Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Fiesta", Sol e Solidão...

por Robinson Kanes, em 19.03.18

IMG_20180319_075804.jpg

Fonte da Imagem: Própria. 

 

 

Admito que, embora Hemingway até seja um Existencialista, nem sempre tenho a melhor relação com o autor, no entanto, existem livros que nos colocam numa situação em que percebemos o porquê de alguém ter sido elevado à categoria de génio - nada como começar com "As Neves do Kilimanjaro" e deixar que Francis Macomber nos deixe emocionados com o seu sofrimente em "A Curta e Feliz Existência de Francis Macomber".

 

Mas quando falo dos confrontos com tamanho génio, fica-me na mente a obra "Fiesta" ou "O Sol Nasce Sempre" - é uma dessas situações... Uma dessas situações em que num contexto diferente nos deparamos com uma igualdade de pensamento assustadora... Inspirado em muitas das vivências e numa parte do seu círculo de amigos, Hemingway retrata bem a apatia dos esclarecidos e a triste solidão dos fortes e dos inteligentes - de como a guerra (pós 1ª Guerra Mundial) destruiu uma sociedade, lhe tirou a sua capacidade de pensar - estranho que o contraste com os dias de hoje não existe, todavia não estamos em guerra (pelo menos a Ocidente) mas estamos paradigmaticamente numa sociedade de abundância onde, aparentemente, não existe uma resposta para os desafios que nos são colocados e somente um berreiro atroz que camufla a apatia generalizada.

 

Muitos apontam que Hemingway se inspirou em indivíduos como Picasso ou Scott Fitzgerald para nos dar a conhecer uma espécie de geração perdida - embora alguns tenham sido mestres na sua arte!

 

"Hoje", enquantos os toros correm pelas ruas de Pamplona, as bebedeiras aplaudem o circo - que não é o dos "toiros" - mas dos cabrestos que assumem a arena enquanto aos verdadeiros "toiros" não é permitida a saída dos curros...

 

Esperemos que o Sol não deixe de nascer... Ou talvez até já se tenha iniciado o crepúsculo e ninguém parece dar por isso, tal é a luz artificial à sua volta...

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Imagem de perfil

De HD a 19.03.2018 às 20:52

"as bebedeiras aplaudem o circo"... :-)

Que bela referência: um boémio sábio e, talvez, génio... ;-p
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.03.2018 às 09:01

Quem, eu? Só boémio ahahahahah
Imagem de perfil

De HD a 20.03.2018 às 20:27

De tudo um pouco... ;-p
Imagem de perfil

De cheia a 19.03.2018 às 21:39

É o artificial que nos embebeda, e não o natural! O fútil é preferido ao útil!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.03.2018 às 09:01

Sociedade demasiado leve...
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 20.03.2018 às 11:21

Infelizmente não me espanta. Não vivemos nós na era do facilitismo, da futilidade?!
Beijinhos
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.03.2018 às 21:07

De demasiada leveza, segundo Lipovetsky...
Imagem de perfil

De José da Xã a 20.03.2018 às 21:35

Não me digas que ao contrário do que escreveu Stephen Hawking no seu A Teoria do Tudo, o universo em vez de se estar a expandir está já a contrair?

Gosto de Heminway, mas o escritor americano que prefiro é mesmo John Steinbeck.
Abraço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.03.2018 às 09:09

Existem teorias que defendem uma coisa ou outra... Hawking é apenas mais um num mundo de génios.

Nem sempre tenho a melhor relação com o mesmo - se me derem a escolher também prefiro Steinbeck.

Abraço,
Imagem de perfil

De Rita PN a 20.03.2018 às 23:02

Tenho um carinho especial pela sabedoria vivida de Hemingway.
Do maravilhoso, simples, vivido e humano "O velho e o Mar" reti a passagem "É preferível ter sorte. Mas eu prefiro ser exato. Assim, quando a sorte vem, está-se preparado para ela". E do "Adeus às Armas" a sempre presente passagem "Quem estará nas trincheiras ao teu lado? ‐ E isso importa? ‐ Mais do que a própria guerra.”

Em quem é que Hernest Hemingway se inspirou, não sei. Que me inspira com a sua sabedoria de vida e instinto de superação, isso inspira.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.03.2018 às 09:10

Era um senhor!
E parabéns para ti - é Dia Mundial da Poesia...

E da árvore :-)
Imagem de perfil

De Rita PN a 21.03.2018 às 12:56

Parabéns à vida (a nossa árvore), é a melhor poesia que temos e nem sempre a sabemos ler/interpretar.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.03.2018 às 09:18

E parabéns ao "sobreiro assobiador" :-)
Imagem de perfil

De Rita PN a 23.03.2018 às 08:45

Confesso que ainda não li a notícia do sobreiro, mas está o link guardado para hoje.
Venho deixar isto, para ires seguindo, se for relevante: http://hallpaxis.blogs.sapo.pt/alentejo-um-amanha-reinventado-24370
Imagem de perfil

De Rita a 22.03.2018 às 09:41

Dele ainda só li "O Velho e o mar" e "Paris é uma festa".

Curiosamente quando estava a tirar o CCP, o tema da minha apresentação final foi a Geração Perdida :)

"Mas estamos paradigmaticamente numa sociedade de abundância onde, aparentemente, não existe uma resposta para os desafios que nos são colocados e somente um berreiro atroz que camufla a apatia generalizada".

Gostei muito da tua reflexão. Tão certeira.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.03.2018 às 09:57

Dois colossos da literatura :-)

Obrigado e já vi que partilhamos de opiniões similares neste campo :-)

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB