Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




e7583e27e540e901b9848b9404e39297.jpg.png

 Créditos: https://www.pinterest.pt/pin/119345458847352926/

 

 

A Realidade em tempo de antena e veracidade

30 segundos: Israel mata 20 palestinianos.

30 segundos: Palestinianos rebentam café em Tel-Aviv.

45 segundos: Preço do petróleo a subir.

20 segundos: Tensão na Europa no eixo Itália-Alemanha.

5 minutoa: Crise no Mediterrâneo e no deserto do Sahara.

5 minutos: Reconstrução das zonas de área ardidas em 2017.

2 minutos: Investimento no IP3 de milhões.

1 Minuto: Novo presidente no México.

3 minutos: Tensão no Irão com aumento dos protestos no sudoeste do país.

4 minutos: União Europeia com novo procedimento contra a Polónia que insiste em "esticar a corda".

2 minutos: Forças militares e policiais da Indonésia continuam a matar cidadãos da Papua.

Um sem número de minutos: outros acontecimentos como tragédias, inovações, política nacional e internacional, casos de corrupção sobretudo na política em Portugal e não só, taxas de pobreza, finanças pessoas e nacionais, crises sociais e culturais...

 

Outras realidades

Meia dúzia de pessoas no acolhimento da selecção nacional no aeroporto.

Jogadores junto dos adeptos à chegada ao aeroporto.

Mero encontro entre Marcelo Rebelo de Sousa e um presidente estrangeiro, nomeadamente, Donald Trump.

Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa, Ferro Rodrigues e outros fazem publicidade em evento privado e continuam a patrocinar, post-mortem, a criação de um herói nacional que pouco ou nada fez pelo país (realidade mesmo que se goste do mesmo, temos de admitir, até porque o próprio tinha essa noção).

A classe política portuguesa está enterrada até ao pescoço em casos de corrupção, negócios danosos, tráfico de influências...

Tancos continua sem responsabilidades (doa a quem doer, alguém dizia)...

 

Portugal

20 minutos: selecção a aterrar no aeroporto de Lisboa.

20 minutos: jogadores a sairem do avião no aeroporto de Lisboa.

15 minutos: entrevista aos milhares que estavam no aeroporto de Lisboa (eu não os vi em tal número).

10 minutos: Bruno de Carvalho volta a comentar no Facebook.

15 minutos: Sousa Cintra e Jaime Marta Soares e outros tantos falam sobre o Sporting.

5 Minutos: Marcelo Rebelo de Sousa vai ao WC e diz que está asseado e limpo.

5 minutos: Marcelo Rebelo de Sousa condecora indivíduo que escreveu uma frase num muro em Carnide.

5 minutos: Quaresma a sair do WC e a pentear o cabelo.

2 minutos: o iate privado de Cristiano Ronaldo e a pegada que o mesmo deixou numa praia em Ibiza.

4 minutos: primo afastado de Rui Patrício fala sobre o guarda-redes mesmo sem nunca ter estado com o mesmo.

5 minutos: filho de Cristiano Ronaldo joga futebol com o pai.

20 minutos: Marcelo Rebelo de Sousa melhor que Donald Trump no modo como apertou a mão. Um herói, Portugal e Estados Unidos, os norte-americanos que se cuidem (afinal foi só um aperto de mão desagradável).

10 minutos: Marcelo Rebelo de Sousa heróis, António Costa e Ferro Rodrigues só lá porque sim, mas heróis nacionais como Zé Pedro.

10 Minutos: Marcelo Rebelo de Sousa comenta o resultado da selecção nacional

10 minutos: Luis Marques Mendes comenta o resultado da selecção nacional e junta-se a Marcelo Rebelo de Sousa nos comentários e sabedoria acerca de temas como economia, direito, política, indústria, comércio, cultura, mecânica, matemática aplicada, esgrima, paddle, psicologia organizacional, automóveis, música, betão armado, construção de piscinas em prédios de 5 andares, mudanças de pneus, lides domésticas, enfartes de miocárdio, gestão de bases de dados, marketing aplicado a detergentes para a loiça, aplicação de alcatrão ou cimento em auto-estradas, electricidade em comboios de alta velocidade, limpezas de casas de banho em espaços públicos. Além de que, não procurem contrariar, caso contrário são reaccionários.

60 minutos: jogadores da selecção entusiasmados abraçam adeptos.

10 minutos: João Moutinho comeu um pão com queijo mas sem manteiga, veja a reacção do jogador.

30 minutos: dedicados a impingir personagens e práticas que não fosse este tempo de antena comprado, muitas vezes em telejornais, nunca conseguiriam vingar.

2 minutos: Marcelo Rebelo de Sousa diz que Portugal não é o EUA, pois uma celebridade nunca chegaria a presidente...

 

... Espera aí... Então mas... Espera lá... Mas o Donald Trump, que mal ou bem teve de fazer durante anos a fio pela vida no mundo dos negócios e teve algum tempo de antena em programas de televisão é uma celebridade que chega a presidente e... Marcelo com mais de 20 anos de "show off" e tempos de antena como nunca ninguém teve em Portugal (nem os seus "padrinhos" António de Oliveira e Marcello - com dos L)... Marcelo que fica especado no Parque Eduardo VII a posar para a selfie, enquanto tem uma fila à frente, qual figurante de Pai Natal no Colombo é o quê? Será que Portugal é assim tão diferente dos Estados Unidos?

 

As realidades andam trocadas...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


38 comentários

Imagem de perfil

De Cecília a 02.07.2018 às 18:10

20 min para a "aterrissagem" da seleção?

só?????

julguei que a emissão demorasse mais tempo do que o próprio voo... ando muito desatualizada

sobre o Marcelo... " olha pró que eu digo... não olhes para o modo como eu chego a"
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:42

É para não dizerem que sou exagerado :-)

O povo tem memória curta...
Imagem de perfil

De Cecília a 03.07.2018 às 10:45

ah! estou a ler o jesus cristo bebia cerveja e apanhei uam frase saborosa sobre isso ( sobre o povo, memória e escolhas) ;)

qualquer dia blogo.


Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:47

Venha de lá isso...

Jesus Cristo foi um óptimo "entrepreneur". Talvez o primeiro a fazer de uma "startup" uma multinacional como nunca se havia visto até então...
Imagem de perfil

De Cecília a 03.07.2018 às 10:51

jesus era simples, não impingia nada a ninguém e ajudava no que podia - e não levava nada por isso.

vieram os amigalhaços e fizeram negócio.

os clientes se forem espertos continuam a receber de graça.

mas há quem se ache mais perto do jesus por ter assinatura mensal e app benzidas.

p.s. não confundir com o outro jesus que converteu centenas de infiéis só com uma assinatura como novo treinador de um clube de futebol.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 12:15

E como diria Frei Hermano da Câmara: "Jesus"!
Imagem de perfil

De Rita PN a 02.07.2018 às 19:49

É por isso que no que toca a actualidade informativa, na televisão, praticamente só vejo o telejornal das 22h (para não dizer que não vejo). Fora isso leio sobre a atualidade (nacional e do mundo) e seleciono o que leio.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:43

Eu nem isso... Todavia, este Domingo estive em casa alheia e... Foi um bom exercício...
Imagem de perfil

De Marta Elle a 02.07.2018 às 20:25

Os noticiários são quase exclusivamente sobre futebol.
Quanto ao Marcelo, ainda não deve ter percebido que chegou onde chegou, em boa parte, devido a ser "conhecido" do público. Em caso de dúvida, as pessoas votam em quem "conhecem".
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:43

Já percebi que sim :-)
Imagem de perfil

De cheia a 02.07.2018 às 21:49

Portugal é muito diferente: é muito mais pequeno!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:43

Bem metida :-)
Imagem de perfil

De C.S. a 04.07.2018 às 00:18

Confesso que me espantou a admiração gerada por aquela resposta.
Efetivamente Portugal não é os EUA, não, estamos a anos-luz em tanta coisa. Enfim...
Mas no provincianismo ganhamos, sem dúvida.
Gostei muito do seu comentário. 👌
Imagem de perfil

De José da Xã a 02.07.2018 às 21:57

Há muito que quer em Portugal, quer num outro país qualquer o que realmente importa não é dar um notícia mas fabricá-la.
O país tem taaaaaaaaaaaantos problemas, para os quais as televisões só olham se der audiência.
Porque é a publicidade é que paga...
Há muito que deixei de ver televisão. E a que vejo é só quando estou a comer e aquele cubo está ligado.
Fazer reportagens sobre a chegada da selecção a Portugal é obviamente muito mais importante que falar da carreira dos professores, por exemplo.
A realidade do nosso rectângulo é esta. Que fazer?
Abraço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:44

Parte sempre de nós como cidadãos responder a essa pergunta... Uma coisa é certa... Se estas notícias e esta manipulação tem lugar ao invés do que realmente interessa, a culpa é de quem assiste e de quem permite este estado de coisas... Talvez pudéssemos começar por aí...

Abraço,
Imagem de perfil

De P. P. a 02.07.2018 às 23:02

Que imagem tão adequada.
Eu leio notícias. Raramente as vejo. Não só pelo exposto, mas sobretudo pela tentativa ao tentarem manipular a nossa forma de pensar.
Isso é que não!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:45

Numa época em que somos todos tão inteligentes... Paradoxal, direi.
Imagem de perfil

De Alfa a 03.07.2018 às 09:35

Tendo alguém muito próximo na área do jornalismo, por vezes uma das "diversões" é ver o noticiário em canais diferentes mais ou menos pela mesma hora ou pelo menos , os do mesmo período do dia. As incoerências são muitas. As idades mudam, o número de vitimas de um acidente varia de canal para canal, até por vezes mudam os protagonistas de certas notícias, uma coisa é comum a quase todas o tempo de antena dado ao futebol e a polémicas com este desporto relacionado, enfim "money makes the world go around".
No nosso país tudo seria possível. Aliás quinze anos de campanha é muito tempo...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 10:45

"Aliás quinze anos de campanha é muito tempo..."

:-)
Imagem de perfil

De Lady a 03.07.2018 às 12:47

Basicamente o que interessa é a Seleção (não sei se perceberam que já não estamos no mundial ), o Bruno de Carvalho (novela na 33ª temporada ) e o Presidente (aí o presidente ).
O resto? o resto não interessa nada .
Marina
Imagem de perfil

De C.S. a 03.07.2018 às 18:52

Ainda bem que hoje foi o dia em que interrompi o meu desaparecimento e passei por aqui.
Que post maravilhoso!!!!!
Posso só fazer um reparo? Até no teu post não foi dado qualquer segundo à greve dos professores que já dura há quase um mês...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 20:49

Também tenho andado pouco por aqui... Muito obrigado por te teres lembrado neste teu regresso :-)

A greve dos professores... Tenho uma opinião muito própria... Mas não vejo televisão, apenas quando visito a casa de alguém... Mas na TSF tem sido bastante falada...

Imagem de perfil

De C.S. a 04.07.2018 às 00:15

Sobre a greve... Também tenho. Mas não deixa de me espantar a forma como se ignora. Fico contente em saber que a TSF não faz parte do rol de ignorantes. Porque independentemente da minha opinião, espanta-me que se abafe uma greve que dura há praticamente um mês.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.07.2018 às 14:33

Abafa-se tanta coisa...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 03.07.2018 às 19:46

Boa reflexão. O mediatismo está cada vez mais superfluo e desinteressante.
Não surpreende a crise que existe nos media, com mais um jornal que deixou de ser diário (e mesmo na nova ver~soa no site continua desinteressante e centralista) e um jornalista do canal publico acusado de favorecer os patrocinadores do seu carro desportivo.
Como referes e bem, o mediatismo está cada vez mais influenciado com os patrocinios, por ex., destes festivais de verão.
Já o referi uma vez no blog, a jornalista Joana Latino da SIC disse num programa que a Red Bull que pedíu para ser elea a fazer a cobertura do evento da marca nos Açores porque "fazia reportagens engraçadas". A SIC acedeu e com sorte até foi a red bull a pagar a viagem e a estadia nos Açores.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 03.07.2018 às 20:51

O jornalismo está cada vez mais longe de ser... jornalismo... Vão existindo bons exemplos mas...

A propósito do teu comentário, também o "Público" teve uma baixa, aliás duas, por estes dias.

Vamos ver onde isto vai parar... E já nem falo da fabricação de notícias.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 10.07.2018 às 00:03

Por acaso o publico parece ser dos jornais que mais se destaca. Costuma ter reportagens sobre temas muito interessantes ao domingo. Que vão além do Bruno de Carvalho e do dia-a-dia.
Desconfio um pouco da direção do publico pois o diretor tem um longo CV ligado à politica e isso não é bom... é promiscuo.

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB