Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pelo Passeig Lluís Companys até à Torre Agbar...

por Robinson Kanes, em 13.10.17

IMG_0933.JPG

Fonte das Imagens: Própria.

 

A semana passada falei de Barcelona e dos tempos que fixei residência em Ausiàs March - esta semana não resisti em lá voltar.

 

Uma das minhas caminhadas matinais (sim, e nocturnas) passava por descer o "Passeig de Sant Joan" e atravessar os jardins e o Arco do Triunfo pelo "Passeig de Lluís Companys". Era interessante sentir o pulsar da cidade numa das suas zonas mais nobres e também menos antigas, um pulsar estranhamente calmo, sobretudo em relação ao centro oeste. Na verdade, e deixemo-nos de poesia, era muitas vezes um mero acesso até chegar ao "Parc de la Ciutadella" ou até ao mar, ou quase sempre para voltar atrás e seguir pela "Avigunda Meridional" até chegar à "Avigunda Diagonal", perto da Torre Agbar onde combinava com a minha miúda os encontros ao fim de tarde, bem perto da multinacional onde a mesma trabalhava...

 

A Torre Agbar, que de dia não é mais que um "mamarracho", mas ao cair da noite, com todas as suas cores pintava toda aquela paixão. Gostava disso e reconheço que dava outro encanto àquele momento que, muitas vezes, sem a presença daquela torre, seria num local que parecia um estaleiro - durante muito tempo, a zona envolvente esteve em obras.

IMG_0936.JPG

Era bom fazer aquele caminho, mesmo que depois tivesse de voltar atrás, não sei explicar... Talvez fosse uma espécie de Sísifo a punir-me pelo erro futuro de recusar viver naquela cidade, acreditanto mais uma vez que poderia trazer algo de novo ao meu país... Ainda hoje consigo vislumbrar a Torre Agbar ao longe e encarar a mesma como uma estrela-guia para um futuro próximo.

IMG_1188.jpg

Voltando ao meu percurso, também era aqui que ficava encandeado pelo sol de fim de tarde que ali projecta uma linha cujos raios se estendem pela cidade até ao final do "Passeig Saint Joan" e me fazia por vezes sentar e ligar o Ipod. Aproveitava para queimar algum tempo, até continuar o meu caminho... De facto, muitas vezes era acompanhado pela "Barcelona Gipsy Balkan Orchestra" (que aqui já falei), e desse tempo recordo-me sobretudo destas duas bandas sonoras daqueles momentos: o "Lule Lule" e  "Cigani Ljubiat Pesnji". Esta última, fundamental para um dia ter conhecido os Mossos d'Esquadra, depois de me ter motivado para jogar futebol com uns indivíduos que monopolizavam a relva junto aos "Jardins Fontserè i Mestre"... Ainda me lembro de ter dito que só estávamos a fazer uma "rabia" e chegar à conclusão que o melhor seria ficar calado e esperar que os locais se entendessem com a autoridade.

 

Se como eu não puderem ir a Barcelona por estes dias, nada como aproveitar as sugestões musicais e encontrar o jardim mais próximo de vós, e porque não, libertarem-se um pouco num jogo de futebol, ou com os sons da natureza, das pessoas e da vida, ou então lerem o Relatório aos Incêndios de Pedrogão Grande e Góis...

 

Bom fim-de-semana...

 

 

As bandas sonoras...

 

Bacelona Gipsy Balkan Orchestra - Lule Lule

 

 

Barcelona Gipsy Balkan Orchestra - Cigani Ljubiat Pesnji (sem dúvida, uma das minhas preferidas)

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Imagem de perfil

De Sónia Pereira a 13.10.2017 às 10:00

Uma cidade belíssima que já não visito há algum tempo. E qualquer passeio, mesmo que virtual, melhora com uma boa banda sonora. É como criar um filme pessoal, único, de um local que, existindo para todos, consegue ter uma faceta só nossa.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 13.10.2017 às 10:25

Ficou-me para sempre... Voltei quando ainda acreditava que se podia fazer alguma coisa por cá... Mas até em Itália a Máfia está a perder terreno, por cá só se está a alimentar...

É uma cidade encantadora, ou não estivesse no mediterrâneo :-)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2017 às 17:46

O Robinson fez-me pegar na pendrive e ver as fotos que tiramos em 2015, nestes mesmos locais que adorei, fora do ambiente movimentado das Ramblas.
Neste dia, sempre a caminhar, das Ramblas até à Praça de Espanha, depois, Montjuic, ali ao lado, voltamos a fazer a Granvia , metemos pela avenida meridional, ( acho que não estou errada) , Parc da Ciutadella e seguimos pelos jardins e chegamos ao Arco de Triunfo que, sou sincera, não imaginava ser um local tão bonito e agradável.
E tenho fotos deste percurso.
Acho que vou fazer um apanhado de fotos e publicar no meu cantinho.
Que saudades!
Mas para si, que viveu lá, deve ser um prazer falar deles.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 13.10.2017 às 17:48

O anónimo sou eu, a cantinho da casa.
Esqueci-me de comentar que a orquestra é demais!
Adorei!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 13.10.2017 às 18:04

Eu percebi pela escrita :-)

Adoro, simplesmente adoro... Quem diria que foi um inglês que me deu a conhecer a mesma. Ainda hoje estive a ouvir algumas músicas...

Ainda vamos escrever por aqui uma "Homenagem à Catalunha" para mostrar ao Orwell como é que se escreve...

... Coitados de nós, ao pé dele.... :-))))
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 13.10.2017 às 18:01

Deite cá para fora :-)))

Grande caminhada, se foram a pé, foi uma caminha grande. Fazia muito esse percurso ia da Plaza Tétuan, depois subia a Montjuic pelo lado da Fira. Acho que terão descido pela aquela avenida onde está a estátua de Colombo e fizeram depois o percurso inverso ao que eu falo no texto, foram primeiro pelo Parc de la Ciutadella e depois chegaram ao Arco. Mais uns metros e chegavam ao que foi o meu apartamento em 2015/16 no Eixample. Foi pouco tempo, por mim, voltava já para lá.


Eu adoro as Ramblas, adoro aquele movimento das praças e avenidas espanholas, embora, tenha de assumir que, além de caras, tornaram-se demasiado turísticas - sou a favor de muito Turismo, desde que os locais também possam beneficiar e as "capacidades de carga" sejam respeitadas. Em Barcelona as pessoas começaram a não gostar do Turismo porque se sentiram esquecidas... E se elas adoravam os turistas, mas defendiam que também elas faziam parte da cidade, eram a sua força... Ouvi muito disto por lá.

Venham daí essas fotos...

P.S: Espanha é o meu melhor anti-depressivo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.10.2017 às 21:41

" Acho que terão descido pela aquela avenida onde está a estátua de Colombo e fizeram depois o percurso inverso ao que eu falo no texto, foram primeiro pelo Parc de la Ciutadella e depois chegaram ao Arco"
Sim, foi este o percurso, fui confirmar no mapa, porque não tinha a certeza.
Nesse domingo houve uma maratona, e ainda encontramos um português, a quem tirei uma fotografia.
E Robinson, quiçá não nos cruzámos!
Fui lá em 2013 e 2015. Na primeira vez, marquei tudo em cima da hora, estive num hotel nas Ramblas.
Da 2ª vez, desafiei duas amigas, fomos para um APA junto à Igreja de Betlem.
Mas desta vez, foi andar, andar, andar...E mesmo assim ainda ficou muito por ver.
Fui a Madrid em 2014 e adorei! Voltava lá, de novo.
Bom fim de semana.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 15.10.2017 às 09:59

Pois, caso contrário teria sido uma volta daquelas.

Madrid... Madrid é um mundo à parte .-)

Bom fim-de-semana.
Sem imagem de perfil

De Luis costa a 13.10.2017 às 18:40

Mais um post espetacular e sentido.
Bom fim de semana
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 14.10.2017 às 09:24

Muito obrigado Luís...
Bom fim-de-semana.,

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB