Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




question-mark-2492009_1280.jpg

 Fonte da Imagem: https://pixabay.com

 

O P.P. convenceu-me, e numa tentativa de desagradar àqueles que dizem que sou pouco dado a brincadeiras...

 

1 - Se te pagassem 100.000€ para posares na capa de uma revista, a segurar uma garrafa de champanhe numa mão e com alguém ao teu lado a dar-te morangos à boca vestido com o fato-de-banho verde do Borat, preferias que essa pessoa fosse o Manuel Luís Goucha ou o Fernando Mendes?

 

Primeiro teria de aceitar e perceber porque é que alguém me pagaria €100.000 para fazer de palhaço se nem isso gostam de pagar para a minha pessoa gerar rentabilidade. Provavelmente declinaria o convite por falta de competência para o cargo, palhaços não faltam por aí, alguns até trabalham de "borla".

  

2 - Ias num cruzeiro, o teu barco naufragava, só havia dois sobreviventes e ambos davam à costa na mesma ilha deserta, com 4 metros x 4 metros. Teriam que obrigatoriamente conviver um com o outro todas as 24 horas do dia e ajudar-se mutuamente para sobreviver. Escolhias naufragar com o Donald Trump ou com o Kim Jong-un?

 

Eu escolheria o Donald Trump. Os EUA têm meios bem melhores para regastar desaparecidos, mal por mal não teria que ficar muito tempo. Além disso ficaria amigo de Trump e teria oportunidade de perguntar se o 11 de Setembro sempre foi uma espécie de "Operação Northwoods". Finalmente, na gestão da sobrevivência/alimentação, penso que Trump come menos que Kim. 

 

3 - Estás de olhos vendados numa câmara de tortura a ouvir em loop os mesmos 5 CD's. Não sabes quanto tempo vais lá estar, pode ser 1 dia, pode ser um ano. Que banda sonora escolhias: Quim Barreiros ou Ana Malhoa?

 

Ana Malhoa, estou todo turbinado... Além disso morreria ao fim de um minuto e sempre me poupava o sofrimento. Agora que falo nisto, talvez com o Quim Barreiros fossem 10 segundos... Uma nota: afinal a Ana Malhoa seria uma má aposta tendo em conta o meu esforço em reduzir o "consumo" de plástico.

 

4 - Escolhe, rápido: uma martelada no meio da mão direita ou bater com o dedo mindinho do pé esquerdo na quina de um móvel?

 

Bater com o dedo mindinho do pé esquerdo na quina de um móvel, de preferência contraplacado.

 

5 - Última pergunta desta ronda: se fosses eleito presidente de Portugal, e te fosse concedido um génio da lâmpada que só te pudesse realizar um único desejo relativamente às tuas acções políticas, tu optavas por aumentar o salário mínimo para 1100€/mês ou fazer com que nunca mais houvesse um incêndio em Portugal?

 

Esta não é nova, penso que no geral todos os PR acreditam que o génio da lâmpada existe, pelo menos assim o demonstram. Se não existissem incêndios em Portugal poderia ser o início para acabar com muitos esquemas que por sua vez não lesariam tanto o país, permitindo aumentos futuros no salário mínimo.  Escolheria a segunda opção, além de que, em Portugal, um ordenado mínimo de €1100/mês com as actuais taxas de produtividade e a veia consumista do cidadão nacional seria o início da cavalgada até uma bancarrota. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Imagem de perfil

De Maria a 22.09.2017 às 17:25

O meu sábio voltou e já me fez chorar a rir
nunca te poderia imaginar a dizer "estou todo turbinado"!!!

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.09.2017 às 09:55

:-)
Realmente é algo que não me vejo a dizer :-)
Obrigado pela visita e é um gosto voltar.
Imagem de perfil

De HD a 22.09.2017 às 18:57

Olha quem cá voltou :-D
Turbinado, mas de volta :-)
Um bom fim de semana :-D
Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.09.2017 às 09:55

:-)
Turbinado mas sem aditivos :-)
Bom fim-de-semana.
Um Abraço

De Anónimo a 23.09.2017 às 00:59

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.09.2017 às 09:58

Nada que agradecer.

Problemas no trabalho e pelo que percebi mais por uma questão de mentalidade do que propriamente pelo trabalho em si. É uma das razões apontadas por mim, e por muitos, para a dificuldade em trabalhar com portugueses, pensa-se em tudo menos no trabalho... Depois adoramos o "gossip"... Efectivamente podemos andar com telemóveis de última geração e carros topo de gama, mas o provincianismo tarda em ir embora... Além de que ainda existem escolas que seguem a cartilha do antigo regime e são bastante conceituadas na nossa praça...

Olha que se algumas escolas funcionassem como algumas empresas talvez a educação fosse uma área melhor :-)

Um Abraço,
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.09.2017 às 15:53

Nas empresas também podemos sempre fazer melhor e seguir a nossa vocação. Aí o que me parece grave é o funcionamento como empresa camuflado de outra coisa...

O ideal quando o ambiente é tóxico é estar por lá o menos possível. A proximidade com aqueles que sentem o resultado do nosso trabalho é fundamental. Já que falamos de empresas, nada como gerir o ambiente tóxico e cultivar uma óptima relação com os clientes, neste caso os alunos :-)

Já pensaste em falar com quem realmente está acima? Além de que os teus temas só a ti te dizem respeito. Temo que seja mais uma instituição com as suas pequenas máfias, com aqueles que por aí perduram anos a fio e assumem o controlo da mesma... Muito comum em Portugal e que, segundo a minha pessoa e muitos estrangeiros com quem tenho falado, o segredo ou é fazer uma limpeza de cima abaixo ou não permitir o crescimento das ervas-daninhas. Em relação à situação sei o que é... Passei por algo semelhante que me obrigou a fazer escolhas, uma delas foi desistir do trabalho, achei que não estaria a 100% num lado e no outro e isso obrigou a uma escolha. É óbvio que as consequências de uma sabática (apoio à família + meses de viagem pós-tragédia) não são bem vistos em Portugal. Vou fazendo alguns trabalhos, mas a hipótese de sair é cada vez maior. Só ainda não o fiz porque não quero sair com a sensação de não ter tentado tudo. Não estás a passar por uma situação fácil e acredito que a mesma te obriga a estares com os pés bem assentes no chão e também a pensares um pouco em ti - se não estiveres bem não podes ajudar os outros, lembra-te sempre! Costumo também dizer que trabalhos há muitos e nem todos valem os mesmos sacrifícios... Não invejo a tua tarefa, mas já pensaste em alternativas, também em relação à tua profissão? Sei que em Portugal só muda de área com facilidade quem se movimenta bem... Depois escreve uns artigos como se fosse fácil e toda a gente vai atrás até perceber que os meios foram diferentes...

Agradeço também a tua partilha, não tens que te desculpar... Mas neste momento penso que assentar ideias, preparar bens os argumentos e partir para uma conversa com quem de direito como se de uma negociação se tratasse talvez fosse a melhor opção. Não é fácil... Nem qualquer palavra de ânimo, da minha parte, vai mudar seja o que for. Parar, mesmo que num ambiente de guerra como o que atravessas, pode ser fundamental para colocar as ideias em cima da mesa e delinear uma estratégia, estás em demasiadas frentes para uma pessoa só e sem parar isso pode não acabar bem...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 25.09.2017 às 08:34

"Com os alunos, com esses raramente tenho problemas. ;) É com muito orgulho que ainda mantenho contacto com os de 20 anos atrás.".

E é aí que tens de concentrar as tuas forças ;-)

Obrigado eu,
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 25.09.2017 às 23:01

Oh, não vejo mal nenhum em aceitares. a piada da blogosfera é tb entrar nestas brincadeiras.

Ouvir Ana Malhoa é complicado, então de olhos vendados, não vale a pena o esforço eheheheh
Imagem de perfil

De m-M a 26.09.2017 às 10:59

Adoro a tua resposta 2 e 3 :)

Óh turbinado ;)

Beijinho,
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 26.09.2017 às 11:36

:-)

Obrigado e um beijinho.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB