

Carlos a 11.12.2016

Gosto destes mercados de Natal de rua...
Atira-nos para longe dos abafados e sobre-lotados centros comerciais!
E por vezes ainda se encontram artigos bem diferentes e originais para as ofertas natalícias!
Abraço
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 11.12.2016

Se forem uns mercados "bem planeados" tornam-se tão aconchegantes, não é verdade?
Sem imagem de perfil

Ana a 11.12.2016

Custa-me tanto esta invasão de nomes anglo-saxónicos, fico mesmo irritada.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 11.12.2016

Obrigado pelo comentário.
São os nomes e a falta de imaginação ou de olhar à volta e ver o que de bom temos. Também "vende", basta tentarmos...

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB