Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Adeus Nilo...

por Robinson Kanes, em 26.08.19

IMG_1614.JPGImagem: Robinson Kanes

 

O amor de um cão é algo puro! Dá-nos uma confiança total. Não devemos traí-la.

Michel Houellebecq

 

Hoje é o teu dia, ou talvez não, porque isto do "Dia Mundial do Cão" é coisa de humanos, para ti - e para todos vós - o vosso dia é todos os dias. Talvez por isso tenhas antecipado a tua partida um dia.

 

Hoje o húmus da terra ficará mais rico, esse regresso às origens. As folhas, no Outono que se avizinha terão outra cor, as folhas que outrora pisavas enquanto corrias pela quinta e que agora deixarão que a água da chuva escorra por elas até ti. Estarão mais luminosas, já não sentirão o teu pêlo molhado, cheio de esterco de vacas barrosãs e contigo, na degradação natural que faz rodar todo este universo, aguardarão também pelo passar dos tempos, até um dia final. Depois do Outono virá o Inverno e tanto a pesada chuva como a névoa perderão o encanto de outrora, passarão a ser meros adereços entre a alta montanha. O verão já não te verá à sombra dos carvalhos ou entre buracos escavados nos canteiros.

 

Deixará de existir um alerta face à chegada de forasteiros, deixarão de existir piadas sobre sabujos e sobre a forma pouco formal como devoravas a comida e bebias água. Sentiremos a tua ausência, até porque eras um dos últimos elos que nos ligava àquela terra, eras também uma das últimas memórias que ligavam a G. à mãe... Ontem, também um pouco dela partiu contigo. Regressar já não será a mesma coisa, já não serão as calças sujas, o teu pedir de mimos em ruído de grilo - crim... criiiiim... - e a vontade imediata de garantir que estás bem tratado.

 

Teremos saudades tuas, dos teus saltos suicidas, afinal não foi isso que te matou... Alguém te ficará eternamente grato por teres descoberto a "venenosa Bijoux", alguém te ficará eternamente grato por aqueles passeios entre montes cobertos de pinheiros. Aí corrias, desaparecias e voltavas, nunca demonstrando cansaço. Invejávamos tamanha resistência, tamanha vontade de sentir o feno ou a caruma, invejávamos a tua pureza que nunca conseguiremos alcançar na forma como a mesma comungava com a natureza. Nunca mais um passeio a Norte terá toda essa emoção.

 

Não esqueceremos os teus abracinhos, ou melhor, a forma como gostavas de sentir os nossos. Não te esqueceremos mesmo que amanhã já quase ninguém se recorde de ti. Não te esqueceremos e a tua presença será uma constante enquanto, também nós, não entregarmos os nossos corpos à terra. E aí, aí será a eternidade a desempenhar o seu papel e, talvez, por obra deste desordenado cosmos, nos possamos encontrar quais átomos perdidos, mesmo bem lá no fundo da terra ou até como particulas num espaço que dizem ser infinito... Em toda essa mescla de fenómenos intemporais, por certo te voltaremos ver correr como um louco entre estrelas e cometas desenhando constelações ou simplesmente baralhando os corpos celestes que não ficarão indiferentes à tua energia.

 

Adeus Nilo...

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 comentários

Imagem de perfil

Calimero a 26.08.2019

Quem perde um amigo patuto ou o que seja,a dor da perda e delicerante..

chorei de tristeza quando tive que deixar a nossa "amiga" para atenuar o sofrimento..

Sei vem do que falas e sentes..

Há que guardar as memorias!

Como tudo na vida e tudo que nos há-de restar!

beijinhos e força

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

Muito obrigado.

O Nilo, mesmo estando distante, era de uma importância extrema em muitos sentidos.

Obrigado.
Imagem de perfil

Sarin a 26.08.2019

Não conheci o Nilo. Mas conheci-lhe agora a perda e na perda um pouco da vida que teve.

Deixou saudades. E memórias. São essas que ecoarão pelos caminhos que pisou e pelos braços que o acarinharam - guardar-lhe-ão a forma nos abraços posteriores.

Um abraço, um beijo

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

Muito obrigado.

O Nilo, mesmo estando distante, era de uma importância extrema em muitos sentidos. Não será esquecido.

Obrigado e um beijo,
Sem imagem de perfil

JLynce a 26.08.2019

Por experiência, enfrentar a morte do nosso animal de estimação, neste caso um cão, supõe ter que passar por um luto muito similar ao que passamos quando perdemos uma pessoa amiga ou familiar. Coragem!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

Neste caso, especialmente lá em casa, existe alguém que está a passar por esse processo com todas as letras.

Obrigado,
Sem imagem de perfil

JLynce a 26.08.2019

Sempre tive cães, de momento 4 pastor alemão. Há três anos perdi 2 que foram envenenados. Circundavam a casa que é completamente murada, impossivel de sairem para a rua. Alguém sem escrupulos, lançou por cima dos muros carne envenenada. Como imaginas não foi fácil lidar com essas perdas. Os cães foram autópsiados que confirmou o envenenamento. Participei à policia mas até hoje sem resultados.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

O habitual, portanto... Conheço casos similares, inclusive de um cão que esteve a servir no Afeganistão e foi envenenado "porque sim"...


Tenho um PA e espero que nunca o façam, caso contrário é bom que cometam o crime perfeito.

Imagem de perfil

Alala a 26.08.2019

Olá Robinson. Sei o que isso é e só quem realmente ama os animais percebe a dor que é perdê-los.
É como se fosse embora um bocadinho de nós também. São os amigos mais fiéis e dóceis que podemos ter.
Bjinho tem um bom dia.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

Sem dúvida...

Beijinho :-)
Imagem de perfil

Maria Araújo a 26.08.2019

É tão grande a dor de perda de um anima que nós tanto gostamos, e que nos foi fiel para sempre, como a de um ente nosso.
Antes de ter um animal de estimação, não pensava desta forma, agora, ai, os cuidados que tenho a dor de alma que sinto.
Uma bela homenagem ao Nilo.
Para ele,
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

O mal é começar... E olhe que nem sou daqueles que transforma animais em pessoas...

Obrigado, Maria...
Imagem de perfil

MJP a 26.08.2019

Olá, R.! :)

Lamento muito a vossa perda! :(
(o teu texto deixou-me, deveras, comovida...) ;(

Beijo

(um Beijinho Especial à G:)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

:-(

Obrigado e um beijo,

(será dado)
Imagem de perfil

Folhasdeluar a 26.08.2019

Neste caso a dor "deu" um belo poema...e isso é memória e sentimento, que no fundo é o mais importante. Toda a vida gera dor...e também a dor gera vida. No fundo estas palavras não são sobre a morte, são sobre a vida...que o Nilo viva muito tempo "dentro" das palavras.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 26.08.2019

São sobre a morte que é parte da vida e termina...

Obrigado :-)
Imagem de perfil

Maria a 26.08.2019

Pelo que me foi dado a ler o Nilo foi um cão feliz.

Mas imagine-o como diz "a correr como um louco entre estrelas e cometas desenhando constelações ou simplesmente baralhando os corpos celestes que não ficarão indiferentes à tua energia". Continua feliz, portanto.
Ficam a saudade e as memórias.

Um grande abraço.
Lamento a sua perda.

Mas ele está feliz algures entre cometas!

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 27.08.2019

Foi, um cão que amava a liberdade e que a tinha toda, de facto só podia ter sido feliz.

Obrigado e um grande abraço,
Imagem de perfil

Miluem a 26.08.2019

Perder um amigo tão querido deixa um vazio muito grande.

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB