Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




goodpitch.jpg

 Fonte da Imagem: https://www.moviepitcher.com/what-is-a-good-pitch/

 

Caro A.,

 

Espero que esta email o encontre muito bem (sim, o email foi enviado hoje mesmo).

 

Após ter recebido o vosso email a solicitar que, mais uma vez, colocasse os meus dados na vossa base de dados, admito que não fui capaz de conter algo que já me tem vindo a consumir há muito...

 

Da M. tenho a dizer o pior, talvez por isso, quando poderia ter sido vosso cliente não o fui e um dia lá voltarei e colocarei no lixo o cartão que um dia me enviou com uma pomposa carta a apresentar os seus serviços, posso garantir-lhe. Questionar-se-á do porquê desta minha afirmação, vejamos com alguns exemplos:

 

Sempre que vos contacto nunca obtenho qualquer resposta, mesmo quando são posições em que me encaixo - regra basilar, nunca se deixa um cliente sem resposta mesmo que o contactemos só para afirmar que temos muita gente na nossa base de dados que até cedemos pontualmente. Mas não fiquemos por aqui, já estive nas vossas instalações por uma vez, onde um consultor (e pelo discurso autoritário que usava a falar dos outros colegas, acredito que ambiciona uma posição de chefia na vossa organização - embora tenha de corrigir a postura) efectuou uma entrevista exploratória, por certo para cumprir os objectivos. Fui incitado a candidatar-me sempre, mas... Sempre que contactado, nunca tive qualquer retorno. Espero também que internamente informe esse colaborador de que a chefia não é ele... É um discurso deveras deselegante.

 

Tenho exemplos, bem perto da minha pessoa, que atestam o ridículo a que Vossas Excelências se sujeitam: uma das vossas consultoras (uma júnior, também com grande ambição, pelo menos a arrogância de má chefia já tem), chama um sénior com nome no mercado, mas que não chegou pela via do networking. Sei que actualmente alguém que seja realmente bom e não peça emprego a este e àquele não vale nada, nomeadamente face àquele que se poupa a isso e mais que garantir que faz um bom trabalho, procura garantir uma boa rede de amigos, perdão contactos, que o vão colocando aqui e acolá, mesmo que seja um inútil incompetente e que ande sempre a saltar até encontrar um lugar onde goze de impunidade ou encaixe numa organização tão "standardizada" que os processos disfarçam a incompetência... Acredito que foi isso que a mesma pensou ao mostrar alguma arrogância e que, perante um CV brilhante, se dá ao luxo de não apontar o mesmo salientando que o "forte deste" eram as línguas e menosprezar a procura de emprego sem ser por via dos abençoados contactos... Esse indivíduo é responsável hoje pelo recrutamento e recusa trabalhar convosco. 

 

Também me parece de mau tom, depois de ignorar um CV durante meses não dando retorno ao candidato que, de repente, com o candidato no estrangeiro, um consultor contacte o profissional (também sénior) e lhe peça com toda a urgência para falarem. Estando em viagem, o mesmo pediu um dia e eis que... Esse dia nunca mais veio porque o consultor desapareceu do mapa. Isto não é profissionalismo e, mesmo com grandes volumes de trabalho, não pode acontecer. Também esse sénior explora, entre outras, a área dos recursos humanos e não trabalha convosco. O que o vosso consultor não sabe, é que para a posição que o mesmo desesperadamente queria contratar, essa mesma pessoa foi contratada por uma Vossa concorrente e não muito longe de vós. Escusado será dizer-lhe que vão perder um cliente em breve...

 

Mais recentemente, uma candidatura foi por vós ignorada. Depois de "mil e uma" tentativas de contacto com o consultor, este responde que a pessoa não reúne o perfil indicado. Segundo o anúncio publicado, tudo apontava para pelo menos merecer um contacto, mas a Vossa arrogância e falta de nível dos vossos "profissionais" ultrapassa tudo. Esse indivíduo, com nome na praça (não na praça do LinkedIn ou dos seminários vazios de conteúdo, mas das multinacionais de topo) pediu imediatamente a retirada dos dados pessoais da V/base de dados. Mas o pior estaria para vir, pois semanas mais tarde voltou a ser contactado (por outro consultor, igualmente desesperado - penso que seja importante reverem esta parte, dão muito nas vistas quando o vosso cliente não quer os vossos candidatos e vos obriga a procurar aqueles que provavelmente não são amigos dos consultores). O contacto era para essa mesma posição - o desespero era tal que até os dados que anteriormente haviam sido confidenciais foram revelados ao candidato. Recordem também, que já tinha sido pedida a eliminação dos dados, isso incorre numa situação grave. Contudo, a pessoa em causa acedeu em enviar o CV e disponibilizar-se para uma entrevista, mesmo sem tempo para tal e após ter mencionado o vosso flop. A verdade é que na M. devem trabalhar fantasmas, que desaparecem, que ficam incontactáveis por email, telefone ou até telemóvel... O vosso Consultor simplesmente desapareceu do mapa. Eu teria vergonha de ter uma equipa assim, deduzo que seja a mão-de-obra barata a causar isto ou a má selecção de candidatos (estranho, numa organização que recruta para outros)... Dirão que é cultural e a minha formação e experiência não vão por aí... Também é cultural o real desleixo nacional e o desenrasque... Vejam onde estivemos e estamos com este período de crise, é cultural... Mas querer continuar estúpido não é cultural em país nenhum do mundo. 

 

Portugal é um país pequeno onde tudo se sabe, até os favores que são prestados a amigos (não é novo, nem tem de ser grave, mas existem situações que ultrapassam tudo) e na M. não faltam esse tipo de procedimentos em alguns dos consultores, prejudicando claramente os clientes! Por este e por outros motivos A., só me apraz dizer que não acredito minimamente neste email que, para mim, não passa de marketing que não tem expressão na realidade. Infelizmente, e talvez por orgulho, não peço nem nunca pedirei trabalho a ninguém e talvez seja isso que me faz continuar no mercado à procura... Talvez ainda não tenha encontrado esse emprego, mas orgulho-me de viver e poder ser transparente, pois será isso que me garantirá ter imparcialidade e profissionalismo de modo a pautar a minha actuação com a maior competência e sem interferências ou pressões que prejudicam a minha organização ou os clientes da mesma. E lamento informar, mas não estou desesperado à procura de emprego... E o A. e os seus consultores?

 

Com os Melhores Cumprimentos,

"Robinson Kanes"

 

P.S: não é raro, e aqui não é só a M., ver indivíduos que pouco ou nada fazem nas organizações onde estão (ou melhor, fazem sobretudo no smartphone e nas redes sociais a dinamizar contactos) a assumirem claramente que basta contactar ou esperar que o consultor amigo os contacte com uma oferta (alguns gabam-se diariamente disso)... Os outros enviam CV, porque têm de trabalhar e porque têm ética e honra, mas esses caem no "black hole" dos recursos humanos e não têm margem para dedicar 90% do seu tempo ao networking e 10% ao trabalho. São esses que eu procuro, são esses que me dão garantias de fazer um bom trabalho... 

Autoria e outros dados (tags, etc)


71 comentários

Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Se todas empresas recebessem cartas como esta... isto seria bem diferente, neste país de cunhas traiçoeiras e networking bem fechado... ;p
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Depende onde chegam as cartas, por vezes perdem-se pelo caminho...
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Perdem-se normalmente... na primeira pessoa que não acha muito pertinente que sejam entregues a quem de direito...
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Hoje em dia não é complicado, na "internet" consegue-se tudo...

E no fundo, esta reclamação é como cliente...
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017


Consegue-se mais na internet com bajulações a perfis do que pelos métodos institucionais... ;)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Os bajuladores? Isso há muito, no LinkedIn então...

O segredo é escolheres a presa, a partir disso atacas...
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

E é feito aos olhos de toda a gente, com uma sinceridade que enoja... :s
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Eu até fiz print-screen e até já falei disso aqui... Um destes dias, alguém que se promove (mais que à própria organização que lidera, embora a utilize) tinha nos comentários dois indivíduos que pareciam assistentes do Kim Jong Un - era de tal forma que decifravam que o orador usava a técnica (uma técnica qualquer chinesa) da árvore, em que o indivíduo se encontrava de braços abertos, como a árvore.

Mas olha que quando ninguém está a ver, nem sempre são bajuladores... :-)
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Acredito sim, já vi combinações de comentários de pessoas que se 'desconheciam' que pareciam guiões de um filme galardoado xD
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Será uma evolução da técnica dos "emails programados" às tantas da manhã para passar a mensagem de que se trabalha muito? Comentários combinados?
Amanhã vou bajular-te! Fica prometido.

Tu que és dessas coisas, a imagem que coloquei não te diz nada?
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Não aparece o print no comment... :s

Nem pensar, sem bajulações loool
Ainda ficam a pensar que estamos a fazer tráfico de influências hehehe

Essa dos emails... ainda me aparecem situações dessas, unbelievable... :-D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Tu és um senhor, aliás, os teus artigos são do melhor que há, como é que podes dizer isso. Gosto muito de te ler, és um exemplo como mais nenhum... Até pareço o Platão sempre a elogiar o Sócrates... O grego, não o que está a ver grego.

Isso acontece por insegurança... A necessidade de mostrar que está a trabalhar revela sempre, mas sempre... Muita insegurança...

"León, o Profissional", não te diz nada?
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Ahahhaa isto não está relacionado com aquele esquema de opiniões em blogs com o mais reputado e porreiro filósofo hehehe

Que tristeza...

A do título, ah!!! :-)
Conheço o filme, mas sinceramente pouco me recordo :-(
Agora vais ter de me explicar! ;p
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

Agora não apanhei eu... :-)

Tu és verdadeiramente um filósofo, tu sim, Heteroplatão, tu és o grande dinamizador disto, nem entendo como é possível não seres já uma pop star. Reconheço que todos deveriam seguir-te. Sempre sonhei ser como tu. Abençoado :-))))))

Aí está uma boa sugestão para o fim-de-semana... É um pouco o teu estilo (ou um dos, acho), mafiosos (neste caso polícias), um assassino profissional (o grande Jean Reno) e a ainda miúda (naquela época) Natalie Portman, depois é a história da morte dos pais e irmãos dela e como o "durão" Léon a ajuda a vingar a morte dos mesmos. Apesar da carga violenta e da acção, tem a mão do Luc Besson que lhe dá uma carga dramática bem forte! Acaba por ser um filme triste...

Vai ter artigo esta semana .-)
Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

ahahaha tu és demais, Heteroplatão xD


Já fui espreitar, lembro-me vagamente do filme!
Aquela é a Natalie Portman??? :-O
Os filmes do Luc B. nunca deixam ninguém indiferente :--D
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.10.2017

ahahahahaahahah

É pois... Era uma miúda e que não foi a favorita do Besson... Mal ele sabia o prodígio que tinha à frente... Sim, o filme é de meados dos anos 90.

Bem, bom descanso meu caro Heteroplatão, vou ler "Fédon" em tua homenagem antes de dormir... Ou não... :-))))

Quero que saibas que sois grandioso, caro Heteroplatão, sois um colosso neste mundo "blogueiro", és o dono da Ágora. Ok, vou dormir...

Imagem de perfil

HD a 23.10.2017

Ahahahah vai lá descansar senão ainda me ligas involuntariamente a algum escândalo político xD
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 24.10.2017

Se problemas existirem, lembra-me de te levar robalinhos à cadeia...
Imagem de perfil

HD a 24.10.2017

Bem fresquinhos :-D
Imagem de perfil

O ultimo fecha a porta a 23.10.2017

Estava a ler o teu post e vou-te falar de uma coisa recente que me aconteceu.
Uma ex-cliente do meu antigo trabalho, com quem trabalhei (eu como auditor, ela como controller da empresa-cliente) ligou-me em Agosto a perguntar se lhe queria enviar o meu cv para uma função que abriu na empresa onde ela está atualmente e que ela achou que eu me enquadraria no perfil que o colega dela procurava.
Ainda estou nesse processo de recrutamento que foi feito diretamente na empresa e para o qual ela deu boas referências minhasaquando do envio do meu CV. Sempre critiquei e critico as cunhas, mas neste caso e mesmo que não tenha proposta, fiquei contente por ter sido "recomendado" pela competência que demonstrei no anterior emprego.
Até fiquei meio abananado, como é que ao fim de 4 anos se lembrou de mim, sinceramente.
Sobre as consultoras, já dei a minha opinião. É o negócio delas, mas com uma área sensível, que é o emprego. Mexe com muitas emoções, pelo que o respeito é muito importante. Infelizmente, não o há :(
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 24.10.2017

Isso já é uma situação relativamente diferente, além de que era um cliente, o que torna tudo ainda mais claro... Em "outsourcing" é comum que os melhores sejam alvo de "insourcing" por exemplo.

Independentemente do negócio, tem que ser gerido com competência.
Imagem de perfil

MJ a 24.10.2017

Estas situações e "políticas" não são de agora, o problema é que as ditas se vêm agravando.
O que é que interessa alguém com um bom curriculum, alguém que comprovadamente é competente, se há a indicação de que convém admitir um fraquinho, um que não faça sombra à chefia? Já pensaste nisso? Olha que não é tão invulgar quanto possa parecer.
Os recursos humanos, ou a política tida nos ditos, sempre foram um "mundo" estranho - sou meiguinha, sou! - por isso, pedradas no charco como esta publicas fazem falta. Houvesse muitos com coragem de denunciar este comportamento exemplar e, talvez, as coisas tomassem outro rumo.
Força, nunca te canses de denunciar situações destas.
Abraço.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 24.10.2017

Sei que não é, já me vi em situações dessas e ou não fui contratado ou simplesmente percebi que não iria resultar... Mas sim, até porque existem muitas situações em que a solução do "caos" por alguém competente pode não ser bom para quem está.
Penso que muitos sabem jogar com o facto de que as altas hierarquias estão longe da operação e tiram proveito disso.
Vamos ver o resultado desta...
Abraço
Imagem de perfil

Psicogata a 24.10.2017

Excelente texto.
Espelha bem a realidade portuguesa.
Infelizmente contratam-se demasiados conhecidos e usam-se demasiadas cunhas, o que seria bom se as pessoas não se sentissem especiais e protegidas e depois não fizessem realmente o seu trabalho, a lógica da recomendação seria ter confiança na pessoa contratada, aqui funciona ao contrário.

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 24.10.2017

É um dos cancros que não permite o crescimento de muitos mercados por cá...
Sem imagem de perfil

Luis Costa a 24.10.2017

Um assunto que nunca tem tempo de antena e porque?
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 24.10.2017

Ainda ontem me disseram que é talvez porque uma grande maioria dos portugueses consegue trabalho assim... Não sei... :-)
Sem imagem de perfil

P. P. a 25.10.2017

Foste NR 1 nos quentes. O mais comentado!!! Não podia deixar de parabenizar-te 👌
Foi o destaque...
Ou o separador...
Ou nada disto e Viva o mérito!
Abraço
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 25.10.2017

Os "quentes" valem o que valem... De facto os comentários preciosos e as reflexões são o mais importante.

Em relação ao resto, são agendas diferentes...

Costumo dizer que tenho, muito possivelmente, os melhores seguidores (quer do ponto de vista humano, quer de qualquer outro ponto de vista) e isso deixa-me deveras contente e dispensa qualquer destaque... As massas por vezes complicam muito e aqui a autenticidade de todos os eles tem sido fantástica. Gostava, admito, de ver alguns artigos de bons "bloggers" partilhados, sim.

Por acaso nos separadores, ultimamente, até tenho estado, provavelmente existiria um "bug".

Um abraço,

P.S: Não desistas do mérito ou de tentar se melhor só porque é mais fácil ir por outro caminho...
Sem imagem de perfil

P. P. a 25.10.2017

Concordo com tudo o que referiste. Aliás, o que me apaixona nos blogues é a discussão.

Não percebi a tua nota. Talvez seja melhor por e-mail. É a nível profissional ou do blogue?
Estou com a fobia da condução quase nos máximos. Não encontrava onde estacionar e tive que fazer tanta rotunda nesta cidade de rotundas... Fogo. Só espero n ter nenhum acidente no regresso. Eu.. no meio da cidade. Socorro!
Pelo menos tenho net móvel.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 25.10.2017

Ambos :-)

A cidade também faz bem, dá-nos outra capacidade de reacção :-)

Comentar


Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB