Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Democracia Pervertida

por Robinson Kanes, em 17.09.19

smallerBirds2.jpg

Créditos: https://www.concrete-online.co.uk

 

 

A política de espectáculo oculta os problemas de fundo, substitui pelos programas o encontro da personalidade, embrutece a capacidade de raciocíonio e de juízo em proveito das reacções emocionais e sentimentos irracionais de atracção e antipatia (...) os cidadãos são infantilizados, deixam de se envolver na vida pública, ficam alienados, são manipulados por gadgets e imagens, a Democracia é desnaturada e pervertida.

Gilles Lipovetsky, in "O Império do Efémero"

 

 

No passado dia 15 de Setembro, foi o Dia Mundial da Democracia, do que vi, pouco se falou, até por aqui... Um ou outro apontamento, mas nada completamente dedicado, a Democracia não está na moda, não é hype que queiramos seguir. Confundimos Democracia com total liberdade, sobretudo com liberdade para ser apático, nulo na capacidade de ser humano e cidadão.

 

Repito, tantas e tantas vezes, e não me cansarei de repetir (e não sou o único) em como é possível que uma sociedade que atingiu o topo da evolução - pelo menos em comparação com períodos históricos anteriores - esteja tão apática, tão embrutecida e tão ausente da realidade. No apogeu do que é ser um humano, e no apogeu da informação, nunca estivemos tão virados para nós e tão alheados do mundo, nunca fomos tão moldáveis e tão criticos daqueles que assumem a nossa defesa porque não fica bem que alguém nos aponte o dedo e o apoio a estes pode retirar-nos da zona de conforto. Em Portugal, por exemplo, nunca estivemos tão alheados do que se passa por cá e especialmente por esse mundo, nunca estivemos tão renitentes a aceitar a realidade e a discutir a mesma - o provincianismo também se encontra aí.

 

Criticamos/elogiamos quando é moda, mesmo que seja algo que nem percebemos muito bem, e deixamos o que é realmente importante de lado. Entregamo-nos à hipocrisia, e pegando num dos exemplos mais recentes, ficamos amigos da Amazónia e queremos mudar o mundo com um like ou com uma fotografia, no entanto, com o nosso país em chamas estamos completamente desligados - a tragédia dos incêndios este ano, em Portugal, passou completamente ao lado! Algo maravilhoso em pré-época de eleições legislativas e também porque alguém disse que não se recandidaria perante a repetição de tragédias semelhantes a Pedrogão e aos incêndios de Outubro daquele fatídico ano - mesmo que, todos os anos, desde então, muitas tragédias se repitam.Importa lembrar também que, muito convictos da nossa liberdade, só nos lembrámos da Amazónia porque fomos quais carneiros, seguidores de uma campanha anti-Bolsonaro. Com isto, não quero ilibar o senhor da sua responsabilidade, mas a verdade é que a questão só teve destaque por isso mesmo e não porque andamos preocupados com a floresta!

 

Ouvi alguém dizer, um destes dias, que o "ideal era arder tudo, os portugueses e tudo o mais para ver se isto começa de novo com gente mais digna de ser chamada de português", portante uma espécie da castigo divino qual dilúvio "noeniano". É extremo, mas convenhamos que é um alerta para algo.

 

Somos também os primeiros a ficar revoltados porque um desconhecido escreveu que o ser-humano era uma peste, mesmo que todos os dias deixemos escapar que o ser-humano é estúpido e mesmo que humilhemos aqueles seres-humanos que nos rodeiam, mas quantas vezes assumimos uma posição para mudar alguma coisa? Quantas vezes saímos do nosso conforto, dos nossos artigos, das nossas redes sociais para fazer alguma coisa? Quando é que deixamos de ser heróis à mesa do café e passamos a ser heróis na praça e com a coerência desejada? É mais fácil continuar como se está, ou numa eterna hipocrisia ou num eterno queixume! E ai daquele que se mexa, esse é arrogante e estúpido! Alguém disse o que pensava (mesmo que da forma menos correcta) e temos uma calamidade nacional... O país arde, os profissionais de saúde não têm meios para trabalhar, a corrupção grassa, mas isso pouco importa... Somos básicos e infantis, gostamos de uma mão protectora que nos retire o ónus da cidadania e do sacrifício.

 

Pode ser até que estejamos num mundo de palermas como nos quis dizer o Shade, da "Esperança" de Malraux. Shade só gostava de "problemas" e criticava o facto de "toda a gente (andar) agora com as cabeças inchadas desmedidamente inchadas e não (saberem) o que fazer com elas". Shade, hoje, seria estúpido... Provavelmente seria isso que López lhe chamaria. Provavelmente, alguém que partilhe destas palavras também seja estúpido... Talvez eu seja estúpido...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 comentários

Imagem de perfil

Luísa de Sousa a 17.09.2019

Juro Robinson, que ao ler atentamente o seu texto, julguei que estava a falar da mentalidade madeirense ... 40 anos de uma "democracia" enfeitiçada e disfarçada de populismo só para "deitar areia" nos olhos do povinho!!!

Foi como uma "punhalada" no estômago e fiquei com um sabor bem amargo !!!!
O Robinson tem toda a razão!!!
Somos tão comodistas, tão "entorpecidos", que morremos lentamente e nem nos apercebemos!!!

Amei esta sua "sacudidela"!!!

Beijinhos
Feliz Dia!

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.09.2019

Pois, como já referi, na ilha de Porto Santo que foi onde estive mais tempo, ouvi falar muitas coisas da Madeira :-)

Obrigado pelas palavras e por se ter sacudido um pouco, por vezes faz-nos bem :-)

Beijo e um dia Feliz,
Imagem de perfil
Falou bem, mas porque razão a mentalidade madeirense havia de ser muito diferente de outras mentalidades?

Cá tem havido alternância do poder, mas não é só isso que determina o que é a mentalidade do povo. E não tem de haver necessariamente alternância, quem estiver a fazer um bom trabalho deve continuar.

Gostei desta parte:
O Robinson tem toda a razão!!!
Somos tão comodistas, tão "entorpecidos", que morremos lentamente e nem nos apercebemos!!!
Amei esta sua "sacudidela"!!!

Quer ver a mentalidade dos do continente!
Quando alguém fala em certos assuntos nos blogues, eu comento e deduzo que estarão interessados em saber mais, em saber factos importantes, em saber como somos manipulados, e indico o meu blogue que tenta dar como disse uma "sacudidela".

Pois em geral não querem saber, não vão ver! Por isso há uma grande frase: "O pior cego é aquele que não quer ver!"

O ser humano era conhecido por ser curioso, por fazer perguntas, etc., mas agora é conhecido por ser comodista, apático e infantil. A não ser que esteja relacionado com o ambiente ou os animais, se for com pessoas, já não interessa.
Imagem de perfil

Luísa de Sousa a 19.09.2019

Falta-nos espírito crítico!!!!
As crianças deveriam ser educadas para tal!!!
Beijinhos
Imagem de perfil
Face ao que você disse inicialmente, ao meu comentário e ao que fez a seguir, tenho de dizer que aquilo que disse dos outros, afinal também se aplica a si!

Ou seja: "Olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço".

Os comodistas são mais do que parece, falta mesmo espírito crítico.
De facto "O pior cego é aquele que não quer ver!"
Imagem de perfil
Verifiquei que foi ver o meu blogue. Talvez não tenha percebido que estava a indicar-lhe o blogue.

Mas há alguns que não querem mesmo ver, já sabem tudo!
Imagem de perfil

MJP a 17.09.2019

Olá, R.! :-)

"Confundimos Democracia (...) com liberdade para ser apático, nulo na capacidade de ser humano e cidadão."
("cansamo-nos", deixamos ter ter energia para fazer "valer" a nossa voz/opinião!) :(

"nunca estivemos tão virados para nós e tão alheados do mundo"
(creio que isso que nos torna tão vulneráveis e que, verdadeiramente, me "assusta"...)

"Criticamos/elogiamos quando é moda, mesmo que seja algo que nem percebemos muito bem, e deixamos o que é realmente importante de lado."
(tão verdade... lamentavelmente...) :(

Os populismos e os extremismos nunca levam a "bom porto"... são (muito) perigosos pela visão enviesada que fomentam nas mentes facilmente permeáveis e manipuláveis...

Beijo

Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.09.2019

Hi MJ,

Deixamos de ter energia ou não queremos. Volto a dizer, dá trabalho e pode trazer consequências menos boas.

Torna-nos vulneráveis e sem capacidade de reacção face à adversidade.

:-)

No entanto, os mesmos só crescem porque nós permitimos com essa nossa apatia.

Beijo,
Imagem de perfil

MJP a 17.09.2019

"Deixamos de ter energia ou não queremos. Volto a dizer, dá trabalho e pode trazer consequências menos boas."
[nada, na Vida, está isento de consequências... já lutei por tanta coisa em que acreditava (e continuo a acreditar), já me "dei mal" tantas vezes... há dias em que me questiono se valerá a pena continuar "a dar murro em ponta de faca"... há dias em que me sinto cansada, triste, desiludida... com vontade de chorar...]
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.09.2019

Isso faz parte da vida de quem arrisca. Arriscar é isso mesmo e também existirão coisas boas. Ainda há pouco falava com alguém acerca do facto de uma organização que conhecemos (familiar) estar a afundar-se por má gestão e pelo facto de recusar todo e qualquer candidato externo com experiência e optar por comprar colaboradores que são amigos do amigo do amigo... Isto para dizer que existem pessoas que preferem a aquisição das coisas, pura e simplesmente, e aqueles que nada valendo, preferem ser comprados... Ir à luta e não ser mercadoria dá trabalho, arriscar e sermos nós dá trabalho...

... mas no balanço final da vida é a melhor escolha!
Imagem de perfil

MJP a 17.09.2019

Eu nunca tive dúvidas sobre as minhas escolhas... sobre o caminho que trilhei... nunca serei de outro jeito, não serei capaz, não serei "EU" (por isso me afastei de algumas "coisas" e de algumas pessoas)... sempre fui "reconhecida" por ser íntegra, honesta e imparcial (até, mesmo, por aqueles que se sentiam "atingidos" por mim...) e sinto-me orgulhosa disso... não devo favores... sempre vivi (e continuo a viver) de consciência tranquila... e não há, de facto, nada melhor! :-)
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 17.09.2019

Sabes, isto é malta que não vai à festa do croquete e fica a trabalhar :-))))
Imagem de perfil

MJP a 17.09.2019

Pois é!!! ;-))
(até, porque, tudo quanto é "petisco", prefiro ser eu a fazer... manias!!! ;-)))
Imagem de perfil

cheia a 17.09.2019

Democracia! Que coisa tão chata, até pedem para irmos votar! Ora, do que gostamos é de futebol. " não me meto em política"
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 18.09.2019

A Democracia tornou-se demasiado banal... Esquecemo-nos do que ela realmente significa.
Imagem de perfil
Eu só comentei agora para dar mais tempo de aparecerem novos comentários.

Verifiquei que este post de qualidade tinha comentários de três pessoas, e fui ver quantos comentários tinham outros posts. Este é um dos posts que tem menos comentários.

Talvez a "carapuça" tenha servido a alguns!

Temos de refletir sobre isto, sobre o que o povo gosta, pois este post importante não diz nada a alguns. Não fala nos assuntos que estão na moda, mas que pode não ser o mesmo que serem importantes.

Estas são as frases mais importantes:
"Repito, tantas e tantas vezes, e não me cansarei de repetir (e não sou o único) em como é possível que uma sociedade que atingiu o topo da evolução - pelo menos em comparação com períodos históricos anteriores - esteja tão apática, tão embrutecida e tão ausente da realidade. No apogeu do que é ser um humano, e no apogeu da informação, nunca estivemos tão virados para nós e tão alheados do mundo, nunca fomos tão moldáveis e tão críticos daqueles que assumem a nossa defesa porque não fica bem que alguém nos aponte o dedo e o apoio a estes pode retirar-nos da zona de conforto."

"Criticamos/elogiamos quando é moda, mesmo que seja algo que nem percebemos muito bem, e deixamos o que é realmente importante de lado."

"Somos também os primeiros a ficar revoltados porque um desconhecido escreveu que o ser-humano era uma peste, mesmo que todos os dias deixemos escapar que o ser-humano é estúpido (...)"

"Somos básicos e infantis,(...)"

Os "Maria vai com as outras", são um problema grave!

Bom trabalho e se não dão valor ao seu post, o problema são eles!

Já agora:
https://ionline.sapo.pt/artigo/654700/a-hipocrita-solidariedade-humana
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 18.09.2019

Nem me fale disso, já recebi alguns emails (de outros artigos) cujas carapuças eram bem grandes :-)

Algumas pessoas ainda têm o cuidado de ler e não comentar, penso que os comentários não são propriamente a imagem de que as pessoas não dão importância, sabe... Até acho o contrário... E entre comentários forçados, comentários fúteis, como moeda de troca, ou porque é importante para a imagem comentar neste e naquele, prefiro que quem lê, pense no que leu, que concorde ou discorde sem necessitar de comentar.

Depois, uma coisa é a plataforma SAPO, outra coisa é onde os artigos de toda e qualquer pessoa que aqui escreve pode alcançar, inclusive como reflexão para o próprio.


As pessoas andam por onde estão bem... :-)

Em relação à ligação que enviou: Também reparei que nem um comentário, muitas carapuças, portanto ,-)
Imagem de perfil
Penso que o objectivo dos blogues é haver um diálogo e não um monólogo.

Muitas vezes quem lê um texto e no fim não diz nada é porque não o compreendeu, ou então compreendeu-o mas é melhor não dizer nada.

Em relação ao link que enviei, este é o link completo e tem comentários:
https://ionline.sapo.pt/artigo/654700/a-hipocrita-solidariedade-humana?seccao=Opiniao_i

Se estava a referir-se a mim, confirmo que não tem comentários meus, eu não estou registado para poder comentar. Ou seja não tem comentários meus nesse artigo nem noutros.

Para a carapuça servir é preciso que o que foi dito se aplique a nós e não apenas não ter comentado.

Mas eu publiquei o link e não foi só aqui, e isso significa que achei o artigo bom. Não sei se outros também dizem que aconselham a leitura de certos posts que não comentaram!
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 19.09.2019

Também é uma realidade - o ponto desejável é esse, de facto... O diálogo.

Sabe que existe o factor tempo e também o facto de nem todos se quererem expressar.

Não tinha visto, quando abri não vi nenhum, daí o meu comentário.

Não me estava a referir a si, como é óbvio :-)

Já tenho aconselhado alguns, e vão-se vendo também.

Perfil Facebook

Rão Arques a 18.09.2019

Carne de vaca e democracia:
Alambazam-se com a primeira às escondidas e trituram a segunda à descarada.
Imagem de perfil

Maria Araújo a 21.09.2019

"Criticamos/elogiamos quando é moda, mesmo que seja algo que nem percebemos muito bem, e deixamos o que é realmente importante de lado."

Seja qual for o assunto, neste seu post ou em qualquer outro, esta frase é certeira.
Quando não entendo, expresso-o.
Confesso que leio, revolto-me, praguejo, muitas vezes, mas não sou ninguém nem tenho ideias para fazer alguma coisa.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 22.09.2019

É importante que expressemos a falta de entendimento, que façamos perguntas - dependendo da cultura pode incomodar muita gente. Se para um alemão é uma mais-valia, para um português é começar a entrar num trilho cheio de minas.

É um ser-humano, é uma cidadã e é uma pessoa inteligente! Pode fazer e já faz muito ;-)
Sem imagem de perfil

Insensato a 23.09.2019

Sem dúvida que "Confundimos Democracia com total liberdade, sobretudo com liberdade para ser apático, nulo na capacidade de ser humano e cidadão."
Entretanto, perante a inércia, as ditaduras de grande ou pequena dimensão proliferam neste país.
Imagem de perfil

Robinson Kanes a 23.09.2019

Muita coisa prolifera, meu caro, muita coisa... Mesmo aquilo que pensamos ser bom e não é, tanta coisa :-)

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Mensagens

Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB