Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

charles-bronson.jpg

 Fonte da Imagem:https://myfavoritewesterns.files.wordpress.com/2014/06/charles-bronson.jpg 

 

...Esta história de amor tinha de acabar com uma banda sonora romântica. Se está cansado de dançar com o Bonga e já encheu a barriga de fruta, sugiro que desça as escadas até ao final do capítulo e que se deixe levar pela música enquanto lê...

 

 

Look into my Eyes, Robinson... Tell me what you see...

Olha para os meus olhos, Robinson... Diz-me o que vês...

 

Novo compasso de espera que foi interrompido pelas despedidas. Não me peçam para explicar, aconteceu simplesmente. 

 

Contudo, a nossa heroína percebeu que deveria perguntar ao candidato se este tinha questões. Devia estar a consultar aqueles artigos muito "cientificos" com títulos como: "cinco perguntas que deve sempre colocar a um candidato numa entrevista".

 

Respondi que tinha uma  - tinha mais, mas percebi que estava a perder o meu tempo -, estava relacionada com os objectivos da posição e quais os desafios e ambiente que iria encontrar. Deixei claro que talvez fosse melhor questionar o cliente se passasse à segunda fase mas... Eis que irritei a Cidalina que, mexendo-se na cadeira, subiu ao palco e com um olhar à Charles Bronson, proferiu:

 

-Não! Não! Não! Isso também é connosco, nós é que temos essa informação.

 

Percebi a mensagem e olhei a Cidalina como alguém que está à espera da resposta. E atentemos na resposta, passo a citar: "É um novo projecto e os investidores precisam de ajuda de alguém para o lançamento, nestas coisas sabe como é, pode ser bom mas também pode ser um presente envenenado". 

 

Depois de um peculiar toque de cinismo português,  o "eh eh eh", que se seguiu ao "presente envenenado", devo dizer que fiquei esclarecido. Até porque esperei mais retorno, mas sem sucesso. Cidalina Bronson e um olhar de desafio, qual duelo entre dois cowboys a terminar com tiros de pólvora seca!

 

Mas a Cidalina continuava a olhar para o computador. Eu aproveitei para dar mais uma vista de olhos pelos documentos do Ministério Público e pelos os demais currículos.

 

Depois de ter esgotado o meu lado "comadreiro" tossi lentamente, ou seja, a onomatopeia de: “Acabámos ou não? Convidas-me a sair ou é agora que vai sair daí a garrafinha de 1920 e dois copos? Vamos mas é rir disto tudo, inclusive dessa voz de bagaço”.

 

Percebendo isso, a Cidalina lá agradeceu a minha presença e despediu-se com um " obrigado por ter vindo", não sem antes dizer que depois me telefonava. Não! Voltou atrás e disse que enviava email... Assim vai um para todos e está terminado.

 

Levantei-me e esperei que a Cidalina também se levantasse. Cidalina, qual rainha no trono basic da Staples, só o fez quando o meu compasso de espera foi tal que se sentiu obrigada a tal. Apertei-lhe a mão, algo que a mesma não esperava e, também percebi que não seria acompanhado à porta que dava para a rua.

 

Despedi-me dos presentes na sala com um “continuação de um óptimo dia e bom trabalho". A verdade é que todos disseram em uníssono: "obrigado, para si também".

 

...Não disseram nada...

 

Em suma, fiquei com pena dos clientes da empresa da Cidalina, fiquei com pena de mim por ter gasto o meu tempo e gasóleo com a empresa da Cidalina, fiquei também a saber que os “pretos de Angola” andam a correr com os “brancos de Portugal” e que, mais uma vez, no meio de tanto ruído e de tanto folclore, não fui a uma "best place to work" mas sim a uma "best place to die".

 

Regressei e ainda parei para almoçar em Paço de Arcos. Casa da Dízima? Não, lamento, foi mesmo numa tasca já com sardinhas que nem estavam más para o mês de Maio... E mais bem servido que na Casa da Dízima.

 

Porque quem dita o meu destino achou que eu precisava de fechar esta história em grande, ao meu lado estavam “pretos de Angola” a falar de negócios.  Ainda pensei em  abordá-los e sugerir a compra de uma certa empresa, pois davam ares de compradores de sucata.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



subscrever feeds



Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB