Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais Letal que um Comando!

por Robinson Kanes, em 22.11.16

COMANDOS-2.jpg

 

O que é que pode ser mais letal que um Comando (e não é de televisão)? Os media e um coro de indivíduos que usa e abusa da liberdade para achincalhar aqueles que estão na mó de baixo.

 

Seria interessante perceber porque se tem dado tanta importância a duas mortes nos Comandos, ocorridas no Verão e já nem se aborda a corrupção que grassa na Força Aérea e outras instituições... ou por exemplo, de dois Secretários de Estado que vendem a alma ao diabo a troco de bilhetes para o futebol e, depois de descobertos (depois de... descobertos), declaram ter a intenção pagar os custos de tamanho regabofe.  A integridade é reposta como se essa mesma integridade estivesse nos custos e não nos actos.

 

Será que se eu assaltar uma ourivesaria, for capturado e depois prometer o reembolso das peças escapo à justiça ou ao julgamento das populações?

 

Se existiu crime, mesmo que por negligência, deverá ser investigado e punido. Incluo a questão relacionada com o Regimento de Comandos.

 

É raro o dia que não circule uma notícia que permita o mau julgamento por parte dos cidadãos... a "última moda" é ir contado os recrutas que desistem dos cursos... é uma tropa de elite, as desistências são muitas vezes a regra, não a excepção. O desconhecimento dos factos é assustador...

 

No entanto, só quem nunca entrou no quartel da Carregueira é que pode afirmar que os Comandos não se respeitam como camaradas. Estamos a falar de uma força de elite e operacional - activa para a defesa do país e das populações a qualquer momento. Estamos a falar de homens que não hesitarão em dar a vida por nós, mesmo que debaixo do nosso achincalhamento.

 

Onde estavam os críticos quando os nossos Comandos estavam e continuam a estar, por exemplo, no Afeganistão como força de paz? E os louvores desse trabalho? Visitem o quartel da Carregueira e vejam os louvores que as instituições internacionais e até forças armadas congéneres concederam a estes homens... estão patentes nas paredes... bem como a “memória” pelos camaradas que se perdem...

 

Onde estão os cidadãos que não hesitam uma boa pancadaria virtual para defender uma Cristina Ferreira (nada tenho contra a senhora) ou um Pedro Dias mas protelam esta destruição pública daqueles que morrem a lutar por esses mesmos cidadãos? Ou porque é que os cidadãos não se questionam do porquê dos monumentos nacionais serem guardados por empresas de segurança privada e não por militares?

 

Os criminosos devem ser punidos, mas nunca se confunda uma instituição com um ou mais comportamentos, até porque muitas vezes determinadas falhas ocorrem devido a problemas estruturais.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Maria a 26.11.2016 às 17:09

Finalmente leio algo inteligente sobre o tema!
Obrigada!

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



subscrever feeds




Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB