Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


As Férias de um Condenado….

por Robinson Kanes, em 05.07.17

IMG_0817.jpg

Andrea Mantegna - São Sebastião (Museu do Louvre)

Fonte da Imagem: Própria

 

Quem nunca reparou que na fauna lusitana, em certos territórios, sempre que alguém vai de férias é como se tivesse cometido um crime de lesa-pátria? Experimentem ir de férias fora dos meses de Julho e Agosto e preparem-se para sentirem na pele a dor e a ostracização laboral e agora social!

 

Independentemente da opinião que tenha do Primeiro Ministro de Portugal, esta abordagem não visa tecer juízos do mesmo, mas nomeadamente de uma situação em particular: as férias. Não vou também tecer comentários em relação ao timming em que as mesmas ocorreram mas sim à quase impossibilidade de muitos hoje tirarem férias sob pena de serem destruídos pelos colegas... Pelo menos até os colegas irem de férias... Será interessante perceber se, em Julho e Agosto, quando estivermos de papo para o ar a fritar e a tirar fotos aos pés com o mar em fundo( que é uma coisa sempre digna de ser ver) nos vamos lembrar que o Primeiro-Ministro vai estar a trabalhar...

 

Isto leva-me a muitas conversas que fui tendo com vários indivíduos, porque de facto, para muitos começa a tornar-se um pesadelo tirar férias! Para os outros, quando vamos de férias nunca é uma boa altura! Para alguns ir de férias é deixar o caminho aberto para que venha daí uma a duas semanas em que os colegas vão apontar as culpas de tudo o que possa correr mal ao ausente! Chegar das férias é outra tortura, pois temos que criar um processo defensivo de todos os ataques feitos naqueles dias. Confesso que nunca me deixei abalar por essa situação, no entanto, são cada vez mais os casos em que as pessoas se sentem culpadas por irem de férias!

 

Poderão existir várias explicações:

  • o nosso egoísmo e uma espécie de umbiguismo - "ai aquele malandro que foi de férias e agora tenho de levar com o trabalho dele" - no entanto, esquecemo-nos que também nós teremos de gozar férias e ao malandro calhará esse ónus.
  • a nossa herança de sermos "mulheres de soalheiro" - "aquele está sempre de férias, não faz nada todo o ano e nós ficamos aqui a trabalhar, mas deixa que eu digo-lhe, quando chegar que se amanhe".
  • a inveja - "olha agora, aquele vai de férias e eu aqui a trabalhar, não sei de onde é que vem o dinheiro".
  • maldade - "vai de férias e deixou tudo por fazer, deixa que quando o patrão souber. Olha diz ao X que ninguém sabe disso, liguem-lhe, está de férias que atenda".

Existem pessoas que entram em depressão por irem de férias! Honestamente, isso para mim de férias tem pouco. As férias fazem bem, ajudam-nos a desligar do trabalho de outras coisas que é necessário desligar! As férias promovem o convívio familiar, o tempo com amigos e além disso são (ou devem ser) uma fonte de bem estar e aprendizagem! A paragem faz falta e o retorno no bem-estar e na motivação é latente e consequentemente com impactes positivos no trabalho, sobretudo no trabalho em equipa... Em equipa...

 

E quem nunca foi de férias em Setembro e teve de ouvir o típico "outra vez", como se toda a gente fosse de férias em Julho e Agosto e aquele preguiçoso metesse mais uns dias em Setembro! Quem assim pensar, sugiro que procure um novo emprego, ou abra os olhos para o mundo. Tudo isto recorda-me aqueles indivíduos que não conseguem conceber que uma larga camada da população trabalha ao fim de semana e que o empregado de mesa (que lhes atura o mau feitio) ou o senhor do posto de combustível não estão ali por passatempo.

 

Bom trabalho, e se for caso disso, boas férias.

Autoria e outros dados (tags, etc)


40 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 05.07.2017 às 10:31

Ora aqui está uma grande verdade! =)
beijinhos
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 10:39

Cada vez mais verdade, sem dúvida…
Beijinhos...
Imagem de perfil

De fashion a 05.07.2017 às 10:35

É mesmo isso!
Imagem de perfil

De C.S. a 05.07.2017 às 10:42

Acho as férias essenciais para que se possa fazer um bom trabalho. E lamento muito que existam casos de pessoas que passam as férias em casa (como foi o meu caso por diversas vezes), porque isso não lhes permite verdadeiramente carregar baterias.
Pessoas que têm atitudes como descreves são mesquinhas e não se lhes deve dar muita importância.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 10:45

O estar em casa pode ser importante para algumas pessoas. Imagina alguém que passa muito pouco tempo em casa durante o período em que está a trabalhar, por exemplo… Esse tempo, no seu retiro, pode ser importante.

São muitos os casos, confesso que é algo que tenho ouvido recorrentemente e que em alguns casos tem consequências devido à falta de capacidade em gerir em equipas, em ver as coisas como elas são e sobretudo porque nem todas as pessoas são perfeitas. A gestão de pessoas e sobretudo o sector do RH ainda olha para as coisas (na sua base e teoria) como se todas as pessoas fossem perfeitas e enquadráveis em duas ou três abordagens.
Sem imagem de perfil

De Atento a 05.07.2017 às 11:22

Se mais pessoas tivessem essa visão global e detalhada e pragmática que você tem do mundo do trabalho o pais ja estava noutro patamar de excelência.Sigo os seus comentarios nestas áreas com especial atenção.Faça-se ouvir.Bom trabalho.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 14:16

Agradeço, mas ainda tenho muito que aprender… Se tenho…

Obrigado pela visita...
Imagem de perfil

De Rita PN a 05.07.2017 às 11:42

Durante 4 anos não tive férias... os meus superiores diziam "tu não precisas de ferias, só precisas de descansar nas folgas".... prefiro não comentar o meu estado ao final desse tempo. O que é certo, é que assim que me vi obrigada a parar, não sabia conviver com o facto de não ter nada para fazer. Isto por impossíbilidade de ir para fora e me ver obrigada a ficar em casa. Hoje em dia, admito que mais do que 7 dias de férias não dá para mim. Sempre preferi ter 4 ou 5 dias, mais adiante outros tantos e ter sempre a possibilidade de tempos a tempos ter esse tempo para recarregar baterias.
(o que a "desabituação" de férias faz...).

Quanto ao retrato que tão bem fizeste da postura dos demais perante quem se ausenta por direito, não podia estar mais de acordo... Por vezes, até a forma como aproveitas as folgas é motivo de conversa. Quantas vezes eu ouvi "tu nas folgas é só boa vida". Recordo um dia que cheguei com um belo bronze e a minha colega à frente de um cliente resolveu dizer "não vê quem é que tem boa vida?" e o cliente, muito gentilmente fez o favor de responder por mim "a menina só não faz porque não quer, a sua colega trabalha os mesmos dias que a menina, vejo-a sempre por cá, apenas aproveita da melhor forma o tempo livre. Não cometeu nenhuma infração, apenas gozou o seu direito".

Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 14:20

"Não precisar de férias e só descansar nas folgas", boa interpretação… Entendo que existem épocas em que as férias fica de fora, aliás, também sei o que isso é… Mas… Apregoar isso como a base de sustentação de um negócio já é qualquer coisa. Qualquer pessoa que seja produtiva deve ter as suas férias… Atenção, sublinho a palavra produtiva :-)

Nunca tiro mais que 7 dias de férias e é quando tiro, o meu máximo são 8. Aproveito todo ano, e sempre que possível para isso… Não, não vivo o ano a poupar para derreter tudo em duas semanas :-)

"Tu nas folgas é só boa vida": mal seria se não fosse :-)
Imagem de perfil

De Rita PN a 05.07.2017 às 14:36

A questão era mesmo a produtividade... Eu não podia ir de férias porque as vendas iriam cair... e não havia substituto.
Portanto, "só precisava de descansar nas folgas, para o ritmo não quebrar".

Afinal há mais adeptos de férias curtas :-)
Sinceramente, mesmo que tivesse à vontade de carteira para férias longas, nem eu aguentaria 15 dias de férias. Começava a ficar doidita.

Sim, já agora ia trabalhar nas folgas também (não é que não tenha acontecido, mas ... não vamos fazer disso um hábito).
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 15:45

Entendo… Mas aí a abordagem seria puxarem pela tua capacidade de vender e da entrega que tinhas com a organização e até premiando a tua pessoa por isso… Jamais o argumento poderia ter sido o de "as folgas chegam-te bem". Pelo menos era assim que eu faria…

Nem é uma questão de carteira. Dividir as férias por várias épocas ao longo do ano é bem mais oneroso :-)

Imagem de perfil

De Rita PN a 05.07.2017 às 15:57

Eu sei que aqui foi por não poderem prescindir de mim e por estar a desenvolver um bom trabalho. Porém, 4 anos é dose...
Sei perfeitamente que não foi "castigo", foi o contrário.

Nem mais. Sou defensora do mesmo.
Imagem de perfil

De Kalila a 05.07.2017 às 13:29

Ahahahah, boa temática! Digo eu que tenho sempre férias "especiais" (ou no inverno ou "repartididíssimas").
A piada que eu acho aos coitadinhos que regressam de férias muuuito cansados! Para mim férias é descanso e antes de qualquer coisa há que aprender a viver...
Já marquei férias e lugares que tive que desmarcar por questões de trabalho, já estive de férias sem família porque foi a única hipótese, já tive férias interrompidas, chamadas inoportunas, reuniões urgentes de havaianas e areia colada, anos sem férias e férias desesperadas porque era a última a escolher. E vi muito quem encarasse as férias como o último reduto da própria vida. São extremamente importantes mas daí até serem razões de viver... enfim...
Costumo passar em casa alguma parte delas, não há outro sítio no mundo onde me sinta e descanse tão bem. Desde que viajo muito a trabalho procuro não viajar nas férias, só esporadicamente e para curta distância, eheheh.
As férias do "nosso primeiro" chocaram pela inoportunidade, acho eu. Talvez que ele esteja a meditar e em modo zen chegue às conclusões necessárias.
Beijinhos, amigo.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 14:25

Coitadinhos que chegam de férias e com cara de atum, já à espera das próximas: isso faz-me uma confusão!

Por acaso, lembraste-me um pouco algumas situações que vivi: desmarcar férias, passar férias sozinho, interromper férias… Todavia, acho que uma paragem aqui e acolá é importante. Ajuda-nos muito a acalmar e sobretudo também na criação de estratégias. Não sou adepto do passar a vida dizer "trabalho muito, trabalho muito"...

As férias também são importantes, acho que nos ajudam imenso, sobretudo se encararmos as férias como algo construtivo e, como também disse à Rita, mais que 7/8 dias para mim já é muito… Para mim, atenção…

Falas da questão de ficar em casa: é isso mesmo, o estar em casa, para muitos, pode ser o mote para umas férias muito bem passadas, sobretudo quem viaja bastante ou passa muito, mas muito pouco tempo em casa… No fundo, é sempre o nosso ninho…

Em relação ao "timming" das férias do Primeiro Ministro, penso que não foi o melhor, mas também admito que seja necessário algum tempo para meditar, pois adivinham-se tempos difíceis.
Imagem de perfil

De Maria a 05.07.2017 às 15:42

Tunga!
Tenho a sorte de ter 28 dias de férias por ano e tenho o hábito de repartir os mesmos por vários periodos ao longo do ano. E levo sempre com o comentário "outra vez de férias?... hás de me dizer como fazes isso"... como se não tvessem os mesmos 28 dais que eu...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 15:43

É uma queixa comum, ou tiras 15 dias a um mês ou lá tens de aguentar :-)
Imagem de perfil

De Maria a 05.07.2017 às 17:30

Exacto ;)
Imagem de perfil

De Cecília a 05.07.2017 às 15:59

é responder a estas pessoas com o perfume à la salvador...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 16:11

Grosso modo :-)

Mas há pessoas que não têm essa capacidade de abstracção, infelizmente.
Imagem de perfil

De P.P. a 05.07.2017 às 16:16

Como gostava que a minha profissão não me obrigasse a ter férias em agosto!
Quanto aos pontos indicados, ... verdade! Mesmo em casos, como o meu, que passo esse período a ajudar a minha mãe a cuidar da minha avó, doente em estado terminal de Alzheimer-
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 17:46

Infelizmente toca-nos a todos! Uns ficam com os seus, como também eles ficaram um dia connosco, outros vão apanhar banhos de sol… São escolhas :-)
Imagem de perfil

De Fred Somiar a 05.07.2017 às 19:11

Durante muitos anos, no meu último trabalho, tirava férias mas sempre com o telemóvel ligado! Ou seja não eram propriamente férias descansadas!
Felizmente neste novo emprego embora possa ser temporário ou definitivo estarei mais à vontade nesse aspecto!
Eterno Sonhador
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.07.2017 às 20:04

Existem funções que o "exigem", sobretudo quando o grau de responsabilidade é maior.

No entanto, também cabe a cada um de nós ser proactivo e encontrar soluções antes de recorrer logo ao telemóvel para incomodar quem está de férias...

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB