Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Na Vanguarda da Indústria 4.0

por Robinson Kanes, em 16.08.17

 

Captura de ecrã 2017-07-25 às 185840-2.jpg

 

Fonte da Imagem: indeed.pt

Captura e Edição da Imagem: Própria

 

 

Perante a entrada na "4ª Revolução Industrial" ou  "Indústria 4.0" (agora convecionou-se chamar as novidades ou as mudanças sociais desta forma como se toda e qualquer alteração ou evolução fosse uma nova versão de software) existem organizações que já se assumem como seguidoras do novo modelo. Algumas até já procuram autênticas máquinas e cyborgs, contudo, ainda 100% humanos... O futuro está aí e existem organizações que já estão na vanguarda.

 

P.S: não sei se foi uma máquina que escreveu, eu sugeriria "admitem-se máquinas".

Autoria e outros dados (tags, etc)


32 comentários

Imagem de perfil

De Maria a 16.08.2017 às 10:02

Incrível...
Se calhar a "máquina" não teria escrito "admite-se"... Digo eu
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 10:21

Ao que sei, o C3PO e o R2D2 já enviaram CV.

Acredita que no aspecto de criação de conteúdos as máquinas estão a dar cartas e até a desenvolverem em larga escala a sua "imaginação".
Imagem de perfil

De Maria a 16.08.2017 às 10:47

Ahahahahah, O mal é que tanto o C3 como o R2 só estão disponiveis quando não estão em filmagens, ou numa Comic Con. Assim como assim, se calhar não faltam mais ao trabalho do que certas criaturas.

As máquinas vão tomar conta do mundo...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 11:00

Hoje em dia não se falta ao trabalho, resolvem-se assuntos de "agenda pessoal"...

Há quem diga que sim, há quem defenda que não... É uma discussão que ainda está no campo do IT mas que deveria começar a passar para outros campos... Mais grave que isso, as máquinas podem fazer com que cheguemos à conclusão que também o somos...
Imagem de perfil

De Maria a 16.08.2017 às 11:48

Eu e esta mania de dar nomes diferentes ás coisas :)

sim, é grave :(
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 13:14

ahahahah não me digas que ainda não tens uma "agenda pessoal"?

Imagem de perfil

De Maria a 16.08.2017 às 13:43

Ahahahahah, não tenho mesmo ;D
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 15:57

Dizem que é uma óptima desculpa para camuflar muitos comportamentos menos abonatórios e uma excelente forma de pareceres importante... Devias ter uma... :-)
Imagem de perfil

De Maria a 16.08.2017 às 20:33

Prezo muito a confiança que os meus responsáveis depositam em mim. Não há agendas que valham isso.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 21:45

Estava a ironizar, mas nesse caso és como eu... ;-)
Imagem de perfil

De Maria a 17.08.2017 às 08:45

Eu percebi :-)
Desculpa se te dei a entender que estava na defensiva. Nao foi nada disso
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 17.08.2017 às 09:08

Foi só para esclarecer, porque também não defendo esses comportamentos. Ainda pensavas que eu era um "abutre" ahahahah
Imagem de perfil

De Maria a 17.08.2017 às 09:09

Ter-me-ia enganado muito sobre ti, se assim fosse ;)
Imagem de perfil

De Papagaio Giló a 16.08.2017 às 10:07

.. e também já não há "ferramentas" ou "instrumentos", mas sim "App's"...LOL
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 10:21

Já nem se telefona, agora é só "call's".
Sem imagem de perfil

De Luis costa a 16.08.2017 às 10:39

Humor com mensagem é priceless.
abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 10:49

Obrigado Luis... Tem mais de humor, pelo menos nesta fase. É um tema complexo, discutido com pinças na academia e também pelos grandes decisores. Ao nível do cidadão comum parece-me ainda algo distante, mas é importante perceber estas modificações que se avizinham bem como os impactes positivos e negativos da mudança.
Sem imagem de perfil

De Luis Costa a 16.08.2017 às 11:33

Melhor que um Joao Quadros cunhado que anda por ai.Devia levar outra ensaboadela das suas.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 13:13

Não se esqueceu da minha resposta "velocipédica". Fiz aquele artigo pois vi que o mesmo veio destacado num jornal diário nacional e não poderia passar sem um esclarecimento. Não foi tanto pelo indivíduo, que desconheço. Embora há coisas que não perceba hoje em dia, sobretudo quando algumas são pagas com dinheiro dos meus impostos.

Mas o objectivo aqui não é ser humorista, até porque nem tenho talento para tal... Digamos que é rirmos um pouco falando a sério...

Abraço
Sem imagem de perfil

De Luis Costa a 16.08.2017 às 23:11

Está desatualizado.Vá ver as noticias que já houve molho.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 17.08.2017 às 08:42

Já há muito ruído... Eu prefiro quando há pouco :-)
Imagem de perfil

De Rita PN a 16.08.2017 às 15:16

Ainda gosto de pensar que as máquinas sem os humanos pouco fazem (e de pouco servem). Funcionamos em sinergia. Contudo, nós somos autónomos, emocionais e racionais, elas não.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 15:59

Também gosto de pensar assim e não sou anti-máquinas, longe disso... No entanto, o futuro não se avizinha muito fácil nesse contexto, aliás, são os próprios responsáveis pelo desenvolvimento destes sistemas que fazem o alerta... Já existem máquinas autónomas :-) - emocionais e racionais, isso é uma outra discussão que deixo para um futuro artigo...
Imagem de perfil

De Rita PN a 16.08.2017 às 16:11

http://www.dn.pt/sociedade/interior/a-revolucao-tecnologica-pode-destruir-50-dos-empregos-8683337.html

Muito de encontro ao futuro.

Aguardando esse artigo. Embora um pouco ausente vou sempre espreitando o que tens escrito. Tenho uns comentários em atraso que tenho que por em dia. Porém, não está fácil. (As máquinas ainda não o fazem por mim ahahaha)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 16.08.2017 às 16:37

Estive a ler... A minha opinião, e vale o que vale, pois o senhor "só" é o Presidente do IST.

A discussão em torno de Gates e Jobs em minha opinião é ridículo, isso é para amadores, um especialista não entra nesse registo. Também não concordo quando coloca "Deus" fora da equação cientifica. Temos de pensar "Deus", sobretudo para responder à questão de que "ele" provavelmente nem existe. Em investigação temos de contar com todas as variáveis, mesmo aquelas que "negamos".

Deitar abaixo António Damásio? Revela uma pequenez total, não é só nas artes que existe a "dor de cotovelo"!, também na ciência, se existe. Só dá razão a Damásio quando este deixou o nosso país e foi para os EUA, tendo aí o seu trabalho visto o reconhecimento. Mas até percebo porque é que António Damásio sai desvalorizado, sobretudo quando logo a seguir se percebe que este senhor que explorar o campo das "emoções", pelo que é bom afastar a concorrência...

Detecto aqui uma contradição:

"Quem acha que um dia vai saber o funcionamento de cada parte do cérebro, que haverá um mapa, está errado porque aquilo é uma confusão enorme. Mas um computador moderno também o é e ninguém é capaz de dizer quais são os bits que são responsáveis por isto e por aquilo.".

vs

"A forma como o ser humano evoluiu é tão complexa e demorada que levaremos anos ou séculos para chegar àquilo que os cientistas querem?

Acho que não. (...) Mas não vejo razão para esperar tanto tempo porque esse processo de evolução foi um processo não dirigido, enquanto um processo dirigido será muito mais rápido. Uma das ideias mais recorrentes é arranjar um computador tão poderoso que se consiga reproduzir um processo evolutivo mais rápido do que o processo real, portanto não vejo razão para acreditar que demore dezenas ou centenas de milhares de anos. "

Encontro aqui outra questão à qual um especialista devia ter ido mais longe e questionado mais:

"A formatação digital não vai contra a vontade de ser livre do homem?

Vai contra um desejo natural que é a privacidade - já perdi a minha -, mas a minha liberdade não. Temos de estar habituados e, desde que façam coisas legais, a liberdade não é muito cortada."

Legalidade, Liberdade e Privacidade são temas muito voláteis e com uma abrangência e interpretação bastante vastas... Temos de ter cuidado quando dizemos que a liberdade não é cortada se só fizermos coisas legais.


"Perguntou-me sobre o futuro distante... Sobre o futuro próximo tenho uma ideia mais clara, mas sou da opinião de que a inteligência artificial e a tecnologia em geral vão eliminar muito mais empregos do que os que vão criar. Não tenho grandes dúvidas sobre isso, porque se os economistas dizem que a Revolução Industrial destruiu muitos empregos mas criou mais, tal como as tecnologias sucessivas, a verdade é que nenhuma destas revoluções tecnológicas criou sistemas com a capacidade do ser humano. "

Totalmente de acordo... Resta saber é como vamos gerir...

Apenas a minha opinião em relação a este artigo, pois a IA preocupa-me apenas do ponto de vista da segurança e dos impactes na sociedade. Existirão os especialistas no desenvolvimento da mesma que podem dar um contributo bem mais interessante que o meu.

Há sempre tempo para passar por aqui e eu próprio sou um exemplo de IA desenvolvido num laboratório ultra-secreto situado por debaixo da vila do Samouco :-)

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 16.08.2017 às 23:14

lolol
Que disparate!
Para a comissão ser de 50%, gostava de saber quanto é a base e as condições para as ter ...

Já agora, qual será o conceito de "boa remuneração"
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 17.08.2017 às 08:42

ahahahaha

Boa remuneração é muito relativo... Imagino...
Imagem de perfil

De Triptofano! a 18.08.2017 às 01:46

E as máquinas admitidas trabalham a energias renováveis ou ainda tem que consumir alguma gasolina sem chumbo?
Cada vez se quer mais por menos - mas sempre ouvi dizer "If you pay peanuts you get monkeys!"
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 18.08.2017 às 09:09

Pois, tenho de enviar para lá um email...

Uma vantagem da tecnologia é que consegues facilmente ter "monkeys" a fazer um trabalho, quando muito, razoável...
Imagem de perfil

De Triptofano! a 18.08.2017 às 09:14

Um trabalho razoável nunca vai ser um trabalho de excelência e é por isso que quando há mudanças no mercado, com a entrada de novos players ou de margens de lucro (como nas farmácias há uma década atrás) só se aguenta quem tem bons alicerces ou quem construiu uma relação com o público pautada pelo profissionalismo e capacidade de bem atender!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 18.08.2017 às 09:44

Concordo, no entanto, na era da comunicação e de um certo "show off", acredita que consegues tirar óptimos "players" do mercado e sustentar muito fogo de vista. A história de que as mudanças de mercado encostam os maus é relativo e nem sempre é assim tão linear.
Mas sem dúvida... Essa visão que apresentas é a correcta, nem sempre corroborada pela realidade (infelizmente), mas é a correcta.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB