Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O "fantástico" dia de ontem...

por Robinson Kanes, em 04.09.19

iStock_000000477072_small.jpg

Créditos: https://www.psychologies.co.uk/why-we-should-all-say-yes-more

 

 

Estávamos em final de Dezembro... Um emprego estável, no entanto, uma oportunidade que surge. Uma oportunidade diferente, um estilo diferente e um projecto diferente; uma equipa diferente; um indivíduo (aparentemente) bem visto na praça e que até "trabalha" para a União Europeia. Adicionem muito espaço para coisas novas e criatividade. Porque não? Deixam um bom cargo (sobretudo pelos contactos que vos permitia e portas que abria em termos de sair do país), por vezes é bom mudar, mesmo que a vossa crença seja abraçar projectos grandes e preferencialmente multinacionais. Mas se é para fazer a diferença, porque não?

 

O primeiro choque, logo no segundo dia: o escritório pimpão com mesas carregadas de papéis, computadores ligados e abertos, montado para enganar incautos afinal não acomodava ninguém! Pura encenação quando descobrimos que afinal a organização repleta de indivíduos conta apenas com dois - vocês e um indivíduo que é gerente de mil e uma organizações e associações! Cuidado quando agendam reuniões fora da hora de expediente - é um óptimo pretexto para vos dizerem que metade da grande equipa está de férias e a outra já saiu. Não se deixem levar também por websites fantásticos e com muito stock footage.

 

Ao longo do tempo (pois por teimosia, CV e consideração) percebem que as coisas não são como parecem - são encostados e não vos deixam desempenhar nenhum dos papéis para os quais foram contratados! Existem para dar credibilidade à organização, porque tem bons profissionais, mesmo que seja uma organização que nada produz e também não tem interesse em produzir. Para conseguir o salário é uma guerra, negam-se a cometer ilegalidades e extorquir parceiros/fornecedores e são humilhados pelo vosso passado de sucesso. Por outro lado, existe um grupo de indivíduos que gira em torno da organização e do aparecer, vivem disso, bebem disso, evidenciam-se por isso... Vocês insistem no trabalho e dizem que não se podem "matar" estagiários meia dúzia de meses só para se dizer que a organização tem muita gente a trabalhar. Não podemos viver numa política de medo e deixar miúdos a entrar em depressão( depressão? São miúdos!) porque não têm nada para fazer e o assédio moral é constante! Dizem basta! Revoltam-se e as próprias instituições de ensino retiram compulsivamente alguns dos alunos...

 

Um dia, dizem efectivamente basta, o vosso percurso profissional não tem que ficar manchado por estranhos esquemas e ficam cansados de tentar ser profissionais e também profissionalizar a organização - por vezes é bom acreditar que não se pode mudar o mundo! No entanto, é importante combaterem tudo aquilo que não permitiram no passado enquanto estavam em posição de liderança!

 

Solicitam uma reunião, apresentam uma proposta de acordo para abandonar a organização - são quase agredidos e intimidados por indivíduos externos à mesma e têm de chamar as autoridades sob pena de serem agredidos. Recebem no email e no correio, no dia seguinte, uma "suspensão preventiva" como se tivessem sido vocês os responsáveis, mesmo que tudo o que está escrito diga precisamente o contrário, começam as ameaças com advogados e uma política de intimidação (esquecem quem está do outro lado, mas enfim). No entanto, existem indivíduos, sobretudo em Portugal que só perante uma sentença judicial (e nem assim) acabarão por perceber que iniciaram uma guerra perdida - contudo, a tacanhez faz isto, há que ir até ao fim só para estragar a vida de alguém... Good luck with that...

 

Hoje é dia de reflexão e de alívio! Amanhã é dia de arregaçar as mangas e segurar a vontade de ser rápido a superar pedindo favores a este e àquele. É dia de ir atrás daquilo que se defende e acredita, é dia de ir à luta pelos meios mais difíceis mas também mais tranquilos em termos de espírito - sou teimoso, não gosto de dever e muito menos de criar pontas soltas que podem um dia quebrar a minha transparência...

 

É também dia de relegar uma guerra que se avizinha para segundo plano e seguir os trâmites da legalidade. É acreditar no que os estrangeiros com quem trabalhei sempre me disseram - keep the focus, mesmo que a queda seja grande!

 

É apostar no futuro, até porque a meu lado tenho sempre quem nunca me deixa cair... E só isso, é o suficiente para nunca, mas nunca, baixar os braços e deixar de acreditar no que é correcto! Amanhã é outro dia e o mundo não vai acabar por isto, bem pelo contrário!

 

Por isso ontem, aquele Moscatel me soube tão bem...

Autoria e outros dados (tags, etc)


38 comentários

Imagem de perfil

Cecília a 04.09.2019

eu não acredito que o B. caiu numa panela assim... Carochinhas às janelas europeias dizem logo tudo, ó pá!

aceita que dói menos e tudo de bom (pois que nada acontece por acaso na vida)

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Pode crer... Mas acontece. E olhe que a "fraude" estava muito bem montada, caso contrário nunca teria apostado num projecto destes.

Já tive momentos muito complicados na vida, este é só mais um :-)
Imagem de perfil

Cecília a 05.09.2019

é a roda da fortuna a girar ;)

desejo-lhe o melhor.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

"Always"...

Também vou ter tempo para me alinhar, pensar e descansar... Faz falta para colocar as ideias no lugar. Sabe, e confesso-lhe: uma das coisas que mais irrita algumas pessoas é o facto de trabalhar com paixão e o dinheiro ser acessório... Esse é o meu caso ;-)
Imagem de perfil

Cecília a 05.09.2019

o ano passado tive o meu momento sabático.

vai fazer-lhe bem.


o dinheiro é algo que gere. não algo pelo qual nos deixemos ser (di)geridos.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Faz sempre :-)
Só que eu sou eléctrico ahahahahah

Sem dúvida...
Imagem de perfil

MJP a 04.09.2019

Olá, R.! :-)

[Porque será que me consigo rever no que escreves?!... (embora num contexto distinto)]

"sou teimoso, não gosto de dever e muito menos de criar pontas soltas que podem um dia quebrar a minha transparência..."
(já somos dois!!!) ;-)

O futuro será aquilo que tu quiseres!!! ;-)

Beijo

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Hi MJ,

Imagino... Eu tenho uma tendência natural para já não acreditar em mais de 80% das organizações portuguesas, mas mesmo assim arrisquei. No entanto, não posso nunca defender algo e praticar o seu contrário.

Venha o próximo,

Beijo
Imagem de perfil

MJP a 05.09.2019

Olá, R.! :-)

Desejo-te toda a sorte do Mundo e, tenho a certeza que, o (Teu) futuro será brilhante!

Dia Feliz!

Beijo
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Hi MJ,

Farei por isso :-)

Dia Feliz,

Beijo,
Imagem de perfil

Maria Araújo a 04.09.2019

Estou perplexa e com as lágrimas nos olhos.
Nunca me passara pela mente que algum mercado de trabalho funcionasse desta forma.

"É apostar no futuro, até porque a meu lado tenho sempre quem nunca me deixa cair... E só isso, é o suficiente para nunca, mas nunca, baixar os braços e deixar de acreditar no que é correcto! Amanhã é outro dia e o mundo não vai acabar por isto, bem pelo contrário!

Tudo, mas tudo, o que mais desejo é que siga o seu caminho e seja feliz.


P.S.:
Mais logo, volto cá.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Olá Maria,

Não é motivo para isso, a malta safa-se :-)

Criei sobretudo este texto porque isto é só um caso entre muitos que fui conhecendo, só nunca pensei que um dia me calhasse. Para mim, foi um erro de "casting" mas melhores dias virão.

Obrigado pela força ;-)
Imagem de perfil

Maria Araújo a 06.09.2019

Em Janeiro, uma das minha sobrinhas, que trabalhava há uns bons anos numa empresa, que se dizia iria fechar, mudou de emprego, foi trabalhar para o Porto, para algo que lhe parecia muito bom já que é uma empresa muito conhecida.
Apesar de gostar do que fazia, o mau ambiente por parte de algumas pessoas (chefes), puseram-na mais frágil que anteriormente, e como um bom ambiente de trabalho é importante, saiu.
Agora, anda a tentar arranjar novo emprego.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.09.2019

Esse é uma das queixas que mais escuto, e olhe que escuto muitas: o ambiente de trabalho em Portugal! Somos péssimos uns para os outros! Salvam-nos as multinacionais e mesmo assim tenta-se camuflar muita coisa... Conheci excelentes portugueses em trabalho, mas tenho de admitir, os melhores eram todos estrangeiros.
Imagem de perfil

Maria Araújo a 06.09.2019

Somos péssimos porque somos mesquinhos e não queremos que certas pessoas nos passem à frente.
Outra das minhas sobrinhas, que trabalhou em Lisboa e em boas empresas, diz muito bem das pessoas, de haver boas equipas, e mesmo que problemas houvessem, nada era como o ambiente das empresas cá no norte que, infelizmente, pouco ou nada mudou...As pessoas do norte, e na maioria dos locais de trabalho, vivem de contos e ditos, da pequenez.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 06.09.2019

Olhe que em Lisboa também... Por norma, é seguir em frente, não dar importância e atalhar o diálogo - ao início as pessoas vão achar que é "trombudo", mais tarde vão achar que é alguém bastante acima...

Sim, em Lisboa temos bons exemplos, mas olhe que também temos maus - de facto, este último, mas pronto, não se pode medir tudo pela mesma bitola.

Olhe, bem a propósito, ainda ontem uma amiga da "alemã", que com ela jantou, se demitiu porque não tinha pachorra para uma experiência que estava a ter no Porto - os motivos são esses mesmo que apontou. A norte tenho de admitir que conheci excelentes colaboradores, mas também conheci alguns, minha nossa :-)
Imagem de perfil

Maria Araújo a 06.09.2019

Bem, cada um com sei feitio, não podemos ter todos da mesma forma.
Imagem de perfil

Alice Alfazema a 04.09.2019

Há algo que nunca devemos vender: a nossa liberdade. Tal como a confiança, se perdes nunca mais serás o mesmo. É a liberdade que nos permite escolher sem sermos prisioneiros, é também ela que nos empurra para a conquista de um novo dia e para alcançar esse sabor, do que é ser livre, é preciso não ter amarras nem âncoras.

Acredito que vais conseguir, quando estamos "de bem" connosco todos os obstáculos se tornam em soluções ou até em ocorrências de menor importância.


Gostei muito beber este Moscatel contigo, por vezes é também aqui que encontro eco aos meus pensamentos.


Obrigada por andares por aqui. :-)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

"Acredito que vais conseguir, quando estamos "de bem" connosco todos os obstáculos se tornam em soluções ou até em ocorrências de menor importância. "

Obrigado Alice, é isso mesmo!

Obrigado eu pela Alice andar por aí de copo na mão :-)
Imagem de perfil

HD a 04.09.2019

Em que podemos acreditar, nos nossos dias???! Estou incrédulo... -.-
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Como é que fui cair nesta, diz antes assim... Quando pensamos que já vimos tudo... E outras coisas, mas por sigilo profissional e respeito pela entidade (sim, respeito pela entidade) não vou abordar, como é óbvio - até porque vai existir um procedimento legal contra a mesma.
Imagem de perfil

HD a 05.09.2019

Acho muito bem, nenhum scam destes deve passar impune... :-s
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Será a primeira vez que me vejo nisto (do meu lado), já lidei com muitas situações complicadas sobretudo estando do lado da entidade empregadora, mas isto ultrapassou tudo...
Imagem de perfil

Alala a 04.09.2019

Oh Robinson... Desejo que tudo te corra bem e que continues sempre com muita garra e que tenhas sempre alguém por perto que não te deixa cair, que te dá força nesses dias menos bons.
Imagem de perfil

Luísa de Sousa a 04.09.2019

Oh ... como me emocionou!!!

Fico tão triste/perplexa com situações destas, abusos que são capazes de matar a alma de quem sonha o melhor para si!!!

Mas nunca devemos deixar de acreditar que algures, haverá um lugar onde possamos ser livres, bons profissionais e valorizados. Onde não seja necessário "vender a alma ao diabo".

Passei por uma situação semelhante e nunca baixei os braços porque acreditei que aquilo foi só um percalço e que se continuasse a acreditar em mim conseguiria ser e ter aquilo que ambicionava. E consegui!!!

Sei que também o vai conseguir!!!

Beijinhos e Boa Noite!!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Olá Luísa,

Não mata, pode atrasar nuns meses um percurso, mas também nunca fui de percursos muito lineares, isso adormece-nos.

"Passei por uma situação semelhante e nunca baixei os braços porque acreditei que aquilo foi só um percalço e que se continuasse a acreditar em mim conseguiria ser e ter aquilo que ambicionava. E consegui!!!"

Ora, nem mais :-)

Beijo e um Feliz Dia,
Imagem de perfil

cheia a 04.09.2019

O cenário estava bem preparado!
A verticalidade, que lhe admiro, compensa-lo-a
Boa sorte.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Digno de filme...
Daqui a uns anos ainda escrevo um livro, matéria não falta.

Muito mas muito obrigado,

Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 04.09.2019

Fiquei sem palavras. Felizmente nunca passei por isso e n empresas onde estive (só foram três), nunca presenciei um cenário desses. Quando não resulta ou não nos revemos na filosofia da empresa ou a realidade não corresponde ao que nos foi vendido, o melhor é abandonar. Estar bem connosco próprio.

Em Agosto foi despedido um alto responsável do RH da minha empresa. Daquelas pessoas elitistas que lambia as botas só a quem lhe interessava. Apostou no cavalo errado e fizeram-lhe a cama. esteve lá dois anos. Nessa função vitral para a empresa, do que vi não achava que gerisse bem os recursos humanos devido a essa personalidade. Se mantivesse a sua identidade e fosse a pessoa idónea que a função pede, continuaria lá.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Sem dúvida... Por isso quando as pessoas estão insatisfeitas peço que procurem soluções - ficar não é opção e quando isso se prolonga, pior ainda. Quando possível, até mesmo nesse processo de mudança deve-se deixar o emprego - inventar desculpas para ir a este e àquela entrevista deixando a organização onde estamos prejudicada, nem sempre é a melhor escolha.

Casos desses conheço muitos - a minha experiência diz-me que em contexto de multinacional nunca ficam por lá muito tempo. Eu próprio já tive de arrumar casas e acredita que não é fácil, sobretudo quando os tentáculos estão criados. É comum em muitas empresas...
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 08.09.2019

este que saiu, não gostava dele. era elitista, arrogante e linguarudo. Discrição é o mínimo num diretor de RH. acho que não vai deixar saudades. Temos de ser profissionais e não lamber as botas. Pode correr mal e no caso dele, correu. que lhe sirva de lição para ser mais humilde.
Imagem de perfil

Lady a 05.09.2019

Fico incrédula com todo este cenário, nem imagino a revolta que sentes. Um abracinho e força aí.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 05.09.2019

Revolta, sobretudo por ter feito um desvio contra tudo aquilo que pretendia e ter acabado assim, faz parte do risco :-)

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB