Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Paulinha no País das Mascarilhas...

por Robinson Kanes, em 07.05.18

8417b4c5265c48640aef270de7cad84b.jpg

Fonte da Imagem: https://www.pinterest.pt/pin/51158145743906666/ 

 

 

Um destes dias, um antigo colega encontrou-se comigo para um café e falámos daquelas coisas pelas quais passámos... E que interessam pouco mas enchem os minutos com conversa e dão a sensação de que se alguém nos liga ao fim de uns anos é porque tem um bom motivo para isso: um pedido!

 

Conversa e mais conversa, lá percebi que não ter facebook e outras redes sociais é uma coisa óptima e sempre me ajuda a controlar uma qualquer veia "comadreira" que possa ter, leia-se gossip. Minto! Tenho uma rede social que é o "LinkedIn" e foi aí que o Gomes me apanhou. O Gomes, sempre atento ao mercado e à vida dos outros lá me mostrou o sucesso que a "Paulinha", uma antiga colega do departamento de recursos humanos estava a ter nessa mesma rede. Interessante, afinal, depois de ter deixado o emprego porque não aguentava a pressão e tipo de trabalho que lhe era atribuído e quer era de acordo com a sua formação, lá tinha encontrado um caminho.

 

A grande questão é que a "Paulinha", qual mascarilha, também no LinkedIn escondia a sua verdadeira face... Afinal, a responsável pelo payroll (processamento de salários, digam lá que já não parece outra coisa), naquela sua passagem pela organização também tinha sido responsável pela implementação de um projecto de desenvolvimento, formação e responsável por toda essa área... Caramba, e eu que me lembro de que a "Paulinha" mal se via e não me recordo sequer de alguma vez ver aquela triste figura (sim, era daquelas tóxicas) a abraçar esses projectos...

 

Eu sei que é gossip, mas caramba "Paulinha", é preciso mentir assim tanto? E quantas personagens destas não abundam por aí e o pior disto tudo é que existem pessoas que acreditam! Acreditam até alguém lhes dar um projecto para as mãos e sair tudo "furado", todavia, quem for esperto tem sempre alguém para culpar e aí se vão perpetuando estas pragas por muito do nosso espaço de trabalho... 

 

Mas o Luisinho é igual, quem o vir no LinkedIn fica com a sensação que é quase o CEO da empresa mas depois é um mero administrativo que, por sinal, deixa muito a desejar... Depois temos a Mariazinha, que não tem redes sociais e no meio de tudo aquilo... É quem tem mais responsabilidades e efectivamente desempenha as funções que os outros dizem fazer. O Luisinho até escreve títulos profissionais pomposos em inglês quando nem domina a língua... Digam lá que não é formidável...

 

Honestamente, espero que a Paulinha encontre emprego numa qualquer companhia de teatro ou até na televisão... Afinal a sua verdadeira vocação é a de comediante e, para isso, basta aproveitar essas mesmas redes sociais e continuar a contar umas chalaças. No entanto, uma coisa é certa - vai ter mais sorte a "Paulinha" do que aquele que colocar a verdade no seu CV, seja em que plataforma for... É assim, no país das mascarilhas, onde parece que todos usam chapéus com ventoinhas...

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Imagem de perfil

De Mamã Silvestre a 07.05.2018 às 16:39

Infelizmente há por aí muitas Paulinhas.
Imagem de perfil

De cheia a 07.05.2018 às 19:40

Um país de doutores e engenheiros!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.05.2018 às 22:04

Sem saberem escrever...
Imagem de perfil

De HD a 07.05.2018 às 20:18

Estes artistas estão na área errada, têm verdadeira vocação para o teatro xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.05.2018 às 22:04

Teatro de variedades...
Imagem de perfil

De HD a 07.05.2018 às 22:08

E rentabilidades oportunas...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.05.2018 às 22:15

Como estrelas de cinema...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 07.05.2018 às 20:34

" vai ter mais sorte a "Paulinha" do que aquele que colocar a verdade no seu CV, seja em que plataforma for..."
São as chicas espertas.
As minhas redes sociais limitam-se ao blog.
Nunca e deixei seduzir por outras.
O FB está parado.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.05.2018 às 22:10

As redes sociais nem são as culpadas, afinal quem as alimenta são os utilizadores... Muitos fazem um bom uso, já outros...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 07.05.2018 às 23:53

Gostei bastante da história real, até demais :)
Já dizia alguém: não é preciso viver. é preciso saber viver.
e a paulinha sabe
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 08.05.2018 às 11:08

Acredito que sim :-)
Imagem de perfil

De Rita a 08.05.2018 às 16:33

Curioso ler este post quando ando às voltas com o meu LinkedIn e como lhe dar o melhor uso... É uma rede social com a qual não estou muito à vontade e só ultimamente é que comecei a explorar a sério.

Eu a pensar que dificilmente alguém teria o descaramento de mentir de forma tão visível, tendo em conta que colegas e ex-colegas têm acesso, mas pelos vistos estava a ser ingénua.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 08.05.2018 às 22:59

Dentro do que se pode chamar de rede social nem é das piores - e sim, também existem muitos indivíduos que fazem um bom uso da mesma. Explora e depois dá-me a tua opinião.

Hoje mente-se de tal maneira que até os próprios acreditam nas mentiras que se contam. Depois não há vergonha nem pudor. No caso português também existe o medo de confrontar indivíduos que têm uma posição de chefia, por exemplo, e porquê? Porque temos sempre medo de perder emprego - afinal somos aquele país em que pontualmente lá ouvimos: se vais embora nunca mais vais arranjar emprego em Portugal :-)))
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 09.05.2018 às 10:28

É algo que não me espanta, sinceramente. Podemos atribuir a nós próprios o perfil que quisermos, não existe qualquer restrição, a menos que as empresas interessadas investiguem a fundo..
Beijinhos
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.05.2018 às 12:03

Verdade. E por vezes com tanta limitação em termos de "timmings" não é fácil realizar esse processo.

Beijinhos
Imagem de perfil

De Marta Elle a 09.05.2018 às 21:48

Certa vez, contaram-me que há universidades que aceitam alunos com o 12.º Ano incompleto. Só ouvi isto a uma pessoa, não tenho confirmação, mas foi bem antes do "caso Relvas", o que torna um bocado mais credível.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.05.2018 às 22:43

Desconheço situações dessas... Agora se me falares de cursos tirados com uma "ajudinha", casos não faltam...

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB