Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Marcelo, Il Capo!

por Robinson Kanes, em 06.08.18

image.aspx.jpeg

Créditos: https://www.dn.pt/media/interior/marcelo-a-consolar-obras-de-arte-a-nova-faceta-do-presidente-pop-9135039.html

 

 

O que me traz aqui é o último comentário de Marcelo acerca dos partidos políticos e de como estes devem ser uma família da qual não se deve abdicar e muito menos trocar. Quem diz os partidos diz a família Espírito Santo ou não fosse Marcelo o defensor do lema de que mais importante que ser rico é dar-se bem com gente rica. Eu admito que este é um discurso de partido único (que Marcelo tão bem conhece) ou então de organização criminosa, algo aproximado a uma máfia.

 

Para Marcelo, trocar de partido não é opção, mesmo que se embarque por um sem número de comportamentos e tomadas de posição que sejam contra toda e qualquer ética ou valores defendidos por quem se vê confrontado com essas mesmas situações. Resta-me perguntar a Marcelo porque é que não continuou como adepto e usufruidor (ele e tantos outros que agora deambulam pela nossa praça, alguns até de esquerda) de um regime fascista? Porque é que trocou de família e escolheu uma mais adequada aos tempos de mudança? Porque é que Marcelo na sua versão democrática também virou costas ao partido de que faz parte e do qual foi presidente (um presidente para esquecer), pelo menos temporariamente? O PSD saíra dos tempos da Troika e a proximidade com essa família poderia não ter trazido tantos votos, falar no PSD durante a campanha para as presidenciais foi algo do qual Marcelo fugiu a sete pés e até fez questão de se distanciar na sua pseudo-independência. Marcelo é uma espécie de Ricardo Robles mas em versão exagerada, um homem com muitas famílias e só assim pode explicar a constante pululação entre umas e outras.

 

Marcelo, e não me canso de reforçar este ponto, também é português e irmão dessa família que são os portugueses, todavia, onde andava Marcelo quando minava as sombras do poder com o discurso de que tudo quanto fosse homem deveria estar a defender as colónias (chamando nomes até àqueles que não o faziam) e quando chegou a sua vez lá meteu a real cunha para não pegar numa arma e muito menos pisar um terreno de combate- interessante comportamento para quem hoje é o chefe supremo de outra família, as forças armadas.

 

Finalmente, e com a outra família que é a comunicação social (aquela a quem é mais fiel), foi o facto de termos ouvido Marcelo dizer que não reservou hotéis em nome próprio nesta sua deslocação para "férias" ao interior do país para não ser perseguido pelos presidentes de câmara, essa família de gente aborrecida que uma vezes dá jeito, outras nem por isso... Afinal Marcelo está de "férias" e não quer ouvir que conhece a terra e como faz com Cristiano Ronaldo, exalta este quando lhe importa, e varre para um canto quando já não importa... Mas a família da qual Marcelo não abdica é a comunicação social e aí é importante ligar a tudo e a todos para que acompanhem cada minuto de umas "férias solitárias e isoladas do mundo", mesmo que até se procure o pódio de uma corrida velocipédica para mais uns minutos de fama ou então queira assumir o lugar de porta-voz do Ministério da Administração Interna ou até da própria Protecção Civil.

 

Mas, na verdade, Marcelo nunca poderá ser um "capo" - para o mal ou para o bem, um "capo" não dispõe e se vê livre da família como lhe dá jeito. Para o mal ou para bem, até numa organização mafiosa, o "capo" é fiel aos seus valores... Um verdadeiro "capo" faz, não espera por canais mediáticos a encherem páginas e imagens com  temas sem interesse ocultando a verdadeira inércia...   

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De HD a 06.08.2018 às 21:13

Jornalistas dentro de água e escondidos dentro dos seus calções de banho ?! xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 06.08.2018 às 22:13

Verdadeiras banhadas, portanto...
Imagem de perfil

De José da Xã a 06.08.2018 às 21:57

Quase assino por baixo.
A questão de Marcelo não tem a ver com a saíde de PSL do partido mas da sua entrada num outro mais à esquerda ou à direita.
Esse é que e o verdadeiro receio de Marcelo.
O PR quando era lider do PSD deu a PSL a hipótese (que este conseguiu) de ganhar uma camara ao PS. Figueira da Foz de seu nome onde as tias da Cascais passaram a tirar férias...
O SL que como pessoa até lhe acho graça e alguma coerência (aquele episódio na SIC é disso exemplar!!!). Mas reconheço que tem de falar menos, muito menos. E Marcelo também pretende calar PSL.
Veremos o que irá acontecer.
Abraço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 06.08.2018 às 22:14

Veremos...

Marcelo está a fazer o papel da sua própria convicção partidária tem, contudo, de ter o cuidado de não utilizar o cargo que ocupa para manipular politicamente a opinião dos portugueses...
Imagem de perfil

De Rita a 07.08.2018 às 20:27

Reflexão bem pertinente. "Faz o que eu digo, não faças o que eu faço"...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 07.08.2018 às 23:46

Hoje tb falo de Marcelo e do reality show que são as suas férias. Ao estilo Big brother e em horário nobre. Só falta fazerem reportagem sobre as suas idas ao WC ou com as suas trocas de roupa...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 08.08.2018 às 09:42

It's showtime...

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB