Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Taxista, a Ilda e o Cemitério dos Olivais.

por Robinson Kanes, em 20.03.17

taxis_in_portugal2.jpg.png

 Fonte da Imagem:http://news.maisturismo.pt/sites/default/files/styles/large/public/field/image/taxis_in_portugal2.jpg

 

Sexta-feira, 17 de Março... um tempo abafado, aquele que se encontra junto ao Coliseu de Roma antes de uma grande chuvada. Eu encontrava-me dentro do carro junto ao Cemitério dos Olivais, em Lisboa. Não é a mesma coisa mas ambos exalam histórias de morte.

 

Sentado dentro do carro a ultimar um documento no computador e eis que ao meu lado estaciona um táxi! Um Mercedes daqueles beges que muito circula pelas nossas cidades. Do lado do pendura uma senhora jovem. Uma senhora jovem que baixou a cabeça e desviou o olhar da minha pessoa, uma senhora jovem daquelas que não quer ser vista no local errado à hora errada. Do lado do motorista sai o estereótipo da classe: sujeito de grande perímetro abdominal, despenteado, com um certo ar de sabujo, calças de tecido castanho e uma camisa aos quadrados qual pescador da Nazaré. Os sapatos pretos, gastos e em bico fecham o leque da indumentária.

 

Dou por mim a observar aquela personagem a dirigir-se para umas árvores que existem junto ao muro e eis que me deparo com o indivíduo a baixar um pouco as calças e a começar a urinar... os primeiros a não gostarem da invasão de espaço foram os pombos que esvoaçaram de imediato, quiçá para cima de uma campa. Ainda ouvi um deles murmurar: “a nós matam-nos porque urinamos e defecamos em todo o lado!”. Também me custa a entender porque é que existem pessoas que compram calças com braguilha se depois não dispensam o ritual de desapertar o cinto e baixar as mesmas para urinar.

 

A distração de ver um indivíduo a urinar à minha frente atrasou a minha observação de que o mesmo se encontrava também  a urinar à frente da senhora que se encontrava no carro e... enquanto me interrogava acerca do cavalheirismo de tão perdigueira personagem, eis que ouço um berro do mesmo enquanto mantinha a mão no órgão: “ooooooh IIIIIIIIIIIIIIlda eh eh eh”.

 

“Oh Ilda eh eh eh!”, dá que pensar se chamava pela esposa, pela senhora que se encontrava no veículo ou então também seria um daqueles sujeitos que dá um nome ao pénis. Sempre me interroguei o que leva um homem a chamar nomes ao pénis, então quando estamos perante diminutivos... e não, não tentei fazer uma piada com a palavra diminutivo.

 

O urro que ecoou pelo estacionamento levou a que dois cães a ladrar se dirigissem àquela personagem... confesso que pensei: “ai agora à conta do cota é que eu vou partir o caco a rir” e desejei até que os cães atacassem aquela criatura, afinal... teatro sem alguma tragédia, não é teatro.

 

Todavia, talvez pelo cheiro da urina ou pelo “ai ai ai aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii” que o indivíduo soltou, os cães lá travaram a marcha. De regresso ao carro (ainda a puxar as calças para cima), a tradicional e já considerada Património de Interesse Nacional... cuspidela para o chão seguida do não menos tradicional destravar do veículo antes de ligar a ignição. 

 

Fiquei a pensar... vivemos, somos enterrados e ainda corremos o risco de um indivíduo com ar de braco alemão urinar no solo sob o qual jazemos. Quero ser cremado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


17 comentários

Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

ahaha muito bom xD
Este chão urinado já não é para todos :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

Já estou a ver a minha lápide: "não urinar, aquele que o fizer será assolado pelo meu fantasma até servir de solo para outros porcalhões".
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Não censures o artista da estrada :)
Os resquícios de urina são fundamentais para aderência ao volante ehehehe
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

Ainda consegues ser pior que eu :-)
Caramba que agora fiquei a pensar coisas...
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Dizem que tenho esse skill bem apurado!
Não tão acre como a ur... inafável quando convém :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

Acabaste foi de me dar uma ideia para um futuro artigo mas que é de carácter mais sólido… é que dá ter comentadores com imaginação e… Portugal ser um país onde tudo acontece :-)

Ah! Amanhã há mais aventuras à David Attenborough… estou a preparar o texto.
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Mais sólido?! :)
Venha o sir David e muito arvoredo para nos camuflarmos :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

Verás, ainda não sei se hei-de escrever, honestamente… mas é algo que encontro muito, sobretudo quando ando nos jardins ou no campo. Uma verdadeira publicidade à Renova.

Sim, ainda não consegui sair daquele maldito complexo e entrar novamente na história.
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

São aquele tipo de rochas amovíveis e rapidamente deterioradas pela natureza :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

Grosso modo… excepto quando são deterioradas pelos meus sapatos ou pelas botas.
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Nesse plano deslizante... são moldadas entre o calçado e a calçada :D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

ahahahahahahah não fosses tu o rei do trocadilho aahahhaha
Sim, o problema são os cheiros e as decorações que ficam nas florestas...
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Aahahha pois é :)
E ficas com a leve impressão que todos os sítios onde passas cheiram mal ;p
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Chegas a casa, tiras as solas barradas e nunca mais voltas a comer Nutella xD
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 20.03.2017

É a minha deixa… quero ter uma noite tranquila :-)
Imagem de perfil

HD a 20.03.2017

Have a pleasant evening sir, see you tomorrow in the woods. Take care :)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Instagram



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sardinhas em Lata

Todas as Terças, aqui! https://sardinhasemlata.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


subscrever feeds




Mensagens







Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB