Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O "Tour de France".

por Robinson Kanes, em 24.07.17

20170723427_191359.jpg

Fonte da Imagem:  Tour de France 2017 - 19/07/2017 - Etape 17 - La Mure / Serre Chevalier (183 km) - France © ASO/Pauline BALLET

 

Como adepto incondicional de ciclismo, não podia deixar passar esta oportunidade de me focar na última etapa do Tour de France que não foi mais que a volta da consagração do suspeito do costume, o "queniano branco" como lhe chamam: Chris Froome.

 

O Tour, à semelhança do Giro e da Vuelta, são as corridas mais disputadas e mais importantes no círcuito mundial de ciclismo de estrada. Focando-me no Tour, é um verdadeiro espectáculo que ocorre em França e com uma comunicação e espírito que se estendem por todo o globo - li em tempos que o Tour é a prova desportiva com mais assistência do mundo! Do mundo, significa que tem mais assistência que o Mundial de Futebol ou até que os Jogos Olímpicos! Julho, em França, é conhecido como o mês do Tour!

 

Se por cá estas provas servem para ocupar um pequeno espaço nos media quando não existe mais nada para abordar, em França e em muitos outros países são um verdadeiro gáudio para aqueles que gostam de ciclismo e não só! Mesmo aqueles que não gostam não negam a satisfação de verem as belíssimas paisagens de França, alguns até seguem as etapas somente por isso.

 

Este ano o Tour deu-nos algumas lições, nomeadamente a que foi perpetrada pelo eslovaco Peter Sagan e que, com tanto pseudo-guru da gestão, da liderança e da motivação sempre interessados em forçar aquilo que não é possível e que chega a ser patético, quase ninguém a transportou para o que acontece no nosso dia-a-dia, profissional e não só. Mas disso voltarei a falar. 

20170723326_231732.jpg

Fonte da Imagem: Tour de France 2017 - 23/07/2017 - Etape 21 - Montgeron / Paris Champs-Elysées (103 km) - France - Christopher FROOME (TEM SKY) © ASO/Alex BROADWAY 

 

Ao longo dos anos, o Tour também nos tem dado uma lição que em Portugal ainda não recebemos, ou preferimos não receber: é aquela que nos diz que não é só de futebol que vive um país, sobretudo na sua componente desportiva. Fora dessa componente, o Tour é uma autêntica campanha de promoção turística de França, como o é o Giro para Itália e a Vuelta para Espanha. Penso que, apesar da dimensão, Portugal podia aproveitar mais a sua "Volta", até porque a "Volta ao Algarve" é uma prova com cada vez mais reputação. E pode ser que possamos também aprender a lição de que não precisamos de ter nomes ou slogans noutras línguas para chegar ao sucesso... Tour, Vuelta e Giro disso são exemplos.

 

Parabéns Chris Froome e parabéns aos portugueses em prova: Tiago Machado pela Katusha-Alpecin (77º da geral) e José Azevedo, o Director-Geral da equipa com o mesmo nome.

 

Uma nota final para o aumento da pressão e das iniciativas tendo em vista a inclusão de mulheres no Tour e em outras provas do calendário internacional.

20170723188_231423-b.jpg

 Fonte da Imagem: Tour de France 2017 - 23/07/2017 - Les Chmps pour elles - Paris Champs-Elysées © ASO/Thomas MAHEUX

Autoria e outros dados (tags, etc)


24 comentários

Imagem de perfil

De C.S. a 24.07.2017 às 11:50

O meu pai é adepto de ciclismo, sempre vibrou a ver o tour, a vuelta, o giro e a volta a Portugal. Eu às vezes via com ele e os anos em que mais acompanhei foram os anos de glória de Lance Amstrong. Fiquei muito desiludida com o que aconteceu e desde aí nunca mais acompanhei.
Ainda acho que ele foi um atleta extraordinário.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 12:01

Penso que o caso de Lance Armstrong nos devia ter dado uma lição, mas como sempre... Perceber o que levou o atleta a adoptar tal comportamento tem muito que se lhe diga...

Também me afastei durante uns tempos, até porque não foi só o Lance, fiquei mais em choque com o Ivan Basso, com o Contador, com o Jan Ullrich e o Vinokourov entre tantos outros...

O Lance desiludiu muita gente, efectivamente. Desiludiu e afastou muita gente, mas noutros desportos também já aconteceu e nem por isso as pessoas deixaram de gostar, portanto prepara-te para seguir a "Volta" e a "Vuelta" :-)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.07.2017 às 13:31

Leia a opinião de Joao Quadros no sapo.Procure por Moca a França.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 13:44

Tomei a liberdade de ler o artigo e só me fez sorrir e perceber que não estou errado ao não ler estes comentadores e a "imprensa" portuguesa...

Tenho de pesar bem a questão se ao abordar o tema não estarei a dar demasiada importância a quem não a tem :-)

Obrigado e são opiniões, de facto...
Imagem de perfil

De Kalila a 24.07.2017 às 13:39

Sou fã mas mais pela paisagem, confesso.
Já tive amigos e vizinhos nessas andanças e nessa altura era fã ferrenha. Mas talvez por perceber alguns podres daquelas competições tenho vindo a desinteressar-me, sinceramente.
Sei de quem não foi mais além porque nem teve apoio para si e nem pôde descurar o apoio que estava a dar a outros. Aquilo é um desporto de equipa mas elitista ao mesmo tempo. Funciona-se em prol da figura principal e descartam-se potenciais capacidades.
Mas adoro ver as paisagens, quase que sinto que ando lá também e nem sei andar de bicicleta, eheheh.
Beijinhos, amigo.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 13:49

E qual a competição que não tem podres? Aliás, se fossem só as competições desportivas... Por exemplo estamos num servidor de "media" e quantos podres não existem nos "media actuais"? :-)

Não é por acaso que existem, entre outros, prémios por equipas e prémios individuais. Penso que de elitista nem tem muito... Podemos falar do todos por um, mas também existe o um por todos. No fundo é um trabalho de equipa em que todos trabalham em prol de um objectivo, mesmo que passe pela vitória de apenas um indivíduo... No final é toda a equipa que ganha. E no nosso dia-a-dia, quantos desconhecidos não trabalham para um e nem o respeito deste merecem? Penso que no ciclismo o trabalho de cada um é valorizado... Falei no José Azevedo, sem ele Lance Armstrong não teria vencido dois "Tours" e o americano fez questão de reconhecer isso :-)

As paisagens são magnificas :-)

Beijinho e boa semana :-)
Imagem de perfil

De Kalila a 24.07.2017 às 14:36

Apercebi-me dos podres por queixas dos intervenientes e do pai de um mas pode ter falado comigo o despeito, eheh.
É muito bonito de se ver, principalmente o Tour, normalmente a cobertura é espetacular. Também gosto da Volta mas acaba num instante.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 17:57

Também é possível :-)

A Volta está quase aí :-)
Imagem de perfil

De A Hipster Chique a 24.07.2017 às 17:34

Por acaso é um desporto que gosto de ver. Pelo desporto e por vezes pelas paisagens :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 17:57

São muitas as senhoras que gostam de ciclismo. É a prova de que não é um desporto de homens.
Imagem de perfil

De Narciso Santos a 24.07.2017 às 18:09

Espero que não seja outro "Lance Armstrong"
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 18:20

Não será, as coisas estão mais controladas, além de que depois de Armstrong e de tantas vitórias o Froome está sempre debaixo de olho.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.07.2017 às 18:35

Este ano não vi, mas gosto de ver pelas paisagens.
Ainda bem que há mulheres aí metidas, acho que seria interessante.
Está a chegar a nossa.
Há 2 anos passou por cá, fui espreitar.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 22:48

Este ano vai andar muito por aí, além da tradicional passagem por Mondim, vai haver uma etapa com saída de Braga e com chegada em Fafe. A etapa de Boticas a Viana vai passar por Vila Verde e uma outra etapa vai ligar Lousada a Santo Tirso.

Que sejam mulheres a correr e não apenas na cerimónia dos prémios.
Imagem de perfil

De HD a 24.07.2017 às 20:27

É seguramente uma prova única! :)
Teima em haver mais concorrência para a vitória, mas costuma ser assim... ciclos de campeões :)

Ainda me lembro do Indurain com contrarrelógios que lhe salvavam as perdas nas etapas de montanha :D
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 22:52

Sim, a Sky está muito forte, como equipa faz-me lembrar a US Postal, a Deutsche Telekom e a CSC.

Esse é um senhor de respeito no ciclismo. O Froome não é propriamente um especialista de montanha, "sprint" ou contra-relógio, mas é um estratega nato, bem como a equipa.

Apesar de tudo gostava de ver o Ullrich e o Armstrong a disputarem os "tours" pois mostravam uma grande pedalada quer em montanha quer em contra-relógio...

Imagem de perfil

De HD a 25.07.2017 às 20:49

Bons tempos, confesso que já fui mais amante da modalidade...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 25.07.2017 às 22:28

Mais um desiludido...
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 24.07.2017 às 22:32

Não estou à altura para opinar, pois não é uma modalidade que acompanhe.
Imagem de perfil

De P.P. a 24.07.2017 às 22:43

Confesso que neste ano não vi.
Mas é um desporto que me agrada.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 24.07.2017 às 22:49

As grandes voltas são sempre um cartaz dos países que percorrem :-)
Imagem de perfil

De Triptofano! a 25.07.2017 às 07:10

Em Portugal temos a ideia que a nossa língua é algo que devemos esconder o máximo possível e usar estrangeirismos de forma a tornar as nossas iniciativas mais interessantes ao público estrangeiro.
Não podia discordar mais mas desde que mudaram o nome do Algarve para All Garve percebi que ou era eu que estava ainda a viver numa caverna ou o resto do mundo tinha endoidecido.
Portugal tem de saber promover mais e melhor o que é nosso, claro que agora andamos todos contentes por estarmos a receber milhares de turistas, mas o trabalho tem de ser feito em todas as áreas do pais e de forma contínua porque o que está na moda hoje amanhã já não está!

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 25.07.2017 às 08:06

Concordo. Se por um lado não temos a dimensão de outros países, temos uma oportunidade única de vender a marca Portugal, não numa óptica de mais atracção mas de fidelização e dispersão daquilo que é português. Sem dúvida!

Em relação ao Turismo, espero que possamos saber gerir este "Boom" sob pena de não ser mais uma vez um negócio de curto-prazo com meia-dúzia de beneficiados e sem grande sustentabilidade no longo-prazo.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB