Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




IMG_7763.JPG

Fonte da Imagem: Própria. 

 

Mas uma natureza medíocre jamais fará algo de grande, seja a um particular, seja a uma cidade.

Platão, in "República"

 

 

E Portugal continua a viver debaixo de uma intensa nuvem de fumo que parece até cortar a visão aos seus cidadãos...

 

Os fogos continuam a deflagrar! Na verdade, agora até podem deflagrar porque não estamos na burocratizada época de incêndios, por isso o impacte mediático é curto. Aliás, até podemos aproveitar a onda e vender o produto "Turismo Incendiário" para combater a sazonalidade. Fosse esta época tão quente como foi em alguns países e provavelmente muitos membros do Governo e o próprio Presidente da República já tinham sido chamados a responder onde está o "doa a quem doer", sob pena de serem pendurados numa varanda em Belém e São Bento. Mas os fogos também são uma mais-valia, que o diga o Presidente da Câmara de Pedrogão Grande que utilizou os mesmos (e o dinheiro do povo), para fazer campanha eleitoral. A verdade é que cometeu um crime, mas a diferença é que Isaltino Morais tem uma máquina melhor que a Comissão Nacional de Eleições no espaço mediático - um vende bem a promover-se, o outro beneficia do quase anónimato.

 

Contudo, apraz-me perguntar: podemos chamar de profissional e competente quem, vendo que o panorama climático não iria mudar, decidiu baixar a guarda perante uma calamidade que já se adivinhava? Há mais de 40 anos que os erros se têm vindo a repetir, Pedrogão (pelo grau de violência) seria o ponto de viragem. Todavia, não passaram três meses e os erros infantis de gente medíocre voltaram a repetir-se! Reduziram-se os meios, fecharam-se postos de vigia e fechou-se os olhos ao cataclismo. Os olhos só se voltaram a abrir porque alguns indivíduos vieram para a comunicação social, denunciar a incompetência e a imbecilidade de quem está à frente desta matéria, caso contrário, continuaria tudo na mesma - aliás, o próprio inapto Secretário de Estado com a pasta da protecção civil, veio dizer ontem que muitos meios seriam reactivados por causa das notícias dos últimos dias! Por causa das notícias, que mexem com a popularidade e não por uma necessidade! O país é gerido numa lógica de popularidade, mas sem um país, também não existirá popularidade...

 

E porque é que em muitas situações os meios aéreos só entram quando o fogo já atingiu dimensões incontroláveis? Não percebo de incêndios, é apenas a visão de quem está a ver o seu país a ser destruido por um vasto conjunto de indivíduos podres e que contaminam tudo o que ainda de bom subsiste, mas os meios aéreos não atingem o ponto maior de eficácia nos primeiros momentos do incêndio?

 

Entretanto o país arde... Mas o fogo dos portugueses já está mais focado no futebol... Desde que não ardam estádios, o resto pode arder e alguns vão assim assistindo ao fim de um país! Até os defensores do separatismo catalão, tiraram hoje o dia para se debruçarem sobre o futebol, excepto alguns que andam a dizer que a Catalunha é uma não questão para Portugal, mas até vão aplaudir uma hipótética declaração de independência in loco

 

Na verdade, a corrida ao melhor lugar na fotografia, levou a uma irresponsabilidade grotesca que terá consequências no médio-longo prazo. Não importa ser bom, importa estar nos grupos certos, nos meios certos e conhecer as pessoas certas... E aqui, é extensível a tantas outras áreas deste país... Talvez seja verdade o que alguns dizem: temos aquilo que merecemos - a ser verdade, que arda tudo e limpe de vez este povo do mapa, sobretudo o sentimento de impunidade e a incompetência camuflada de discursos e imagens bonitas... 

 

Porque não é passando o Natal em Pedrogão sob os holofotes mediáticos (óptima estratégia para aparecer numa época que politicamente tem pouca expressão nos media e passar a imagem do pai caridoso - estratégia muito comum em regimes ditatoriais) que os problemas das populações se resolvem: a prova é de que não foram coletes, nem donativos e muito menos selfies que evitaram um Setembro e um Outubro negros.

 

E para que não nos esqueçamos até ao Natal:

Um Elogio ao Dr. Vasco e à D. Lidia

O Fogo que Fala

O Fogo que nos Continua a Queimar

Chegou de Avioneta a Cobardia de um Povo

Caramba, Nunca Mais Morrem Pessoas nos Incêndios destes Dias

Sr Presidente, Não Somos Nada Bons

Pensamentos da Malta do Bairro Sobre Exames, Incêndios, Corrupção e Cegueira Colectiva

O Fogo do Inferno e as Chamas da Irresponsabilidade e da Vergonha

Fires in Portugal: Our heros are not hust Football or TV Stars!

Autoria e outros dados (tags, etc)


33 comentários

Imagem de perfil

De Maria a 11.10.2017 às 08:41

Meu sábio... que bom era que as tuas palavras "queimassem" quem de direito (mesmo sendo cada um de nós esse alguém)...
saudades de te ler
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 08:47

Não queima, são palavras e por vezes nem todas as acções empreendidas têm o impacte esperado... A censura não acabou em 74, apenas foi alargada e foi-lhe dado outro nome.

Saudades de te ver por aqui... E a mãe, como está?

Imagem de perfil

De Maria a 11.10.2017 às 09:05

Está óptima felizmente :) Obrigada pelo cuidado!
amanhã volto á escrita!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 09:12

Isso é que é importante!
Venham daí peripécias da vida como ela é!
Sem imagem de perfil

De Luis Costa a 11.10.2017 às 09:04

Mais um grande post que é para abafar antes que alguem leia e abra os olhos.
Parabéns RK
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 09:12

Abraço, grande seguidor desta taberna onde as bifanas ainda são fritas numa frigideira que não é limpa todos os dias :-)
Sem imagem de perfil

De Luis Costa a 11.10.2017 às 16:14

E um prazer.Sigo o seu e outros em outras plataformas.Já vi sugerirem mudar de plataforma,siga esse conselho que aqui está deslocado.
Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 16:21

Será um caso a pensar, o conselho não acabou por cair em "saco roto" :-)

Obrigado Luis...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2017 às 21:00

Mas quando mudar, eu gostaria de ir consigo para continuar a ler as suas tão claras opiniões.

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 22:57

Claro que sim Luís, se o fizer será avisado :-)
Imagem de perfil

De Ladys a 11.10.2017 às 16:46

Moro perto de Lisboa e fui este fim de semana à Covilhã, é desolador ver tanto terreno ardido. Na serra da estrela, uma paisagem que poderia ser soberba, tinha o horizonte cinzento com nuvens de fumo :(.
Marina
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 17:14

Se foste pelo lado da Gardunha imagino o que não terás visto ao chegar perto dessa zona. E já nem falo da zona de Abrantes ou de Rodão/Nisa.
É vergonhoso... Até Lisboa esteve estes dias sob uma nuvem de fumo e mesmo à noite, a lua não enganou.
Imagem de perfil

De HD a 11.10.2017 às 18:34

Que triste verdade: pouco se fala agora!!! em incêndios de dimensões igualmente incompreensíveis... :\
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 23:28

Futebol, Catalunha, síndrome de avestruz...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2017 às 21:03

Quem andasse na rua cá da cidade e reparasse como estava o céu, ontem, para o interior do distrito de Braga, assustava-se.
Mas acho que ninguém reparou a não ser eu.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 22:58

Preferimos ignorar... Fazer de conta que não é connosco. Depois se for mediático ou existirem mortes humanas, aí sim mostramos a nossa solidariedade nas redes sociais.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2017 às 21:05

O anónimo sou eu, a cantinho da casa.
Já agora, gostava de o ler a sua opinião, e se não for inoportuna, sobre um assunto que anda nos media: o caso José Sócrates.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2017 às 21:06

corrijo:

" gostava de ler a sua opinião..."
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 23:12

Não sou propriamente um comentador, mas... O caso Sócrates é muito complexo, aliás, não envolve só o antigo Primeiro-Ministro. Neste momento ainda só poderia especular, mas uma coisa é certa... José Sócrates e os demais foram só mais alguns, pois existem por aí casos gritantes que passam completamente ao lado de todos.

O império Espirito Santo tinha muitos vassalos... Alguns ainda bem activos politicamente e que tiveram de se "esconder" quando foram confrontados com a realidade: as célebres palavras de Ricciardi aquando dos comentários ressabiados de um comentador que viria a ser presidente mostraram até onde se estendiam os interesses... Recordo que Ricciardi disse a esse comentador que só poderia ter começado a dizer mal da familia Espírito Santo pelo simples facto de não ter sido, naquele ano, convidado para a festa de fim-de-ano na ilha da mesma em Angra dos Reis.

Não me quero precipitar, prefiro esperar por mais informações... Contudo, face ao histórico de alguns intervenientes, temo que se confirmem algumas situações menos boas para a Democracia portuguesa. Veremos... Talvez para a semana.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2017 às 23:26

Você é tramado ehehehe
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 23:27

Agora não sei se é a Maria...

Mas só mencionei factos :-)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.10.2017 às 12:21

Este " Você é tramado" não fui eu que comentei.
Àquela hora já tinha o pc desligado.
Vim aqui agora para ler o comentário.
Um excelente dia.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 12.10.2017 às 13:32

Isto agora com as novas mudanças, enquanto não se conhecerem os cantos à casa :-)

Um excelente dia para si também, Maria :-)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.10.2017 às 12:22

Prefiro ler o que escreve sobre estes assuntos, a ouvir as mais variadas opiniões que passam nos media.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 12.10.2017 às 13:33

Esse é um elogio cujas palavras certas nunca conseguirei encontrar para agradecer...

Muito Obrigado, Maria... Ainda estou a digerir...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.10.2017 às 17:28

As suas palavras são informações claras e credíveis, mesmo que sejam opiniões suas.
Tiro mais proveito daquilo que leio aqui, do que o que ouço nos jornais diários.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 12.10.2017 às 18:50

(Em silêncio... E sem saber o que dizer...)
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 11.10.2017 às 22:20

Não sei se o comentário ao futebol é irónico, mas não vejo mal em se comentar o futebol e em se vibrar com mais uma conquista da nossa seleção. O futebol faz parte da cultura portuguesa e não vejo problemas nas pessoas vibrarem um dia com ele.
Ânimo também faz falta. Não se pode, na minha opinião, é exagerar e ignorar o que passa à volta.
Sobre os incêndios, vai cair em saco roto. falou-se dos donativos há duas ou três semanas. Hoje já não se fala de nada. Abafou-se o caso, nem se vai falar. Talvez daqui a um ano, quando a efeméride fizer um ano, se fale. Mas como é em Pedrogão e não em lisboa, vai aparecer uma noticia escondida.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 23:03

O futebol não faz parte da cultura portuguesa, ou melhor, faz... Mas historicamente é uma coisa recente, muito alicerçada na comunicação feita por um regime ditatorial e que foi agregada também por um poder democrático como forma de distrair as massas... Não estou a dizer que não se deve gostar de futebol, eu gosto (não de ver e discutir, mas sim de jogar).

Apesar de respeitar, não posso deixar de ter a minha opinião menos favorável quando vejo uma nação mobilizada em torno do futebol (o de massas e de que transparência tem pouco) e que não se mobiliza por assuntos bem mais importantes... Digo-o aos loucos por futebol também, que por norma nem levam a mal. Mas sim, ânimo é sempre importante:-)

Quando a efeméride fizer um ano ou morrerem mais 64 :-) Mas aí a culpa também é nossa... Acredito que no Natal se volte a falar de Pedrogão por causa do circo...

Imagem de perfil

De mami a 11.10.2017 às 22:22

ontem falei deste assunto com uma amiga.
como tudo passa em portugal...como este assunto que mobilizou tanta solidariedade e tanta revolta...ficaria esquecido até ao próximo ano - não tivesse sido o horror desta semana - ninguém se preocupa em dar explicações, em criar medidas preventivas, em encontrar novas estratégias de intervenção.
mas temos todos muita responsabilidade neste assunto...pela nossa passividade!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 11.10.2017 às 23:05

Foi o que acabei de dizer no comentário que fiz ao "último", a responsabilidade é nossa. Uma coisa o actual Primeiro Ministro disse bem, já não me recordo a que propósito, mas foi a de que o principal fiscalizador do Governo eram os cidadãos... Ora, se não há fiscalização...

P.S: A solidariedade é bonita quando tem holofotes... E a revolta também...
Imagem de perfil

De mami a 12.10.2017 às 12:36

vamos lá fazer barulho, não pelos holofotes, mas sim pela mudança!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 12.10.2017 às 13:38

Eu bem tento, e outros também... Isto tem de começar por algum lado, até porque já o Camões dizia que "Todo o Mundo é Composto de Mudança".

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB