Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Turismo, o Instagram e Santorini...

por Robinson Kanes, em 06.06.19

xuan-nguyen-781157-unsplash.jpg

Créditos: Xuan Nguyen

 

Recentemente li um artigo do "The Economist", da autoria de Jessica Bateman, que dava conta de uma preocupação crescente em relação ao turismo nas ilhas gregas, particularmente em Santorini. Ao ler esse artigo, mais uma vez, dou-me conta da necessidade de encarar o turismo como uma verdadeira indústria e também de apostar na sustentabilidade deste sob pena de termos mais uma indústria que financia uns tantos e destrói milhões. 

 

Quem já foi a Santorini, rapidamente vai perceber o encanto da ilha, sobretudo se visitarem a mesma durante a época baixa - embora a visita a ilhas menos conhecidas possa ser uma surpresa ainda maior. Como refere o artigo, a verdade é que redes sociais como o "instagram" têm aumentado o desejo em visitar a ilha - e como eu entendo, apesar de preferir a aurora ao crepúsculo, este último, o momento mais desejado na ilha.

 

O "instagram", entre outras redes sociais, levou a um aumento de 66% nas dormidas sobretudo numa época em que o turismo na Grécia sofria os efeitos da crise. Tudo isto é fantástico, no entanto, num país onde nem sempre as leis são respeitadas, temos um aumento da pressão e da especulação imobiliária e um sem número de situações de corrupção - esse panorama já é visível em Lisboa. Segundo o artigo, que cita Ioannis Glinavos, Professor na Westminster University em Londres, existem algumas restrições que passam ao lado de quem legisla e basta pisar o local para perceber que a impunidade reina - mais uma vez, é um exemplo que podemos ter em Portugal! A título de exemplo, visitem Alcochete e reparem como se constrói "em cima" do Tejo e de uma Reserva Natural - por sinal, uma das mais importantes da Europa e (estranhamente) menos importantes de Portugal.

 

O aumento do número de visitantes (totalmente descontrolado) e as consequências desse efeito vão acabar por destruir a autenticidade da ilha, fazer desaparecer outras actividades (a vinha é um exemplo) bem como o tecido social e a própria natureza - já é a própria União Europeia que o diz, acentuando também o facto de que a gestão urbanística da ilha está sob dependência do Governo Central. Num país com as características da Grécia, é totalmente inconcebível!

 

Por outro lado, aqueles que investem no turismo da ilha tiram o máximo proveito da situação e esforçam-se por aumentar legitimamente as suas receitas - actualmente, o posicionamento de talheres e copos tem em conta as fotografias que irão ser tiradas pelos clientes. Redes como o "instagram" são, neste momento, o maior aliado em termos de marketing - a "foto feita" tem um impacte sem precedentes e todos querem tomar parte na mesma! Numa sociedade onde todos queremos ser diferentes também acabamos todos por querer pertencer a um grupo e seguir a mesma tendência. Deixo essa análise para outras "letras"...

 

Mas colocando o foco no "instagram" ou em que faz uso do mesmo, também é preciso educar o turista: não são raras as invasões de espaço e a destruição do mesmo - vale tudo por uma fotografia e corremos o risco de criar o efeito de repulsa! Alguns exemplos são dados e muitos acabarão por se rever nos mesmos: bater às portas, entrar dentro de espaços privados, subir a telhados e a falta de respeito com os locais. Temos aqui um paradoxo, pois aquilo que atrai turistas à ilha acaba efectivamente por ser destruído pelos "mesmos canais" que criam esse desejo de experimentar. 

 

Acredito também que temos de ter em conta que o turismo é uma actividade que se pode considerar de luxo e que, não raras vezes, é desenvolvida num precipício em que de um lado temos o turista (rico ou aparentemente rico) e do outro o autóctene (mais pobre). Quando a invasão e destruição tende a ser em demasia podemos ter efeitos nocivos, sobretudo quando a exploração turística não é feita pelos locais e os mesmos não são consultados nos processos de desenvolvimento da mesma.

Autoria e outros dados (tags, etc)


46 comentários

Imagem de perfil

Cecília a 06.06.2019

e são estes que "instagramam" à exaustão, viajam à-louca-seja-eu (de preferência em super low cost), que não respeitam minimamente os locais e pessoas que visitam (pela forma de estar, de se comportar), os que depois choram lágrimas verdes e ecológicas pelo planeta...
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Cecília, mais uma vez, os nossos pensamentos tocam-se, eu só não quis explorar essa vertente no mesmo, até porque tinha alguns parágrafos dedicados a isso - eram coisas a mais, no entanto, os parágrafos estão guardados ;-)

E sim, de facto também já viajei em "low cost" muitas vezes até por causa do destino em questão. No entanto, também esse "low cost" arrasta um sem número de indivíduos que simplesmente não se sabe comportar, e perdoe-me o elitismo, porque tem €20 para viajar já acha que se pode comportar como um animal. A verdade é que o "low cost" cresceu muito rápido, mas a educação e a preparação para "saber estar" não... E sim, muitos desses lacrimejantes seres são aqueles que se comportam muito mal :-)
Imagem de perfil

Cecília a 06.06.2019

não perdoo o elitismo porque sofro do mesmo - nos mesmos moldes.

quando referi as low cost foi mesmo pelo comportamento e esquema de pensamento que arrastam consigo. agora podíamos estar aqui a falar das low cost - e o R. perder mais uns quantos assinantes (risos) - mas não vale a pena. falei delas precisamente por serem o exemplo mais cabal não para as demonizar por completo (embora elas próprias criem o inferno).
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

"Low cost" significa poucos gastos e isso não é só para o consumidor (que muitas vezes até está a pagar muito acima), será isso?
Se perder, paciência... Fico com espaço para mais "business class" :-)))))
Imagem de perfil

Cecília a 06.06.2019

poucos gastos com o pessoal, sim, também ;)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Com o pessoal e não só...
Imagem de perfil

MJP a 06.06.2019

Olá, R.!

Partilho da tua visão!...
Nunca estive na Grécia... mas... sou Algarvia (e, sempre, vivi no Algarve...)... não preciso dizer mais, pois não?!...

Há muita coisa que me faz "confusão"... esta "vida de aparência virtual" causa-me indignação (mas... o mal deve ser meu...)...

Fico perplexa quando vejo um grupo de "criaturas" a reclamar, num restaurante, porque a comida nunca mais chega... e... quando, finalmente, chega... fica a arrefecer nos pratos até se conseguir "a foto perfeita"... e depois... a refeição decorre sem "conversa real", "olhos nos olhos", porque estão a interagir entre si (e com outros) nas redes socias... o que é importante é o "like", o comentário da foto!!!... (serei a única a sentir-me "deslocada" ?!...)

Quanto a destruir "propriedade alheia" para obter a foto perfeita... só me lembro da invasão dos campos de tulipas na Holanda...

Enfim...

Dia Feliz!

Beijinho
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Olá MJ!

E olhe que sou daqueles que acredita que os algarvios só tratam mal os portugueses que são idiotas.

O mal não é teu, fica tranquila, não é mesmo teu :-)


Essa descrição é algo a que já assisti... Mas não acontece em todo o lado, em muitos países pelo Mundo nem "piam" e até acham que é "fancy".

"Quanto a destruir "propriedade alheia" para obter a foto perfeita... só me lembro da invasão dos campos de tulipas na Holanda..."

Isso foi vergonhoso!
Imagem de perfil

MJP a 06.06.2019

Obrigada!!!... já não me sinto uma "ave, assim, tão rara"!!!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Infelizmente não és assim tão rara, tal como eu... Existe uma grande maioria que pensa igual, mas não anda por estes caminhos, é mais isso...
Imagem de perfil

MJP a 06.06.2019

Talvez... (não querem "perder" "seguidores")!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Não é tanto isso, sabes... Não têm blogues, por exemplo.
Imagem de perfil

MJP a 06.06.2019

Eu percebi!!!... estava a "meter-me" contigo!!!
Sem imagem de perfil

Anónimo a 06.06.2019

EL MEJOR CARTEL EN LÍNEA PARA HACER UN AMANTE EXTRA,
ESPOSO, ESPOSA, NOVIA O AMIGO DE NUEVO. AGREGALO A QUÉ LE APROVECE: +2349083639501
  -Email- blackmagicsolutions95@gmail.com
Hola, me llamo Darci Lyne, leí un post-comentario en línea de un periodista de Los Ángeles que revela cómo curó de forma permanente la erección débil y la eyaculación rápida 2 meses después de que Su esposa lo dejó y también dijo que el Dr. NOSA hace de su ex Esposa regresa después de 2 años de separación. Me puse en contacto con el mismo Dr. NOSA debido a mis desafíos en la vida, tengo estas poderosas intenciones de que las cosas funcionarán para mí, creí que los testimonios son pruebas de la vida real. Me di cuenta de que sería bueno compartir esto aquí, ya que sé que también inspirará a otros. Tuve la suerte de encontrarme con BLACK MAGIC SPELLS Caster personal contact -Email- blackmagicsolutions95@gmail.com
No estoy seguro de haberlo hecho sin él. Me habría dado por vencido y lo habría creído porque mi esposo estaba viendo a alguien más y dijo que habíamos terminado. Después de que Dr.NOSA lanzó un hechizo de amor mágico, mi esposo me llama al teléfono celular y regresa a casa. Muchas gracias por traer a mi esposo a casa después de 3 años de separación. Estamos siempre endeudados. Hoy testifico con alegría y felicidad al mundo ... también, tú puedes
WhatsApp con él-- +2349083639501
* El amor de los hechizos devuelve a su amante
* Hechizo de éxito y promoción.
* amuleto de la suerte - BUSINESS STAR
* salas - GANCHO PROTECTOR
* resolución de la maldición
 * ¿Solución de problemas de divorcio?
  * Una solución a las enfermedades y enfermedades del cuerpo.
* ¿Quieres un hechizo de amor para un nuevo amante?
* limpieza espiritual
* Fertilidad mágica - FRUTOS DE MUJERES.
* ¿Solución de problemas sin hijos?

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Que chulo, hombre :-)

Ahora todos conocen todos mis secretos :-)
Imagem de perfil

MJP a 06.06.2019

Gosto do teu sentido de humor!!!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Agora que já todos sabem, lá se vai a minha imagem, que já era péssima.

ahahahah
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

ahahahaahahaha, enfim :-)
Imagem de perfil

Folhasdeluar a 06.06.2019

Meu caro Robinson...hoje não existe turismo. Hoje existe uma voragem de selfies e de fotos para publicar no instagram. Hoje existe um pretenso turismo empacotado que só serve para encher hotéis. Aquilo a que hoje se chama turismo não é mais que a necessidade de mostrar que se esteve. Basta vermos o que é o absurdo da oferta de um fim-de-semana em Londres, Roma, Nova Iorque, (assim à portuguesa), etc. O que é que alguém absorve de útil num fim-de-semana nestas cidades? Chamam a isso turismo, eu chamo parvoíce.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Sabe que existem pessoas que visitam os locais, tiram as fotografias, não apreciam e nem sabem o que estão a fotografar?

"Aquilo a que hoje se chama turismo não é mais que a necessidade de mostrar que se esteve. "

E que atrapalha quem procura uma experiência verdadeiramente.

"O que é que alguém absorve de útil num fim-de-semana nestas cidades? "

Menos é mais... ;-)
Imagem de perfil

Maria Araújo a 06.06.2019

"E sim, de facto também já viajei em "low cost" muitas vezes até por causa do destino em questão. No entanto, também esse "low cost" arrasta um sem número de indivíduos que simplesmente não se sabe comportar, e perdoe-me o elitismo, porque tem €20 para viajar já acha que se pode comportar como um animal. A verdade é que o "low cost" cresceu muito rápido, mas a educação e a preparação para "saber estar" não... E sim, muitos desses lacrimejantes seres são aqueles que se comportam muito mal :-"



Já viajei low cost e não me dei ao direito de javardar em lado nenhum, pelo contrário, mostrei ser uma pessoa civilizada.
Também estive em Santorini, na altura não fui low cost, adorei a ilha, mas já nessa altura 2006, havia muito, muito turismo.
Por cá, já vai acontecendo o mesmo.
Estamos a destruir as cidades, as vilas, as serras.
Ando pelo instagram mas não tiro selfies para mostrar o que não aparento ter ou ser.
Beijinhos
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Sem dúvida... Ainda bem que não assisti a algumas cenas daquelas...

Santorini é simpática e em época baixa é muito apetecível, mas não tem capacidade de carga para tanta gente. As pessoas são muito simpáticas e ajudaram-me muito a conhecer aquelas ilhas que poucos sabem :-)
Por cá? Por cá é a selva!

Beijinhos...
Imagem de perfil

José da Xã a 06.06.2019

Companheiro,

temo que um dia possa acontecer o mesmo a algumas ilhas dos Açores.
Daqui a duas semanas estarei em S. Jorge e Faial.
Abraço.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Nem é preciso ir para as ilhas... Espero bem que não, até pelos ecossistemas únicos. Acredito que os governantes terão capacidade suficiente para reconhecer os perigos de uma escala desgovernada do turismo...

Depois de várias idas a S. Miguel este ano ainda não sei se fecho as idas aos Açores por aqui, este ano. Traga queijo e dê cumprimentos ao Sr. Genuino.

Abraço,
Imagem de perfil

José da Xã a 14.06.2019

Imagino que esse senhor seja em S. Jorge.

Dar-lhe-ei o abraço. Mas só uma perguntinha. Onde vive esse senhor?
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.06.2019

Faial... Procure pelo restaurante, é mesmo junto a Porto Pim e vai ver que além do abraço vai ver como se come bem...
Imagem de perfil

José da Xã a 19.06.2019

À porta do Genuíno. Infelizmente fechado.
Mas amanhã será outro dia.
Almoço hoje de linguiça com inhame.
Imperdível.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.06.2019

Tem outro mais perto do Porto que também faz umas "coisas na pedra" que são top.

Já falta pouco para os bivalves de São Jorge, portanto...

Imagem de perfil

Sofia a 06.06.2019

A Grécia é uma das minhas viagens de sono! É uma realidade o aumento do turismo e os efeitos negativos. Desconhecia em relação á Grécia, mas é evidente em Portugal.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

A Grécia sempre foi um destino mais procurado que Portugal, nós só agora estamos a ter turismo à séria... Infelizmente não sei se estamos a gerir a "coisa" da melhor forma, sobretudo nas grandes cidades e em alguns locais naturais sensíveis...
Imagem de perfil

Sofia a 06.06.2019

Adoro pela arqueologia e história! Infelizmente, não estamos. E está a causar constrangimento aos portugueses.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 07.06.2019

Então vais adorar! Começa por Atenas e descobre o resto com deslocações a partir daí. Vais gostar...
Imagem de perfil

HD a 06.06.2019

Felizmente já existem várias medidas para suspender o turismo em alguns paraísos do mundo... :-\
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.06.2019

Eu não digo suspender, aliás, até reconheço as mais-valias do turismo, mas uma melhor organização e políticas mais sustentáveis, não tenho dúvidas...
Imagem de perfil

cheia a 06.06.2019

Como se costuma dizer, acabam por matar a galinha dos ovos de oiro.
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 10.06.2019

Nunca fui a Santorini mas pelo que leio já se está a tornar muito turístico e cada vez mais desvirtuado dos seus encantos e beleza arquitetónica.
Como dizes o turismo é uma industria que gera muito emprego e riqueza (nem sempre distribuída da melhor forma), mas tem que ser feito com pés e cabeça.
Penso que foi aí que proibiram os passeios de burro a pessoas com peso acima de determinado valor,tal o exagero e sobrecarga para os animais.
Nalgumas cidades já criaram a taxa turística, mas cujo impacto na qualidade do turismo ainda não é visível. No Porto por exemplo não existem WC públicos amiude. No entanto, o turista paga uma taxa.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.06.2019

De um ano para o outro as coisas mudam a uma velocidade que assusta. Ainda é aquela Santorini que todos gostamos mas temo que...

Os passeios de burro é daquelas coisas que não fazem qualquer sentido e não têm a mínima utilidade, pelo menos, atualmente - um pouco como os defensores dos animais que depois fazem passeios turísticos em carroças.

Pagar uma taxa não resolve todos os problemas - permite investir em muitos campos e melhorar a oferta mas não resolve tudo.

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB