Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Movimento Português Anti-Racista e Anti-Colonialista...

E de todas as outras coisas que estão na moda...

por Robinson Kanes, em 22.06.20

Amsterdam.jpg

Rembrandt Harmenszoon van Rijn - "A Ronda Nocturna" - Pormenor (Rijksmuseum)

Imagem: Robinson Kanes

 

Não é a intensidade dos sentimentos elevados que faz os homens superiores, mas a sua duração.

Friederich Nietzsche, in "Para Além do Bem e Mal".

 

Jovem!

 

Não tens nada que fazer para lá das redes sociais e da praia? Não sabes o que é a Democracia? Vives dos meus impostos? Queres apagar a História? Gostas de aparecer e pertencer a causas mesmo sem saberes porquê ou sem teres ideias de futuro? Não tens ideias e  até no teu bairro tens medo de dizer um "ai"? Queres destruir uma sociedade democrática? Se respondeste sim a uma questão que seja, junta-te à nossa causa! Não te esqueças é de criar um instagram ou um facebook para sentires que estás a tomar parte num sentimento de pseudo-maioria!

 

Para atingirmos os nossos objectivos propomos:

 

- Destruição do Mosteiro dos Jerónimos, do Santuário de Fátima e de todas as Igrejas e monumentos ligados à Igreja Católica, essa grande promotora do colonialismo em tempos antigos e causadora de milhões de mortes por esse mundo fora - pelo caminho vai a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, a Feitoria e a Casa da Dízima! Feitoria é coisa de colonialismo e não é propriamente o meu restaurante predilecto, a Casa da Dízima é só porque não gostei propriamente das duas vezes que lá comi pregado, só por isso, o que já é um acto atroz!

 

- Destruição da estátua de D. Afonso Henriques, um indivíduo que batia na mãe e a partir de Guimarães promoveu a causa racista matando árabes por aí abaixo;

 

- No seguimento do ponto anterior, circunscrição de Portugal ao Condado Portucalense e devolução do restante território aos mouros, eles depois que se entendam com os que foram expulsos pela mouraria;

 

- Destruição das estátuas de todos os reis e até do próprio Marquês de Pombal;

 

- Exoneração de um político-mor, um ferranho defensor do colonialismo e cuja opinião pública só mudou com a mudança do regime (efeito cata-vento);

 

- Destruição de milhões de edições de livros, obras de arte, manifestações culturais, gastronómicas e sociais que são herança ou tiveram como base indivíduos racistas e colonialistas! Abaixo os Santos Populares, viva a Festa do Avante!

 

- Abaixo a ciência em todas as suas vertentes;

 

- Fim ao hino nacional, e no fundo, ao ser português;

 

- União com movimentos internacionais tendo em vista a destruição das pirâmides do Egipto, de totos os vestígios do Império Grego e Romano, em suma de praticamente todos os sítios históricos da Antiguidade e outros mais contemporâneos excepto os edifícios históricos que tenham lojas da Primark e da Humana;

 

- Aliás, sugiro a destruição da Europa, dos Estados Unidos, da Rússia, de todo o Médio-Oriente, da China, em suma de toda a Ásia. Mas como também há racismo em África e na América do Sul, vamos destruir tudo. 

 

- Pela quantidade de raças que se aí se encontram, a mudança ou até a destruição do Largo do Intendente em Lisboa, em homenagem a Diogo Inácio de Pina Manique, esse racista absolutista.

 

- Destruição do Bairro Alto, isso é racismo e dá a sensação que os brancos do Alto olham de cima para as outras raças da Baixa. Principe Real é um ultraje e deverá ser renomeado para qualquer coisa como Presidente do Comité ou "influencer square" ou "Game Changer".

 

- Sugiro que o principal acesso ao Hospital de São José, a Avenida Almirante Reis, seja fechada ao trânsito inclusive de ambulâncias para que, e especialmente em períodos de confinamento, te possas manifestar, sem perceberes, em muitos dos casos, bem porquê. 

 

- Em temas verdadeiramente urgentes e fracturantes da nossa sociedade, enterra a cabeça na areia e faz de conta que nada se passa, nomeadamente a corrupção, os incêndios, a propaganda digna de regime ditatorial, o crime, a impunidade e todas as falcatruas e defeitos de um país provinciano. Segue a moda! Segue a moda e não vires os olhos para o lado. 

 

- Não penses, nós pensamos por ti e tens um Presidente da República que também o faz. 

 

Se não tens coragem para isto tudo, mas queres ser um indivíduo bem visto e sentir-te parte do grupo, escreve só meia-dúzia de tretas que encontras nas notícias e partilha na internet, também assim estarás a fazer a tua parte. No entanto, quando o fizeres, não te esqueças que o racismo não existe só contra negros e lembra-te de te esqueceres de tudo isto ao fim de uma semana dedica-te de imediato a outra causa que esteja na berra, o like é garantido e assim a tua opinião contará mais que as outras, mesmo que todos se estejam a borrifar para o que escreves online.

 

Junta-te à nossa causa e vais fazer parte de um movimento único e que defende a liberdade dos povos com violência e hipocrisia. Uma coisa é certa, nunca te sentirás cansado porque todos os dias há novas causas, a próxima será a da existência de gafanhotos gigantes extraterrestres que falam e estão escondidos debaixo dos corpos dos pagadores de impostos - estão prontos a atacar para extinguir a raça humana pelo que se seguirá o ataque ao consumo de vinho branco que é uma clara demonstração de supremacia branca!

 

P.S.: aquela do político-mor, coloca-me a pensar como é que um indivíduo que... chega a presidente de... Enfim, coisas minhas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


27 comentários

Imagem de perfil

/i. a 22.06.2020

Muito bom texto.
Devíamos acabar com tudo e ficar com tudo à la IKEA.
Boa semana
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

IKEA? Essa apologia aos caucasianos do Norte da Europa? Não sei :-))))
Boa semana,
Imagem de perfil

cheia a 22.06.2020

Vamos arrasar tudo, para ficar mais plano!

Boa semana
Um abraço
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

Vamos! :-)))

Boa semana e um Grande Abraço,
Imagem de perfil

Cecília a 22.06.2020

o texto está francamente exagerado mas, entendo eu, o exagero é precisamente para acusar o ridículo de toda a situação...

isto já vem de longe ( isto, o de tratar o problema do racismo - que parece-me ser em solo nacional mais uma questão de xenofobia do que racismo - pela rama das imagens) como quando se meteram com o logo do café sical... com a baiana...

meus caros: existem ricos e pobres... e as guerras são sempre fomentadas/alimentadas com a ganancia de uns e o desespero de outros...é a isto que tudo se resume - e é este o problema que deveria ser combatido.

humor e cultura... precisam-se.

fica uma sugestão que me veio à mente agora mesmo:

https://www.youtube.com/watch?v=hH-wCe5oAv8


Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

Eu também acho, e é propositado, no entanto em Coimbra já rolou literalmente uma cabeça de uma estátua. A fronteira entre exagero e a realidade, actualmente, é cada vez mais ténue.

Já vem de longe e o problema não se resolve, porque não se colocam as coisas como elas são, faz-se o espalhafato e por norma aumenta-se o ódio... De um lado e do outro.

O problema nem são, em meu entender, os ricos e os pobres... Talvez a ganância seja um problema ainda maior, mas nem todo o rico é ganancioso. Também hoje, a ganância não é só, ou parte dela, económica e pode estar aí a origem de determinadas "manifestações".

Humor e cultura precisam-se, sem dúvida... E mesmo que o humor seja mais negro, não devemos ser literais na nossa interpretação, devemos rir. Humor negro? Ui, não posso dizer isto... :-))))

Obrigado pela sugestão e por ter passado :-)
Imagem de perfil

Cecília a 22.06.2020

eu passar, passo sempre. :)

a ganância e desespero de que falei devem ser considerados em todos os seus aspetos e cores ;)

mas a cabeça que rolou... era de bronze pelo m€nos?...
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

Eu sei que sim :-)

Antes fosse... Sempre valia alguma coisa. Dos escuteiros nem falo :-))))

Imagem de perfil

Psicogata a 22.06.2020

Não percebem que tentar apagar a história em vez de ajudar a combater o racismo só o aumentará, em breve não teremos presentes as atrocidades cometidas e isso só tornará mais fácil alguém voltar a comete-las, a história serve para ensinar, nunca por mais dolorosa e vergonhosa que seja deverá ser apagada.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

A História serve para ensinar e o apagar da mesma já tem mostrado os danos que causa no longo-prazo. Além disso, o empolamento de situações sem qualquer grau de reflexão e identificando os problemas como eles são só acaba por gerar ódio do outro lado - como já o disse, a extrema-direita agradece. A prova disso é o desconforto que esta situação tem gerado naqueles que são apelidados de racistas, ou seja, a maioria da população... Ao dizermos, no caso português, que a sociedade é racista estamos a criar ódio do outro lado...
Imagem de perfil

Maria Araújo a 22.06.2020

O Robinson,olhe que se a maioria lê este seu texto vai em frente com as suas questões e sugestões.
É que nem todos sabem ler e interpretar o que escreveu.
Gostei!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

Ou sabem demasiado bem e... ;-)

Obrigado Maria e um beijinho,
Sem imagem de perfil

Anónimo a 22.06.2020

Eu voto no MPARAC!!! Viva o MPARAC! Ah, espera, é um movimento, não um partido político... mas eu voto na mesma!!!
Parabéns, Robinson! Sentido de humor e genialidade não faltam!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

É um movimento de cidadãos independentes e sem ligações políticas como um certo Fernando Nobre... Ai não, espere, esse depois... ahahahahaah

Obrigado, muito obrigado :-)
Sem imagem de perfil

Anónimo a 22.06.2020

Quem é o Fernando Nobre?! Aaaaaah, já sei... :)))))
Eu tenho um fraquinho por movimentos de cidadãos independentes e sem ligações políticas, que é que lhe hei-de fazer?... :)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

6 milhões por ano, diz-lhe alguma coisa? :—))))))

Embora também existam "independentes" que começaram ligados a partidos e que criaram movimentos também eles "independentes" mas nunca entregaram o cartão de pontos :—))))
Sem imagem de perfil

Anónimo a 22.06.2020

O cartão de pontos não era para acumular vantagens - desculpe, descontos - em compras superiores a 6 milhões?! Sou tão má, meu Deus... Shame on me!!! :)))))))
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.06.2020

Eu acho que é mais "shame on him"... :-)))
Perfil Facebook

Marques Aarão a 23.06.2020

O prolongamento insano da juventude apenas produz velhice e demência prematura.
Imagem de perfil
Em defesa de D. Afonso Henriques, informo que o seu Lidador, Gonçalo Mendes da Maia era mouro. (não se aprende nas aulas de história mas é verdadinha) . E ao que julgo saber muitos daqueles que lhe foram atrás. Mouros convertidos

No seu Livro de Linhagens, aliás, o Conde D. Pedro confere particular importância à Família
da Maia, com honrosas e elogiosas referências. Note-se que D. Pedro Afonso, filho natural de D.
Dinis, foi o 3º Conde de Barcelos. O seu antecessor, D. Martim Gil de Riba de Vizela, 2º Conde, era
filho de Gil Martins de Riba de Vizela e sua mulher Maria Anes da Maia – havia que sublinhar esta
ligação à velha e secular aristocracia portucalense, que os da Maia simbolizavam e personificavam
conferindo, desta forma, legitimidade e força às novas linhagens emergentes (FERREIRA, 2011). Não
será por isso surpreendente o esforço de D. Pedro em associar a Linhagem da Maia ao próprio Cid, o
Campeador (KRUS, 1994)
Curiosamente, apesar de se tratar de uma linhagem que mistura o sangue mouro e cristão,
não parece haver no Conde D. Pedro qualquer ressentimento religioso ou cultural quanto a este facto,
o que leva alguns autores a afirmarem que não restam dúvidas de que o conde convivia bem com a
ideia de que a linhagem transcendia o credo (MIRANDA e FERREIRA, 2015).
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.06.2020

Grato pela lição de História de Portugal... :-)

Bem, na verdade, em qualquer conflito há sempre alguém que pertence ao outro lado... Existem sempre africanos a combater ao lado dos portugueses, portugueses a combater ao lado dos africanos, afegãos do lado americano e também americanos do outro lado, no entanto, a questão está lá...
Imagem de perfil

ó menina a 24.06.2020

É começar já a exportar esta ideia! Isto vai o próximo unicórnio português.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sardinhas em Lata

Todas as Terças, aqui! https://sardinhasemlata.blogs.sapo.pt/

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens







Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB