Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Porquê? Ainda sobre as "fake news"...

por Robinson Kanes, em 25.03.20

Fake-News.jpg

Fonte: https://www.americangrit.com/2018/07/25/challenges-wed-like-see-internet/

 

 

Um cérebro pode servir para fins bastante diferentes e a conquista do mundo é mais desejável que a sua ordem.

André Malraux, in "A Tentação do Ocidente".

 

Todos falam de "fake news", é tema corrente, mas à boa portuguesa (e não só) quando é altura de fazer alguma coisa continuam as vozes mas os braços tendem a não aparecer... Ou a serem cortados.

 

Foi preciso um indivíduo português estar em Inglaterra e acompanhar as notícias da sua pátria para denunciar uma das maiores escandaleiras dos media em Portugal. A história da liberdade de imprensa, que agora vai sendo chamada de liberdade de comunicação, vai-nos mostrando que "alguém" continua a ter mais liberdade que os demais. Até quem nos governa tem limites, inclusive num cenário de "Estado de Emergência", já alguns media... Um dia ainda vamos ver uma guerra a ter início por causa de um "jornalista" de trazer por casa se lembrar que afinal não estudou para relatar factos mas emitir opiniões e até criar esses mesmos factos, mas espera aí, isso até já...

 

Referi aqui também alguns exemplos de como se pisa o risco e não se recolhem as consequências, no entanto, uma estação de televisão (SIC) foi mais longe e mostrou uma Londres envolvida no caos por causa do "vírus chinês", como já é apelidado.

 

Ao vídeo, bastante actual (2011) atribuiu-se uma história rocambolesca e que não desculpabiliza a jornalista que o fez sair para a rua mas também não pode desculpabilizar um director de informação e todos aqueles que também são responsáveis pela informação do canal, inclusive o "pivot" que "lançou" a notícia como se de um filme de terror se tratasse. Podemos errar no vídeo, mas não  podemos errar na montagem que é feita em torno do mesmo, isso é ir longe, demasiado longe.

 

Também foi preciso que um indivíduo em Inglaterra, sim, em Inglaterra, viesse mostrar a falsidade desta notícia! Em Portugal passava, como passavam tantas outras e ninguém dava por nada. A prova de que bebemos tudo aquilo que nos colocam à frente sem sequer questionar ou pensar é assustadora e enquanto andamos todos galantemente a achar-nos muito esclarecidos e letrados, não passamos de um bando de ovelhas que procura a sua relva sem olhar ao essencial. Reclamamos e achamo-nos demasiado espertos quando uma chefia nos pede para fazer alguma coisa, por exemplo, mas digerimos tudo o resto com uma facilidade tremenda, daí serem sempre os mesmos com as mesmas mãos cheias de nada... Daí sermos um paraíso para que o "chico-espertismo" continue a vingar.

 

Finalmente, a SIC é também o tentáculo televisivo do "Polígrafo", será que essa notícia foi ao polígrafo? É que este polígrafo tende a diferenciar-se do polígrafo electrónico pela forma como é tendencioso e erra nas análises que faz, ou não fosse o seu fundador/editor, um indivíduo que esteve envolvido num escândalo por, alegadamente, ser sócio de uma empresa que promovia publicamente determinados indivíduos (alguns com o nome bem manchado) - algo incompatível com a profissão de jornalista.

 

O que aconteceu este fim-de-semana e tem vindo a acontecer nos últimos anos é grave, é muito grave, e a liberdade de informação não deve servir de desculpa para que se cometam as maiores atrocidades, já dizia Platão que "é do cúmulo da liberdade que surge a mais completa e mais selvagem das escravaturas". Esperemos também que estes dias, sirvam para podermos pensar um pouco e desligar a televisão e algumas publicações electrónicas de vez... É altura de seleccionar aquilo que vemos e aquilo que queremos ser - e continuar a ser uma seresma, também é uma opção, a escolha final é de cada um.

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Imagem de perfil

/i. a 25.03.2020

Temos gurus de auto-ajuda a apresentar telejornais. Houve dias em que pareciam os pastores dessas seitas nessas sessões onde recolhem o dízimo.
A SiC enfim... Já teve melhores dias... Para um não sei quantos ferrão ser comentador de política... Está tudo dito.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.03.2020

Vale tudo, é só aproveitar a onda do paternalismo...
Imagem de perfil

Luísa de Sousa a 25.03.2020

Precisamos de espírito crítico para saber seleccionar as informações que nos chegam!!!

Beijinhos Robinson
Resto de Dia Feliz
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.03.2020

Precisamos de incutir isso nas crianças e nos adultos... Mas será que queremos? O país seria um local bem melhor - alguns até que poderiam não gostar mas... :-)

Dia Feliz,
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 25.03.2020

Acreditas que desde que surgiu essa noticia que o seu diretor esteve envolvido nesse esquema profissional manhoso no próprio polígrafo, deixei de ver?
Neste caso concreto, acho que tem de ser relevado o nome da jornalista que foi nesta loucura: Joana Latino. Além de comentadora e semeadora de polémicas em programas de famosos, e de ter vídeos no Youtube em posturas pouco profissionais em festas do Benfica, admitiu que a Red Bull pediu à SIC que fosse ela a fazer a cobertura do evento de saltos no Açores pq fazia reportagens engraçadas (foi ela própria que o admitiu). A SIC, na mistura de conteúdo patrocinado com notícia, lá mandou a palhacinha de serviço. Curiosamente, vai sobrevivendo naquela empresa e naquela profissão. Cunha? Menina querida?
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.03.2020

Mas por lá continua... Um certo senhor ligado ao escândalo da "Raríssimas" também tem o seu pedestal na Visão - essa revista onde os jornalistas já chamam cromos a quem tem uma opinião diferente da sua...

Não conheço a senhora, como te disse, por cá vejo pouco e só apanho o que me chega de escandaloso... Mas a culpa não é só da jornalista, até porque estas coisas não vão para o ar sem serem revistas...

Bem, em relação às duas últimas frases - tens de falar da SIC e da maioria dos media em Portugal, aliás, até de muitas empresas de outras áreas.
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 27.03.2020

Já não leio a Visão há muito tempo. Acho que a ultima vez que comprei (e li) foi por um tema de capa que eram os negócios de Angola em Portugal. Vê lá tu ao tempo que foi. Para aí há 5 anos atrás :)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 30.03.2020

Quando comecei a ver muito alarmismo fiz um périplo pelos "media" nacionais, foi aí que encontrei esse artigo da Visão (em relação ao senhor, dei por ela por causa do destaque que também têm no SAPO os seus artigos)... Não faltam outros a fazer o mesmo. Temo que o alarmismo associado ao falar-se só do vírus vá colocar as pessoas completamente loucas - os psicólogos terão um enorme campo para desbravar depois de tudo isto passar.
Sem imagem de perfil

Anónimo a 26.03.2020

Temos uma corte de reis, servos e bobos, em movimento perpétuo da feira da ladra para a feira da lata.
Perfil Facebook

Cacim Bado a 26.03.2020

Por distração saiu anónimo mas já retifiquei.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.03.2020

Vale tudo... Mas a culpa é de quem enche a plateia.
Sem imagem de perfil

rão arques a 26.03.2020

Temos uma corte de reis, servos e bobos, em movimento perpétuo da feira da ladra para a feira da lata.
Sem imagem de perfil

Figueiredo a 26.03.2020

É lamentável que a opinião pública só agora tenha acordado para esse problema, pois a disseminação de falsas notícias pelos média portugueses (telejornais, jornais, revistas, etc.), tem uma dimensão grotesca.

Os telejornais da Sociedade Independente de Comunicação (SIC), Televisão Independente (TVI), e de forma lamentável a própria Rádio e Televisão de Portugal (RTP), são um ninho de falsas notícias, sendo que esta última entidade (a RTP) deveria ser um exemplo de imparcialidade e abrangência nas opiniões e análises visto ser o Serviço Público de Televisão, infelizmente está capturada por indivíduos ou grupos que a colocam ao serviço de interesses alheios aos dos cidadãos e da própria Informação.

O caso que relata onde a SIC pega em imagens de 2011 para as relacionar de forma mal-intencionada e sem qualquer fundamento, com a actual situação que se tem falado e se está a vivenciar devido à crise económica e ao surto de coronavírus/covid-19, não é inédito.

Pegue no exemplo das peças jornalísticas e imagens transmitidas por todos os telejornais portugueses e demais programas informativos sobre a guerra na República Árabe da Síria (RAS), onde por várias vezes a comunicação social fez a apologia do terrorismo e dos grupos terroristas que invadiram esse país, como é o caso dos «capacetes brancos» grupo terrorista inglês fundado por James Le Mesurierque e que actua em território Sírio praticando actos de violência e terrorismo contra a população civil, ao mesmo tempo que encena resgates e falsos ataques químicos:

- Swedish Medical Associations Says White Helmets Murdered Kids for Fake Gas Attack Videos
https://www.veteranstoday.com/2017/04/06/swedish-medical-associations-says-white-helmets-murdered-kids-for-fake-gas-attack-videos/

- Rusia presenta en la ONU pruebas "indiscutibles" para demostrar que el ataque químico de 2018 en Siria fue "falsificado"
https://actualidad.rt.com/actualidad/340493-rusia-onu-evidencia-falsificacion-ataque-duma

Ou então este mais recente caso, protagonizado pela TVI que para além de produzir uma falsa notícia tentou com isso semear o pânico, desinformar, e provocar descontentamento nos cidadãos, relativamente à situação dos professores portugueses em Timor:

- Timor Leste: a verdadeira situação dos professores portugueses
http://informacaoincorrecta.com/2020/03/24/timor-leste-a-verdadeira-situacao-dos-professores-portugueses/
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.03.2020

E o interessante disto é que a ERC e demais entidades continuam a deixar que a liberdade de informação se transforme... é melhor nem dizer o conceito.

Obrigado pela informação que me enviou, desconheço esse lado (embora dos capacetes brancos já tenha lido umas coisas...) mas pode acreditar que vou ver a mesma...
Sem imagem de perfil

Figueiredo a 26.03.2020

Veja a peça da TVI, leia o comunicado do governo, e tire as suas conclusões sobre a atitude tomada por esse organismo televisivo.
Imagem de perfil

Maria Araújo a 27.03.2020

Nem tenho argumentos para o que aqui li.

Bom fim-de-semana.

P.S.:

Vá escrevendo sobre coisas boas: música,hobbies,passeios por cá e por lá.

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 30.03.2020

Entendo-a...

Tenho guardado as coisas boas para quem me rodeia profissionalmente, sabe... Gasto todo o meu optimismo e lado bom durante o dia e noite, vamos lá ver quando é que sobra para mim um pouco :-)
Imagem de perfil

José da Xã a 08.04.2020

Robinson,

eu soube desse caso não pela televisão que não vejo mas por algumas plataformas e grupos de whatsapp a que pertenço.
Foi uma vergonha.
E fica a pergunta: como pode um canal generalista que sempre se tentou mostrar diferente cair num lodaçal próprio de uma CMTV?
Abraço.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 08.04.2020

O negócio não pode parar... E outros interesses também não... Além disso, é um bom tempero para as mensagens "piedosas" que agora acompanham o final dos programas de entretenimento que todos os dias começam às 20h. Perdão, queria dizer telejornais.
Abraço,
Imagem de perfil

José da Xã a 08.04.2020

... Ainda bem que deixei de ver televisão.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Instagram



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sardinhas em Lata

Todas as Terças, aqui! https://sardinhasemlata.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens







Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB