Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Toiro Vencedor!

por Robinson Kanes, em 09.07.19

IMG_9270.jpg

Imagens: Robinson Kanes

 

 

Em pleno século XXI, num país que se diz desenvolvido, ainda tenho de fazer a seguinte pergunta: a que pretexto se violenta um animal na arena, ou nas ruas de uma qualquer cidade, por puro prazer ou desporto? Também não venho apregoar politicas à PAN e defender que todos devem comer ração vegetal (enquanto o PAN às escondidas devorará, muito provavelmente, umas boas costeletas de novilho). 

 

Tenho de sublinhar que também me fazem uma certa impressão as reacções humanas quando é o touro a ganhar a "parada" - então mas não é o desafio do homem contra a "besta"? A "arte" não é essa, ou quando a "arte" não joga a nosso favor interpretamos as coisas de forma diferente, como a derrota do touro fosse sempre certa? Fica a questão... 

 

Importa também lembrar que na equação existe um cavalo... Alguém por acaso também observa o sofrimento do cavalo, ou pensam que um animal daqueles se diverte? Só quem não conhece o comportamento dos cavalos é que defende o contrário. Iniciemos pelo básico da questão (e já não entro em questões comportamentais): experimentem ser montados por indivíduos que não sabem montar a cavalo (de dressage sabem pouco) e além disso peçam que vos coloquem arreios pela goela abaixo, e enquanto vos montam, ainda vos obrigam a fazer hiperflexão do pescoço. Genial, não?

 

A isto juntam-se os seres humanos que praticam a tauromaquia, normalmente oriundos das mesmas famílias de sempre, algumas ricas, outras que gostariam de ser mas que, na sua maioria, dominam as lides nacionais... O povo que se entretenha a pegar o touro ou sonhe com a hipótese de um dia ser matador.

 

 

29102009412.jpg

A propósito do mais recente "acidente" em Coruche, desta vez foi o touro a ganhar, ou não... Terá tido um sofrimento ainda maior - conhecendo algumas das personagens que frequentam praças de touros, terá sofrido e muito... Mas ganhou e nem por isso saiu em braços e foi adorado por todos aqueles que estavam na praça de touros!

 

Em suma, podemos esperar alguma coisa de alguém que se diverte a assistir a um espancamento (e morte) gratuita de outro animal? Admito que me faz confusão... E em alguns casos até poderei ser hipócrita na abordagem, afinal também como peixe como se não houvesse amanhã. No entanto, não deixo de defender a vida animal! Além disso, estes espectáculos são, não raras vezes, financiados por todos nós!

 

Mas sim, também eu sou hipócrita que não abdico da amizade de muitas famílias com ganadarias e criadores equinos, pessoas que valorizo bastante, e perdoem-me, até mais que os "solidários" e "ambientalistas" de sofá ou de televisão. Admiro a camaradagem do povo ribatejano e dos marialvas, um povo singular e com quem sei que posso contar! Verdadeiros amigos, gente boa e com que me divirto muito! Sim, é verdade... Admiro essa gente e sua companhia faz-me bem! Bem melhor do que a da maioria dos defensores dos animais!

Autoria e outros dados (tags, etc)


80 comentários

Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 11:57

Nem imaginas a revolta que senti, por terem que abater o cavalo!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:08

Ao que sei, foi porque o cavalo não teria qualquer hipótese de sobrevivência... São animais extremamente frágeis quer a nível emocional quer a nível físico, apesar do tamanho.
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 12:11

Sim! Mas se não houvesse tourada, nada disto tinha acontecido.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:15

Sem dúvida... Mas olha que muitos dos que criticam as touradas adoram concursos de saltos obstáculos, ensino, atrelagem e tantos outros... :-)


Mais uma vez a minha hipocrisia: acho a dressage um exercício fantástico entre cavaleiro e cavalo, mas deixei de assistir pelo simples facto de ser penoso para o animal - e sim, também já assisti a vários concursos, exibições, inclusive das quatro grandes escolas mundiais em Portugal, Espanha, França e Áustria.
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 12:22

Não, tenho dúvida que esse tipo de concursos sejam igualmente exigente para o animal!
Mas é algo elegante e não selvagem. Onde se espicaçam os animais e onde os cavalos estão sujeitos a levar uma cornada ou cair devido ao touro.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:42

Uma técnica comum na modalidade de ensino (e é só um exemplo) é a referida hiperflexão do pescoço ou "rollkur", se achas que não é exigente :-)

Outra técnica é o "piaffe"... Para o cavalo é um martírio e muito difícil de treinar.

Imagina também um cavalo sujeito ao treino de saltos...

É uma exibição "interessante", elegante já tem muito que se lhe diga (em minha opinião, claro) :-)
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 12:44

É exigente tanto para o cavalo e para o cavaleiro!
Pois, acredito...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:49

Mas um é obrigado a tal e o outro não.

Conheci em tempos um cavaleiro que dizia: "cavalo inteligente é o que não se deixa montar" :-)
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 12:52

Mas há amizades que ultrapassam raças! Mas neste caso, estamos a falar de outro tipo de situações.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:58

Também as há, e essas não têm holofotes :-)
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:00

Sim! Sabes sou apaixonada pelo filme " Cavalo De Guerra".
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:17

:-)
Bom filme... Os cavalos sempre fascinaram Hollywood...

P.S.: antes esse que o "The Horse Whisperer" :-)
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:21

Adoro!😍
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:22

O primeiro, não o segundo, deduzo :-)
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:23

Com o Robert?
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:30

O Redford é uma grande actor! E realizador.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:34

Dos melhores, aliás, como já existem poucos... Mas o filme não é o Robert... E aquele foi para esquecer - e olha que o "Out of Africa" é daqueles filmes que tenho no "top 10".
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:40

Sim! Mas ele realizou alguns. Esse não me lembro. É sobre?
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:42

Vários, esse foi um deles... É daqueles pirosos em que ele no fim fica a ver a "Jodie" a ir embora...

https://www.imdb.com/title/tt0119314/
Imagem de perfil

De Sofia a 09.07.2019 às 13:47

Estava a falar no Out of África.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 14:22

O "Out of Africa" é de topo! :-)
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 11:58

a grande maioria dos defensores dos animais gosta mais de animais do que pessoas - e embora muitas pessoas não cheguem a gente - e isso é sempre algo muito perigoso... a empatia para com o próximo (e refiro-me ao próximo humano) é algo que define muito alguém e nesse quesito - e falo por experiência própria - os grupos de amigos de animais são do pior que pode haver.

respeito quem goste de uma tourada assim como respeito quem goste de uma telenovela; na prática, não consumo nem uma nem outra, na prática, não alimento o negócio.

quanto a quem recrimina quem come carne e peixe - vamos pôr assim em grosso modo - gostava de ver os amiguinhos do tofu a realizar certos trabalhos braçais (e já nem me refiro a muitas amiguinhas que ao engravidarem tiveram que dar um " passo atrás"). isto já para não perguntar se não acham que as plantas e os vegetais não têm também eles uma alma.
eu pelo menos falo com a árvore que tenho na varanda.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:12

Bem, eu gosto mais de animais do que de pessoas, em várias situações :-)

Não posso afirmar que são do "pior que pode haver" mas já tenho algumas experiências menos elegantes - desde quererem proteger tanto os animais que os prejudicam, passando por defensores que protegem a carteira e a fama na praça e outros que devem ter muitos donativos porque se borrifam para o resto... Ou seja, o típico e na sua maioria, inútil associativismo nacional que serve para criar corporações e mundinhos.

Eu também como tofu e sou um homem com força! Mau! :-)))))))

P.S.: a telenovela não vive do sofrimento de outro ser-vivo (bem, se eu me sentar a ver uma, talvez sofra). ;-)
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 12:20

( hoje está complicado escrever - em termos mentais, de sintaxe, e meios de escrita)

se come tofu, e como o considero intelectualmente honesto, creio que percebeu o que eu quis dizer.

acabou por me dar razão ao mencionar vários exemplos: prejudicar - ainda mais - os animais do que ajudá-los, caridade disfarçada de interesse económico e prestigio social, etc.,. isto para mim é ser do pior - a hipocrisia e a mentira são-me letais.

a telenovela não vive do sofrimento alheio? bem, muitas pessoas que trabalham para a TV não dirão isso... até porque nem sequer têm direito a ganhar umas borlas pelas revistas...

há algum tempo que troquei o "gosto mais de animais do que pessoas" para " se esta pessoa me põe a gostar mais de um canário do que dela, é um problema dela e não me vou piorar com isto" - urge manter a compaixão nos dias de hoje: é um exercício violento mas definitivamente é urgente (é urgente o amor, é urgente destruir certas palavras,etc.,.)

ps.: este poema do eugénio de andrade perseguia-me na primária. sempre que abria o livro de leitura lá estava ele. e, curiosamente, a primeira palavra que escrevi, copiando, foi a palavra "urgência". terrível oráculo.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:48

Claro que sim, mas olhe que o tofu nem é assim tão mau (embora ao início... enfim...)

Também há bons exemplos, nem tudo é gente má, vá lá :-)

Sim, apesar de achar que não é a melhor comparação, no entanto, nas telenovelas só lá está quem quer... Ainda isso é a ponta do iceberg... Houve por aí umas novelas cujos "castings" eram em quartos de hotéis da cidade de Lisboa...

Tem de haver uma certa coerência e humanidade para tudo, porque quer queiramos quer não, o nosso egoísmo e o andar em duas patas deixou-nos com uma arrogância terrível em relação às demais espécies... Alguns mitos têm sido desmontados com o avanço da ciência e da tecnologia e mais surpresas virão...

P.S.: um dia abordo essas minhas más experiências com os amigos da importância e do dinheiro, perdão... dos animais.
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 12:58

referia-me aos carpinteiros. eletricistas e tal... os dos castings já sabem para o que vão....
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 13:17

ou tempeh?

antes ovos estrelados! adoro ovos!!!!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:21

Hoje não posso falar disso, ando a recuperar de uma indigestão por causa da linhaça associada a uma overdose de bagas de goji...

Vai ofender os "vegan"! Mas se fosse um queijo da serra, também não dizia que não...
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 13:22

não ofendi ninguém. esse é o problema. a minha liberdade começa no meu capoeiro...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:29

E acaba na capoeira do outro...

Acabou-se, outra vez, a falar de comida!
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 13:30

podia ser pior, convenhamos.

pelo menos, descansa o cérebro e entretém-se o estômago.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:36

Por acaso estava aqui a pensar num queijo que também comi por estes dias: um "Gamoneu"... Agora a "apimentar" um "cachopo" de frango, marchava...
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 13:39

não sou fã de queijos :)

e hoje o que mais apreciava era poder descansar. acho que nem comeria durante todo o dia... só queria uma rede e deitar-me ao "som" da brisa.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 13:41

Não sabe o que perde...

E o que a impede? (se estiver a trabalhar até que entendo). Olhe que por Espinho, não é complicado...

Falando em comida, dos melhores carapaus que já comi, comprados mesmo à beira-mar.
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 13:43

estou a trabalhar e como já sabe sou sozinha para três crias que precisam muito de mim.

estou perto dos carapaus à beira-mar - uns 7 minutos a pé.

sei o que perco sim: o olfato! fico gaseada!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 14:23

(Inveja dos carapaus)

"Elas sai de lá todas isgaziadas" :-)
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 14:26

é mesmo isso o que o queijo me faz.

já o cheiro a fumeiro oh oh


e agora mais emails e mais tudo (estas pequeninas paragens, hoje, sabem-me a "rede"!)

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 14:39

ahahahahaah

Nem me fale disso...

Se for rede de pesca ou de descanso... Já se for rede social...
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 14:44

ao pé dos carapaus estão sempre lá as redes de pesca.
lá está, também era uma forma de descanso: "pegar" na máquina fotográfica e ir ver as redes, os barcos, o mar, as gentes...

não uso redes sociais - já se sabe. e isso nunca seria "espairecer" para mim: sou mesmo avessa a certas multidões...

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 15:03

E quando é que nos brinda com isso... Adoro essas fotografias...

Eu fico-me pelo LinkedIn, como também sabe... E é porque "tem de ser"... Também uso outras, mas nenhuma é minha...
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 15:09

quando é que EU me brindo com isso, grande questão.

ando a pensar, a matutar, muito nisso. preciso que as minhas "jaquinzinhas" cresçam um bocadinho mais. fotografar com a cabeça e alma noutro lado, não dá :) mas que ando a cismar, ando.

mas, também, se for pelas cismas, já volto a ter muito que fazer: preciso de fotografar e de voltar às aulas de tango.




Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 16:23

Sim, entendo... Mas bem organizado, arranja um bocadinho, vá lá!

Tango? Ui... Por cá também já se pensou nisso...
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 16:27

acho que não tem mesmo noção do que é ser sozinha com duas gémeas de dois anos e uma menina de 5 casa (lides, seguros, despesas, compras,), trabalho, carro (revisões, seguros, etc), a casa que está arrendada, etc.

tango: tive 3 meses de aulas em 2006 portanto, estou mais do que paralítica no momento.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 16:32

Não tenho, mas olhe que tenho a perfeita noção de que o tempo para "mim" também é importante e tenho e arranjar os instrumentos necessários para o conseguir, mesmo quando em muitas épocas da vida,horários (inclusive nocturnos) eram uma miragem... Não é fácil, não. Eu só retiro a questão dos filhos, de resto também temos por cá... Junte-lhe um cão enorme ao qual nada falta (excepto um SNS :-)

Pois, 3 meses... :-)
Imagem de perfil

De Cecília a 09.07.2019 às 16:40

longe de mim insinuar ou achar que os outros têm a vida facilitada, nada disso.
eu quando coloco em marcha alguma coisa é para fazer funcionar. se não, não vale a pena. e neste momento não me sinto com tantos braços quanto isso.

eu também já tive um cão, e um gato e uma gata.

bem, agora que falo nisso, o cão morreu - de um tumor cerebral - na nossa noite de núpcias. ele estava na casa dos meus pais e eles não me quiseram dizer logo. só no dia seguinte, antes de partirmos de lua de mel, e quando por lá passei e estranhei que ele não viesse ter comigo, é que me disseram o que se tinha passado. teve um ataque fulminante e teve que ser abatido (não vou usar o termo eutanásia - tretas).

oráculo irónico, não?

pois é.

estas coisas também ajudam a pensar bem em tudo. a paixão é a mesma pelas coisas mas o mergulho é mais estudado

(ou talvez seja só a idade a começar a fazer efeito)


Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 16:50

Não foi isso que eu pensei, fique tranquila :-)

Realmente, tendo em conta todo o desenrolar até algo mais recente... Eu não acredito em "oráculos" mas a vida consegue ser tramada, isso é inegável...

A idade tem o seu peso, de facto, mas... Talvez também possam ser um "incentivo" para o mergulho, nem que seja para ficar perto da costa :-)
Imagem de perfil

De Lady a 09.07.2019 às 12:12

Nunca gostei de touradas, faz-me confusão ver magoar o touro e também reparo no sofrimento do cavalo ;).
Distancio-me de espectáculos com animais, não concordo, logo, não participo.
Mas daí a ficar "contente porque o animal venceu o homem", vai uma distancia, posso até não sentir muita pena, a pessoa sabe o perigo que está a correr, mas um acidente é sempre de lamentar.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 12:17

Atenção que não falei em ficar contente com o ferimento do cavaleiro... Mas num duelo, há sempre alguém que cai.
Imagem de perfil

De Lady a 09.07.2019 às 14:04

Eu sei, referia-me a alguns comentários que li nas redes socias ;).
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 14:22

As redes sociais... Ui...
Imagem de perfil

De MJP a 09.07.2019 às 16:11

Olá, R.! :-)

Li o teu post logo depois de o publicares (mas... só, agora, consegui vir comentar)... e... fiquei de "coração apertado"!!! ;-(

É algo que sempre me fez imensa "confusão", desde miúda (eu chorava, quando as touradas passavam, em horário nobre, na tv)... não consigo, de facto, aceitar e/ou compreender qualquer tipo de violência (muito menos, gratuita), seja em que circunstãncia for... :-(

Beijo
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 16:26

Hi MJ,

Partilhamos da mesma opinião...

Beijo :-)
Imagem de perfil

De MJP a 09.07.2019 às 16:30

:-))

Beijo
Imagem de perfil

De MJP a 10.07.2019 às 08:11

Olá, R.! :)

Só para acrescentar que... gostei das tuas fotos (e dos "modelos fotográfico)!!! ;-)

Beijo
Imagem de perfil

De MJP a 10.07.2019 às 08:12

*leia-se: "modelos fotográficos"
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.07.2019 às 08:53


Hi MJ,

Estas fotos só foram possíveis graças à amizade com ganadeiros/criadores de cavalos...

Obrigado,

Beijo
Imagem de perfil

De José da Xã a 09.07.2019 às 19:48

Robinson,

Com origens no Ribatejo olho para a tauromaquia apenas como uma arte de lidar com um cavalo no confronto com um touro. As bandarilhas que picam o toiro não são mais que uma agulha no nosso corpo aquando de uma análise médica.
Entretanto gosto de pegas e admiro-lhes a coragem.
Diz o povo que se o touro imaginasse a força que tem ninguém o parava.
Mas não gosto de corridas espanholas. De todo!
Sei da história de Coruche e lamento o que aconteceu. Mas quem vai para esta vida sabe os riscos que corre.
Mas compreendo a vossa visão. E, acima de tudo, respeito-a!
Forte abraço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 23:27

José,

Um cavalo, um cavaleiro armado e um touro... Ou um matador, também armado e com hipótese de fuga... Excepto o touro e o cavalo.

Respeito também a sua visão, é moderada, o que nem sempre é fácil, contudo, o argumento de que as bandarilhas são agulhas não é razoável e se fosse real não apagaria o factor violência. Até porque existem seres-humanos que só de pensarem em agulhas, nem sabem onde é que se hão-de meter :)

Obrigado por ter vindo expor o seu comentário, sobretudo em minoria...

Forte Abraço,
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.07.2019 às 22:45

Não gosto de touradas.
Nunca fui a nenhuma nem dou audiências a esse entretenimento.
No entanto, por exemplo nos Açores, é tradição este tipo de espectáculos, mas penso ser mais touros/vacas com cordas.

Tb me faz confusão as charretes que existem nalgumas cidades. Nos dias quentes de verão andam os bichos a puxar os turistas. Tb nunca andei nisso.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 23:20

Com corda ou sem corda, vai dar ao mesmo...

Essa daa charretes é para um destes dias :)
Imagem de perfil

De cheia a 09.07.2019 às 22:50

Há, cada vez mais, uma grande consciencialização do sofrimento dos animais. Por isso, as touradas têm tendência a acabar.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.07.2019 às 23:19

Também concordo...
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 10.07.2019 às 00:07

Pois eu digo:
Há cada vez menos uma consciencialização do sofrimento das pessoas.

Gostei do comentário de Cecília às 11:58.

Acho muito preocupante quando alguns colocam os animais acima das pessoas e o rumo que a sociedade está a tomar. Muita preocupação com as pequenas coisas e ignorar as realmente importantes.

Ver este post com tantos comentários e não ver posts sobre pessoas, faz-me lembrar o caso do cão que matou uma criança, sabia-se o nome do cão mas não da criança, e criaram um petição com milhares de assinaturas para poupar o cão quando não conheço petição alguma para apoiar pessoas!

Antes que alguns venham dizer que o cão não se pode defender e as pessoas podem, é mentira. Cada vez mais as pessoas estão sós.

O que esperar de uma sociedade destas?
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.07.2019 às 08:58

Começo pela resposta à sua pergunta: uma sociedade que souber tratar bem os seus animais, vai tratar muito bem as suas pessoas... Responde ao seu comentário na integra.

No entanto, alguns pormenores: para mim, cuidar dos animais/fauna é tão importante como cuidar de pessoas, da flora e por aí adiante. Uma coisa acabará por levar à outra e a defesa de uma não impede a defesa da outra. Aqui é um artigo sobre touradas, é natural que se fale de animais - mas podemos falar de pessoas, dê uma vista de olhos por aí (pelo blog) e vai ver que se fala de pessoas, e muito.

P.S.: um cão que mata uma criança - muitas vezes o culpado pode não ser o cão nem a criança, mas... Matando o cão, muitas vezes, resolve-se o problema. Isso, mais uma vez, para mim, não é cuidar das pessoas, bem pelo contrário, é enterrar a cabeça na areia.

Obrigado pela visita :-)
Imagem de perfil

De Lobos disfarçados de cordeiros a 10.07.2019 às 22:11

A lógica da sua primeira frase está errada e parece que repete algo que ouviu. E você próprio confirma isso quando diz que não se deve tratar melhor, mas igual.

Nem tudo que o alguém disse faz sentido, por exemplo: "Não há duas sem três", está errado.

A partir do momento que diz: "cuidar dos animais/fauna é tão importante como cuidar de pessoas"

Ou seja coloca tudo ao mesmo nível, não tenho mais nada a dizer.

Ficam aqui estes bons artigos:
Acerca da Condenação Desumana de Zico, o Cão Vedeta
http://estadosentido.blogs.sapo.pt/2463941.html

Comparações grotescas
https://arrastao.blogs.sapo.pt/2725199.html?thread=61028943
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.07.2019 às 00:04

Alguém dizia que ouvia todos os homens mas falava a poucos... É o meu caso também :-)

Ouvimos de tudo um pouco e cabe-nos separar o que é importante do que não é (e voltar atrás quando errámos)... Mas neste caso em particular não estou a ser o megafone de ninguém... Sabe, quando me perguntam a minha religião eu respondo que é o homem, que é a natureza e aí se incluem todos os animais, plantas e por aí adiante... Porque razão hei-de tratar melhor um humano do que um animal? Partindo do princípio que trato todos bem, atenção... E mesmo aí assumo a minha hipocrisia: quantos animais não destruo? Quantas plantas? Quantas coisas com vida? Não é alguém que diz e eu repito! É o que eu digo... Faz de mim um ser-humano pior ter o cuidado com a vida de um animal como tenho com a de uma pessoa?

No entanto, também digo (e isto é só um exemplo): quantos pais maltratam os filhos de outros (ou pais de outros) para que os seus filhos tenham tudo? E normalmente nem são coisas essenciais ao bem-estar dos mesmos... Essa é que era uma discussão daquelas :-)

E sim, repito que cuidar dos animais/fauna (não esqueça o resto do que há no planeta) é tão importante como cuidar de pessoas. Não embarco em antropocentrismos, mas isso sou eu, atenção...


Vou ler o que você repetiu de outrem através das hiperligações e de um caso em particular apenas, está prometido. E sem ler, reforço que o comportamento do Zico, poderia ser muito bem o reflexo do comportamento dos tutores (à data, ainda donos).

P.S.: não se zangue comigo, também gosto de pessoas :-)
Imagem de perfil

De cheia a 10.07.2019 às 20:23

Tem razão! Gostei de um texto, do exame do décimo segundo ano, do Padre António Vieira, em que ele diz, que só os peixes não se deixaram domesticar. Alguns pais estão a pôr em causa, a saúde dos filhos, por não quererem que comam, seja o que for, derivado de animais.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.07.2019 às 23:32

Isso é uma questão interessante... "Nem tanto ao mar, nem tanto à terra", como diz o povo. Além de que muitos derivados de animais nem são assim tão nocivos, vamos com calma... sem exageros.
Imagem de perfil

De Rita a 10.07.2019 às 14:59

Não estou a par do que aconteceu em Coruche, mas touradas e circo são coisas que sempre me fizeram confusão no que toca ao tratamento dos animais....
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.07.2019 às 15:21

Os circos com animais, em Portugal, são passado... Tinham menos peso político...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 10.07.2019 às 23:12

Estes dias, andava pelos canais, vi que na RTP1, em directo, via-se o "espectáculo"de uma tourada.
Passei à frente, presumo que seria o de Coruche, e só agora, que li este post, fiquei a par do que aconteceu.
Há muitos anos, era habitual passar na televisão, e porque só havia um canal, as touradas da época.
A minha mãe olhava a TV e quando os forcados pegavam o touro, dizia " ai,ai", ao mesmo tempo que levava as mãos aos olhos para não ver.
Eu ria-me. Era jovem, na altura não se falava na protecção dos animais, eu não gostava de cães nem gatos, mas respeitava-os.
Já adulta, percebi que estes espectáculos eram deprimentes, desafiadores de força animal/homem, deixei de ver.
Também não gosto de circo com animais ( o último que vi, porque fui acompanhar crianças, fiquei muito chocada com o pobre hipopótamo que nem força tinha para actuar, de tão velhinho que era).
Não conheço o jardim zoológico de Lisboa,nem tenciono conhecer, já fui ao de Gaia, gostei e não gostei, acho que os animais deviam estar no seu habitat.
A foto está fantástica! Tão bom ver os cavalos passear nas herdades ( sempre que vou à Maia, três vezes por semana, vejo-os )



Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 10.07.2019 às 23:31

Sim, a televisão é pública é um dos canais de transmissão destas práticas às massas...

Circos, já todos sabemos que em Portugal, acabou - pelo menos com animais. Aprendam com o "Cirque de Soleil".

Muitos dos animais quem encontramos nos zoológicos já nasceram em cativeiro. Estes espaços, não raras vezes, também são o garante da preservação das espécies. Eu visito e tento perceber o que move a existência destes espaços - se preferia ver/ter os animais no seu habitat natural, claro que sim.

Obrigado pelo bom comentário, Maria!
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.07.2019 às 12:32

Olá.
Ontem, comentei via telemóvel, não me apareceu a primeira imagem, do touro, somente a dos cavalo.
Agora, no pc, pensei que estava a ler outro post sobre touros.
Deixo registado que, apesar de não ser fã de jardins zoológicos, também sou das que pensa que por lá se vai mantendo as espécies.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.07.2019 às 12:36

Olá Maria,

Não faz mal...

Cuide é dos seus papagaios :-)

Beijo
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.07.2019 às 12:47

Ah,ah,ah!
Já vou a meio dos tratamento e não vejo isto melhorar.
As dores não são frequentes, em casa raramente as tenho, mas se andar na rua com o braço para baixo, de quando em vez, ai!

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.07.2019 às 12:53

Esses tratamentos são lentos... E por vezes têm de ser repetidos, não se apoquente, resolve-se :-)

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB