Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Descalçada Portuguesa...

por Robinson Kanes, em 05.11.16

 

pacato-5-628x250.jpg

 

 

É verdade! Finalmente alguém retirou do mais recôndito e inverosímil da sua mente que a Calçada Portuguesa é digna de ser exaltada como Património da Humanidade.

 

Confesso que saúdo e saúdo também que se inclua nesse registo empreendimentos de calçada portuguesa não só por Portugal mas também pelo mundo.

 

Mas hoje o que me faz vir aqui e ficar recostado na cadeira enquanto escrevo é a Descalçada Portuguesa.

 

Efectivamente, presenciei um pouco desse imaterial património num destes dias enquanto passeava o Rufus  em plena Avenida da República (Lisboa).

 

É algo digno, não fosse a cidade estar toda esburacada e muitas das calçadas também. No entanto, nada me preparou para o que iria ver – uma verdadeira manifestação cultural de Descalçada Portuguesa.

 

Uma senhora, de tailleur escuro, camisa branca, uns cabelos castanhos lisos e uma pele clara daquelas que é difícil resistir ao toque, circulava pelo passeio e eis senão que, tropeça num buraco da calçada e... a partir daqui é épico, é imaterialmente etnográfico - um sapato preto, de salto alto, coisa fina até... voa pelo ar no céu cinzento de Lisboa e cai metros atrás de tão elegante e delicada figura.

 

-Raios, já viste isto? – interrogou-se com um misto de riso e fúria.

 

Eu sorri e dei graças a Deus por ter sido contemplado com uma frequente manifestação imaterial de um património que é de todos nós, a Descalçada Portuguesa.

 

Fotografia: http://www.plantagri.com, 2016.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 07.11.2016 às 11:04

Aqui na minha zona andaram a fazer obras de requalificação que incluíram,para além de uma passadeira em calçada no meio de uma estrada de alcatrão, uma área ainda maior de calçada, onde antes era estacionamento.
Na sexta-feira passada esteve cerca de meia hora a chover com força. Quando passei na dita zona, mais parecia estar a caminhar numa piscina!
Eram tantas e regulares as poças de água na calçada, que mais valia ir para a estrada, não se conseguia andar ali. E sim, os buracos, falta de pedras, os desníveis e muitos outros problemas não abonam muito a favor da calçada. Já não é a primeira vez que torço um pé ou quase caio ao chão à custa da calçada!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.11.2016 às 11:29

Obrigado pelo comentário.
A calçada portuguesa é realmente algo verdadeiramente único. Mas exige uma manutenção que nem sempre está ao alcance das juntas de freguesia ou municípios.
O número de peripécias, sobretudo para a senhoras, com este tipo de piso deve ser aos milhares e em alguns casos dá azo a situações verdadeiramente engraçadas... para quem está de fora.
Sem imagem de perfil

De Helena A. a 07.11.2016 às 11:50

Olá!
Eu adoro a calçada Portuguesa que tem os desenhos com as pedras brancas e as pedras escuras.
No entanto, acho que a calçada Portuguesa devia ser colocada e na areia deviam juntar cimento, para que com a chuva a areia não desapareça (parte dela) deixando buracos como já aqui falaram...
Na minha zona estiveram a arranjar passeios, mas apenas na rua principal. Na rua secundária, o bairro, os passeios estão com buracos na mesma...
Cumprimentos de Lisboa!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.11.2016 às 12:09

Já vi com cimento em algumas situações e não ficou mal de todo. A não utilização pode estar relacionada com custos, longevidade (da pedra) e além disso se for necessário levantar a calçada é um trabalho mais complexo e dispendioso.
A calçada é um fascínio para quem nos visita e até para nós que a pisamos todos os dias e nem nos atrevemos a pensar nesse património e naqueles que nele trabalham.
Muita da luminosidade de Lisboa e de outras cidades portuguesas também se deve à calçada.
Obrigado pelo comentário.
Sem imagem de perfil

De João Miguel a 07.11.2016 às 12:32

Eu seria a favor da colocação de calçada à Portuguesa se fosse realmente calçada. Os trabalhadores que actualmente a assentam não são portugueses, nem têm interiorizada a arte de aplicar calçada... não entendem a tradição da calçada à portuguesa porque não cresceram com ela... Além disso, o preço que lhes é pago não chega nem para comprar pedras de calçada quanto mais para pagar a mão de obra.
E, obviamente, a pessoal que aceita aplicar pedras por estes preços, o brio é a última coisa que se pode exigir...
Conclusão: o que é existe actualmente no nosso património não é calçada à portuguesa mas sim um monte de pedras.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 07.11.2016 às 14:01

Obrigado pelo comentário João. O mesmo traz à baila algumas questões pertinentes.

O facto de serem ou não portugueses não me parece intrigante. Contudo, o modo como podem eventualmente ser explorados e colocados perante uma arte para a qual não são minimamente preparados e muito menos sensibilizados é algo que levanta várias questões. Quem paga, quem contrata e quem promove... todos tem a sua parte de responsabilidade.

Não podemos também ser redutores em relação à calçada portuguesa, pois muita da obra que existe teve uma arte por detrás e bons artesãos aliás ainda conheço alguns calceteiros à "moda antiga".

Infelizmente, também nós desvalorizamos essas pessoas, basta atentar no desconhecimento que existe na sociedade em relação a estes profissionais - bastará também um olhar por alguns humoristas "letrados e atentos à realidade do país" e perceber como olham para estes artistas com uma cumplicidade pejorativa. Neste campo, nem sempre o humor tem um papel lúdico...
Imagem de perfil

De mami a 09.11.2016 às 11:25

acho linda a calçada, mas enquanto mulher que gosta de usar salto alto, tenho a dizer que é um atentado digno de magia acrobática.
diverti-me muito a ler este post e chei de pena que fiquei da bela mulher!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 09.11.2016 às 17:42

Obrigado Mami. Sim, isso e as plataformas ou passadiços em madeira.

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB