Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




IMG_8737.JPG

 Fonte das Imagens: Própria.

 

Já por aqui confessei que ninguém é perfeito e o meu gosto por música italiana é a prova cabal... Também já admiti que custa gostar da miríade de músicas que todos os dias são despejadas nas rádios e nos tops (confesso que já nem sigo), no entanto, vão existindo excepções...

 

Uma delas é a Giorgia (estranhamente pouco conhecida em Portugal), mas que canta com uma intensidade e uma entrega pouco comuns em cantoras mainstream. Não é apenas uma senhora bonita, é uma voz forte e perfeita que atrai a nossa atenção assim que a escutamos ao longe, ou numa viagem a Itália quando a ouvimos na rádio.

 

 

O último sucesso e que ecoa pela sua terra-natal é a música "Scelgo ancora te", uma música para nos fazer sonhar e claro... Amar... Amar enquanto percorremos Itália e ao nosso lado temos a companhia de quem nos faz pensar que no meio de tantos acontecimentos maus, a sorte do destino também nos dá autênticos bónus e numa probabilidade infíma de oportunidades, eis que... Haverá momento melhor que escutar esta música enquanto do outro lado, os olhos e o sorriso de outrem se perdem na imensidão do Tirreno? Talvez o título da música - "E mesmo assim te escolho" - seja sem dúvida um resumo do que poderia pensar nesses momentos.

 

A Giorgia... A Giorgia tem sido uma companhia não muito recente, mas que tem melhorado na voz ano após ano, desde que a ouvi pela primeira vez com "Ora Basta". Recomendo, sobretudo para ouvirem com quem gostam enquanto preparam um jantar romântico à segunda-feira, quando quase toda a gente se afoga num sentimento de "Blue Monday". Resulta, vão por mim... Iniciem esse momento com "Per Fare A Meno Di Te".

Pensar...  Cada vez mais um privilégio de poucos num relógio que teima em ter mais de 24 horas! "Pensar" é talvez algo que comece a fazer falta e nada melhor que um livro com o mesmo nome, o "Pensar" de Vergílio Ferreira que não é mais que uma colectânea de pequenos e grandes pensamentos que, de tão actuais que são, levam-nos a pensar que as inquietações só mudaram de nome... Um livro que não é para ser lido de uma vez, posto que os 676 pensamentos devem ser efectivamente pensados e digeridos. É um bom desafio, ler um ou dois por dia... Destaco apenas três, que de um certo modo chamaram a minha atenção:

 

IMG_20171020_102834.jpg91 Este é o tempo do insólito, do vigário, do capricho, da mentira, da falsificação, do cheque sem cobertura, da banha-da-cobra. Não temos um estalão para nada (...) Hoje tudo é possível porque nada é possível. Hoje a verdade não se demora até ser mentira mas uma e outra se convertem mutuamente e são ambas válidas na sua mútua referência , sendo a mentira a verdade e ao contrário. Hoje é o tempo dos aventureiros, do medíocre, do sagaz da esperteza, que é a inteligência da astúcia. Hoje é o tempo do curandeiro, do endireita, do bruxo, do vidente,do profeta, do prestidigitador. Hoje é o tempo de se ser estúpido porque o inteligente não há razão para não ser mais estúpido do que ele. Hoje é o tempo de todos os caminhos estarem desimpedidos porque não é possível um sistema alfandegário. Hoje é o tempo de todos os contrabandos porque não há razão para um sistema fiscal. Hoje é o tempo da noite para todos os gatos terem a mesma identidade. Hoje é o tempo de tudo ser o tempo de. Hoje é o tempo de tudo, portanto de nada. Hoje é o tempo de se não ser. Levanta em ti, se puderes, o que te resta de homem, para seres alguma coisa.

-//-

381 Fala baixo. Não te esfalfes a falar alto. Deixa que os outros se esfalfem até ficarem calados. Falar alto é compensar o que em ideias é baixo. E essa é a compensação dos que escutam. Não te esforçes a falar alto. Serás ouvido quando os outros se esfalfarem e já não tiverem voz. Como o que se ouve num recinto depois que o comício acabou.

-//-

466 Rápidos correm os dias, os anos. Não deixes. Nem isso é verdade. Vive intensamente cada dia, cada hora, repara no seu escoar e verás como são lentos. É por isso que quando guardamos um "minuto de silêncio" pela morte de alguém, aquilo nunca mais acaba...

 

 

 

 

Pensar, sobretudo depois de mais uma semana trágica, é algo que se impõe... Talvez neste momento vagueie naquele rosto que contempla o Tirreno e por aí me fique, será isso que me traz força energia para digerir muito do que vou vendo...

 

Bom fim-de-semana...

 

P.S: Esta semana não poderia deixar de agradecer à Maria Araújo, à C.S., à Mami e a todos os outros que no seu espaço correram o risco de perder todos os leitores ao mencionarem este espaço. Agradeço-vos muito, a vocês e a todos os outros que já o fizeram, a Maria por exemplo, é outro caso... Espero não me estar a esquecer de ninguém, mas mesmo que me esqueça é com uma profunda alegria que vos acolho aqui (mesmo aqueles que por aqui passarem com opinião diferente). São vocês a força motriz deste espaço e isso... Bem, isso vale mais que qualquer comunicação... Vale mais que qualquer favor ou qualquer "empurrão"...  Obrigado por existirem e por fazerem com que este espaço ainda exista, são vocês os grandes pilares.

Autoria e outros dados (tags, etc)


37 comentários

Imagem de perfil

De C.S. a 20.10.2017 às 11:07

Não conheço a Giorgia, mas logo, com tempo, vou procurar.
Quanto ao livro, gosto muito deste género de pensamentos soltos que nos permitem evoluir. Tal como no "livro do desassossego", que nunca está definitivamente lido.
Bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 13:55

Merece a pena uma oportunidade :-)

Sim, é óptimo para chegar a casa, ou sair, e abrir numa página à sorte... Depois é digerir.

Obrigado e um bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Maria a 20.10.2017 às 12:06

És tão lindo
Não conhecia a Giorgia. Gosto de música italiana, muito por causa da lingua.
Obrigada pela partilha, gostei bastante

"Falar alto é compensar o que em ideias é baixo"... sábias palavras
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 13:56

:-)

Ainda bem que gostaste, já não me sinto tão isolado :-)

O Vergílio era um senhor...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 20.10.2017 às 13:09

Olá.
Não conheço a voz, mas nas últimas semanas o Robinson tem-nos mostrado a beleza de algumas de mulheres bonitas e poderosas que ecoam e mexem o pensamento de quem as ouve.
Adoro música italiana, e esta voz é poderosa ao mesmo tempo meiga... E adoraria conhecer a costa italiana ( só conheço Roma, mas dou mais valor a lugares pequenos e com a natureza, os cheiors e os sabores a entrarem-me no corpo).
Palavras sábias e muito actuais as de Vergílio Ferreira.
Obrigada, pelo mimo, pelas suas palavras.
Acredite, penso muito, muito, no que escreve e como será esta pessoa que apaixona os leitores.
Eu não corro riscos nenhuns, até porque não sou uma blogger de muitas visitas, mas também não é isso que me incomoda.
Penso que a CS, a Mami e a Maria sentem o mesmo.
Um abraço.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 14:02

Obrigado... A Simona Molinari é outro género e essa sim... Uma voz daquelas.

Roma é belíssima e a Basílica de S. Pedro é chocante... Aliás, todo aquele movimento junto à "Cidade do Vaticano" é chocante. Já tive a enorme sorte de conhecer mais destinos por lá. Por aqui "sacrificamos" destinos mais longínquos para andar pelo mediterrâneo e temos aprendido e vivido tanto esses momentos. É a nossa paixão, o Mediterrâneo, Médio-Oriente e África.

O Vergílio era um mestre, um produto das serras, como Torga e outros, ele em Melo e Torga em São Martinho de Anta. Se bem que não eram os melhores amigos :-)

Sou uma pessoa normal... Como a Maria e qualquer um dos outros, mesmo aqueles que dizem ser especiais.

É um blogue verdadeiro, o seu como o da Maria tem essa particularidade que eu gosto muito e que, acredito piamente, que as pessoas também gostam... Mas nem sempre é dado nem promovido junto das pessoas aquilo que elas querem...

Um Abraço,
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 20.10.2017 às 16:40

"blogue verdadeiro".
Com estas duas palavras o Robinson fez-me recordar a história de Janeiro passado
aquando da longa caminhada de Braga à Trofa pela estrada nacional, e em que o meu joelho deu sinal de que não posso andar em tais caminhadas, uma da colegas e amiga que fez parte do grupo, descobriu o blog, porque outra colega e amiga lhe dissera da sua existência.
Leu a nossa história e enviou-me uma SMS , usando esta mesma palavra " verdadeiro" e congratulava-me pela simplicidade e naturalidade que uso na escrita, mostrando o que é a realidade da vida.
Fiquei tão sensibilizada como fiquei agora que li estas duas palavras. Sabe porquê?
Não sou pessoa de aprofundar os assuntos e não tenho jeito para escrever sobre eles, e como gosto de contar as pequenas coisas do dia a dia, se tiver que contar, quer em grupo quer aqui no blog, sou assim mesmo: verdadeira.
Não gosto de enganar ninguém, escrevo o que sei e o que vivo sem mostrar de mais da minha vida.
Quanto a ser promovido, não tenho de que me queixar, já fui várias vezes destacada em assuntos ( banalidade) que nem esperava.
Mas já dei mais importância aos destaque.

Bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 17:26

E pronto, aí está um resumo do que me faz andar também por essa casa... Verdade e autenticidade estão em vias de extinção, por isso há que preservar o que resta :-)

Bom fim-de-semana.
Sem imagem de perfil

De LNC a 20.10.2017 às 13:15

Acabou a semana em romantismo.
Gostei.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 13:57

Boa :-)

Obrigado e bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Corvo a 20.10.2017 às 14:34

Bom dia.
Por mero acaso esse livro ainda não li.
Vou adquiri-lo e ler pois despertou-me sobremaneira o interesse.
"Este é o tempo," diz ele, (que era ontem) " do insólito, do vigário, do capricho, da mentira," e por aí adiante, que diria se fosse hoje.
Seguidamente vou ouvir a Giorgia. Tem muito bom ar. :)
Bom fim-de-semana

(enviei mas não tive resposta)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 14:44

Bom dia,

É um livro mais ligeiro, para se ir lendo, ou como já aqui disseram, um livro que nunca está lido.

Penso, porque tive oportunidade de ler o(s) Conta-Corrente, que ele já esperava. Por vezes vejo Vergílio como um verdadeiro filósofo mas, mais que isso, totalmente esclarecido com o presente e com o futuro.

Sim, é uma Senhora. Depois diga-me se foi do seu agrado.

Bom fim-de-semana

P.S.: já seguiu.
Imagem de perfil

De Corvo a 20.10.2017 às 19:51

Foi: Fiquei encantado.
Depois ouvi mais música dela aí ao lado, e o encantamento disparou em forte alta.
Uma maravilha.
Obrigado por divulgá-la. Ela merece.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 21:13

Boa!
Já é uma estrela em Itália e não só :-)
Imagem de perfil

De HD a 20.10.2017 às 18:42

Onde é que desencantas estes artistas? :-)
Isto não chega cá, não... :\
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 18:58

A Simona porque sempre gostei, honestamente já nem me recordo como tudo começou.
Os BGBO foi um amigo inglês e a Giorgia foi através de uma colectânea de músicas italianas e nunca mais a larguei... Sim... Ainda compro CD.

Vou seguindo alguns géneros também com mais atenção. A propósito disso, um indivíduo que é extremamente famoso, eu pensava eu que já estava "enterrado" quando me sento num comboio e dou com ele na capa... Talvez seja a próxima sugestão.

O Youtube também ajuda e "websites" da especialidade ou locais também. Se nos cingimos ao que nos querem fazer chegar estamos tramados...
Imagem de perfil

De HD a 20.10.2017 às 19:10

Ou temos boas influências ;) ou temos de procurar... senão acabamos por ouvir sempre o que nos é impingido... -.-
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 21:08

Sem dúvida... Sobretudo quando nos impingem tanta coisa que... São gostos :-)
Imagem de perfil

De HD a 20.10.2017 às 22:26

Tanta coisa... que é forçada a vender?! ;p
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.10.2017 às 09:09

As pessoas esquecem-se que há coisas que o mercado tem de se adaptar, mas existem outras que são completamente influenciadas por este...
Imagem de perfil

De HD a 21.10.2017 às 14:59

Eu acho é que as pessoas já não conseguem ter sequer esse discernimento...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.10.2017 às 15:38

"Million Dollar Sentence"...
Imagem de perfil

De PP a 23.10.2017 às 19:21

HD desculpa não poder visitar-te mas estou sem Net.
Abraço
Imagem de perfil

De mami a 20.10.2017 às 19:41

Não conhecia a moça 😉 gostei muito da segunda música, da primeira o que mais me fascinou foi o clip. Vou conhecer mais ... embora não perceba metade da letra (estou a ser meiga 🤣)
Do Virgílio fico com o pensamento 381 com o qual muito me identifico.
De ti levo o miminho que muito me encheu o peito ♥️
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 21:15

A primeira está ao rubro em Itália, a segunda é mais antiga e lá está, é para momentos mais recatados...

O Vergílio é um mestre, e esse pensamento hoje tem muito que se lhe diga.

Obrigado, nessa equação ainda estou em grade divída :-)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.10.2017 às 21:15

Leia-se dívida.
Imagem de perfil

De The Travellight World a 22.10.2017 às 13:09

Adoro a Giorgia (e a música Italiana no geral) nem quis acreditar quando a vi mencionada no teu post, quase ninguém a conhece em Portugal 😊
Conheci a sua música há um tempo atrás através de uma amiga minha que é Italiana e fiquei fã para sempre.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 22.10.2017 às 13:34

De facto é estranho... Tenho sempre a sensação que por cá, tirando Eros Ramazzotti e Laura Pausini, pouco se sabe de música italiana do nosso tempo.

Em tempos, quando saiu um álbum de Tiziano Ferro (um dos piores, por sinal), passado algum tempo o senhor desapareceu do mapa, até um dia enquanto apanhava o comboio em Termini, a revista da "Trenitalia" dar grande destaque ao senhor e, depois de ter procurado mais informação, ter reparado que continuava em grande por aquelas terras.
Imagem de perfil

De PP a 23.10.2017 às 00:27

Bolas, não consigo ouvir.
Cá em casa começamos a ouvir música italiana muito cedo. Depois, vieram os canais no Hotbird, satélite que agora tenho desativado

Será que nesta semana já terei internet? O telefone já nem me interessa. Ah, mas no meu caso uma coisa depende da outra...

Não posso deixar de repartir uma preciosidade naqueles destaques de opinião. "Que bom que é sentir de novo o cheiro a terra molhada"... Na altura, pensei que assim fosse. Aqui ainda não tinha chovido e quem o escrevia também assistira aos incêndios (supostamente!). E choveu... Não se fez sentir, nem se faz sentir qualquer cheiro a terra molhada. Sim, um profundo e insuportável "odor" a queimado. Saliente-se que Santa Comba Dão e Tondela estiveram várias vezes em destaque na TV.
Estamos perante uma equipa que não lê o que seleciona, cultiva o favoritismo ainda que em nome do incorreto ou de uma outra Geringonça? Achei que o artigo sobre a discriminação de familiares de doentes oncológicos terminais devia constar num desses separadores. Escrevi-lhes. A resposta foi.... Essa mesmo, nenhuma. Devia ter escrito acerca da importância do vibrador no início do séc passado lol

Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.10.2017 às 08:28

As coisas estão a voltar ao "normal", é possível que se resolva.

Só quem não colocou os pés nas regiões fustigadas pelos incêndios é que pode dizer que o cheiro a terra molhada é bom... Eu gosto, mas não é depois de um incêndio... Como nem sei de quem falas, diria que teria sido numa de "artista"... Até na tragédia vivemos na época do parecer, depois cometem-se estes atentados...

Um grande abraço para este regresso à... "normalidade".




P.S: SAPO, não podem destacar tudo, mas este artigo foi realmente algo de muito interessante e um relato na primeira pessoa, sem intermediários: http://insensato.pt/preconceitos-inauditos-na-doenca-44660
É só um destaque, um clique...
Perfil Facebook

De Paulo Vasco a 23.10.2017 às 18:56

Vá lá entender-me...
Sonhei que passada 1 semana teria NET. Qual NET, qual telefone? Estou tão desligado do mundo. 😞
Buahhh

Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.10.2017 às 19:01

Olha que estar desligado do mundo nem sempre é mau... :-)

Imagem de perfil

De PP a 23.10.2017 às 19:18

Mas eu só leio notícias e vejo Netflix. Entendes?
Percebi a tua observação.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.10.2017 às 21:38

Entendo pois :-)
Imagem de perfil

De PP a 23.10.2017 às 19:16

Esqueci de referir, desculpa, ainda não estou de regresso, dado não ter internet. O pacote de dados esgota-se num ápice 😞

A ver vamos se a PT ou Alice não demora 1 mês a resolver o problema. Internet ainda por cabos... Mas há € para publicidade absurda.
Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 23.10.2017 às 21:37

A estrutura também deve ter ardido toda. Acho que estão a pensar em cabos subterrâneos...
Perfil Facebook

De Paulo Vasco a 23.10.2017 às 22:39

Será?
Se assim fosse, não mudava de operadora. Estou mesmo a pensar fazê-lo amanhã.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB