Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Mosteiro de Santa Maria das Júnias...

por Robinson Kanes, em 20.11.17

IMG_6875.JPG Fonte das Imagens: Própria.

 

Como prometido, teria de voltar a Pitões das Júnias. O espaço de um artigo, que pode ser lido aqui, é pequeno para a grandeza desta aldeia, "perdida" no concelho de Montalegre e onde o Gerês termina a sua conquista de vales e montes e abraça o Barroso. 

 

Não podemos falar de Pitões sem mencionar o Mosteiro que aí se encontra perdido e em ruínas. Não defendendo que o mesmo esteja em ruinas, de facto, é um marco e uma imagem inesquecível, um pouco ao nível do que encontramos no Convento do Carmo, que não precisa de obras para ser imponente e apetecível. Todavia, e segundo a Câmara Municipal de Montalegre, já existe um projecto para reabilitar o mesmo... Fantástico, não é?

IMG_6868.jpg 

O Mosteiro encontra-se, na maioria das publicações, datado no pré-românico, mais precisamente no século IX. Todavia, as investigações mais recentes apontam para o século XII - com alguma precisão para o ano de 1147. Acerca da história deste mosteiro, inicialmente Beneditino, sugiro este artigo do Instituto de Estudos Medievais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.  

 

Com uma planta trapezoidal, é um mosteiro românico mas com um claustro já com alguns apontamentos góticos, pelo que não nos devemos deixar enganar pelos arcos de volta perfeita, mais românicos. À semelhança de muitos destes espaços, a evolução do mesmo esteve sempre lado-a-lado com a História e respectivamente com a arquitectura da época. Desde então as grandes mudanças deram-se sobretudo ao nível social, primeiramente com a absorção dos Beneditinos pela Ordem de Cister e já em 1834 com a extinção do mesmo por arrasto da extinção das ordens religiosas. Passou a ser paróquia e a ter outras utilidades e hoje, no dia 15 de Agosto ainda é alvo da romaria dos habitantes de Pitões e aldeias vizinhas.

IMG_6861.jpg

Chegar ao mosteiro é entrar num cenário digno de filme ou, como alguém no artigo sobre Pitões apontou, encontrar uma terra encantada. Atravessar os campos, sempre com uma vista soberba para o rio e para as montanhas a sul, acompanhar o ritmo da fauna e seguir os lameiros é, sem dúvida, a melhor porta de entrada para o vale em que encontramos estas ruinas e percebemos como o homem e a natureza são capazes de viver e criar em harmonia. Para mim, este é sem dúvida um dos melhores locais para a realização de um piquenique ou até para nos deixarmos cair no chão e esperar que o sol nos aqueça o rosto ou a chuva nos lave de todas as inquietações.

 

Com o som da água, pela ribeira que passa mesmo ao lado do mosteiro, em sintonia perfeita com os pássaros e um "barulho silencioso" de todo aquele vale, diria que estamos no mais perfeito dos romances. Disse acima que é um local perfeito para um piquenique, e diria até, que é o local perfeito para acompanhar os amantes que naquele encanto natural podem viver a sua paixão eterna em perfeita simbiose com o meio-envolvente. Um dos locais mais românticos no Gerês, é sem dúvida o Mosteiro de Santa Maria das Júnias.

IMG_6843.jpg

 Para os mais curiosos, sugiro algumas publicações acerca do mosteiro, da aldeia e até da própria região:

 

BARROCA, Mário Jorge – “Mosteiro de Santa Maria das Júnias – Notas para o estudo da sua evolução arquitectónica”, in Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, II série, vol. 11, Porto, 1994, pp. 417-443.

BORRALHEIRO, Rogério – Montalegre - Memórias e História – Montalegre: Barrosana, E.M., 2005.

COUCHERIL, Maur - Routier des Abbayes Cisterciennes du Portugal - Paris: Fondation Calouste Gulbenkian,  Centre Cultural Portugais, 1986.

GUERREIRO, Manuel Viegas - Pitões das Júnias. Esboço de monografia etnoigráfica - Lisboa, 1981.

MARTINS, Clara Joana - Mosteiro de Pitões das Júnias. Um caso de obstinação, in Revista Descobrir, nº 0, Lisboa, 1995, pp.110-115.

VASCONCELOS, Joaquim - A Arte Românica em Portugal, Publicações Dom Quixote: Lisboa, 1992.

IMG_6851.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


32 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana a 20.11.2017 às 11:00

Não sei se alguma vez já fui ao Gerês. Pelo menos não tenho memórias. Uma grande falha.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 12:47

O Gerês, a grande paixão de Torga :-)

Sem imagem de perfil

De Ana a 20.11.2017 às 12:52

E de muitos outros, presumo . Deve ser fácil cair de paixão por essa Serra.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 13:03

Por esta e por tantas outras... :-)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 20.11.2017 às 23:41

Eu fui lá em Junho e é linda. Muito linda, muito virgem ainda.
Não fui a esta aldeia que é referida, por ficar mais afastada, mas fiquei curioso.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.11.2017 às 09:03

Sim, se vieres do lado de Castro Laboreiro esta já fica fora de mão... Uma boa alternativa é fazer o caminho por Espanha... Olha que não te vais arrepender, porque mesmo fora dos limites do parque encontras pontos interessantes :-)
Imagem de perfil

De Maria a 20.11.2017 às 12:31

E que belo piquenique seria
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 12:47

Por acaso não tirei fotos ao local perfeito para isso, mas andando uns metros conseguem-se recantos únicos.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 20.11.2017 às 17:29

Que belo!
Nunca imaginei que o Mosteiro fosse tão completo. Para mim seria uma pequena igreja.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 18:04

É bastante grande. Infelizmente uma grande parte está em ruínas. Fica a capela, muito pouco do claustro e um pequeno cemitério.
Imagem de perfil

De Corvo a 20.11.2017 às 18:41

Também não conhecia.
Isso é de uma beleza indescritível, exactamente pelo estado de quase ruínas o que permite libertar o pensamento para o que teria sido: tanto a construção como a obra acabada.
Pois é, Kanes: memórias de um passado em que o homem em perfeita comunhão com a natureza, criava.
Tenho de conhecer. Vou esperar pela Primavera e penso, dentro dessas ruínas, escrever algo em que já ando a pensar há muito.
Enquanto o tempo de "gente humana" não chega, vou-me documentar devidamente.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 20:31

Tem de juntar o útil ao agradável e resolver estes dois problemas de uma só vez... E nem fica longe...

Não tenha dúvidas que é um lugar inspirador e tendo em conta o que vai nessa cabeça (que não pára e ainda ainda bem) algo de muito bom vai sair. Um final de tarde por lá, num dia mais quente... Supremo!

Quem sabe até o Mosteiro possa entrar num enredo :-)
Imagem de perfil

De HD a 20.11.2017 às 20:29

Este sim, já o vi de passagem e é realmente uma pérola no meio de uma paisagem inigualável :-)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 20:31

Estou a ver que te dirigias para a cascata :-)
Imagem de perfil

De HD a 20.11.2017 às 20:35

Sim, foi a sugestão de uns colegas nessa tarde`*_*
Imagem de perfil

De HD a 20.11.2017 às 20:41

Sim, ia com um grupo de amigos e... andamos tanto que chegamos ao fim da tarde... esgotados :-)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 22:06

Aquela zona é dura!

Experimentei já andar por aquelas terras com antigos caçadores (uns 40 e mais anos que eu) e convenhamos que ficava para trás em muitas situações...
Imagem de perfil

De HD a 20.11.2017 às 22:29

Dura é a favor! :-)
Tem inclinações e caminhos difíceis... até para as cabras que lá passam :-)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.11.2017 às 22:46

ahahaha

Bastantes! Mesmo de bicicleta e por onde é possível esta andar é um drama, por mim falo.

Mas olha que encontras locais e paisagens que compensa qualquer esforço extra.
Imagem de perfil

De HD a 21.11.2017 às 20:31

Aí tens toda a razão ;)
Imagem de perfil

De Sílex a 20.11.2017 às 23:58

Adoro o Gerês, já lá fui há uns anos, em férias. Deu para conhecer, mas nunca se vê tudo. Voltava, amanhã e ficava por lá 15 dias. É fantástico! De cortar a respiração. Um beijinho Rob e uma excelente semana. Muito obrigada pelo carinho da tua visita.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.11.2017 às 09:04

Temos um país lindo, que já foi mais bonito não fosse...

Obrigado eu pela visita e uma excelente semana sem filas na ponte :-)
Imagem de perfil

De P. P. a 21.11.2017 às 00:03

Bem, eu adorei as 2 primeiras fotografias!
Parabéns!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.11.2017 às 09:04

É o que se consegue :-)

Obrigado :-)
Sem imagem de perfil

De Diana a 21.11.2017 às 01:34

Olá!!! :)

Tens Facebook e gostavas de dar a conhecer o teu blogue a mais escritores? Conhecer outros espaços?

Então, adere:

https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

Beijinhos, Diana.
Imagem de perfil

De Beia Folques a 22.11.2017 às 22:19

Para mim é um local encantado. Foi uma revelação aquele local.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.11.2017 às 22:36

É isso mesmo... Uma terra encantada :-)
Imagem de perfil

De Cecília a 23.11.2017 às 22:58

caramba... agora voltei aos 13 anos, quando a vi pela primeira vez surgir de um nevoeiro molhadamente cerrado.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.11.2017 às 08:15

Por lá, no Inverno, é o prato do dia...
Imagem de perfil

De Cecília a 24.11.2017 às 09:11

Eu sei eu sei :)

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB