Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ano Novo, Cara Velha!

por Robinson Kanes, em 04.01.17

atum 3.jpg

 

 

Nos últimos anos, talvez porque não seja propriamente um ancião, tenho sentido que o Natal e o Ano Novo se assemelham àquelas conquistas que depois de concretizadas perdem o interesse. Uma espécie de... “desejo-te tanto... ai como te desejo, quero-te na minha cama” e que, após a consumação do acto ou um dia a conviver com a outra parte, perdem todo o interesse.

 

Se repararem, a euforia do Natal, por exemplo, começa em Outubro! Em finais de Outubro já são muitos os que pensam no Natal, que correm a comprar pinheiros e bolas de Natal, que compram tudo e mais alguma coisa, para terem a impressão de que aquilo que compram ninguém mais vai comprar. Em minha opinião, até o dia de Finados ganhou outra cor com o cheiro a Natal, e mais tarde ou mais cedo vamos ter de colocar presentes nas campas de quem já partiu... eu sugiro uns perfumes ou um “Pronto” para limpar o pó.

 

Chega Dezembro e é a euforia... não se comprou tudo e é preciso continuar naquela luta... chegam os jantares, somos todos amigos, são as músicas, é o “Feliz Natal”, o “Boas Festas”, o sorriso na cara e a face de raiva nas filas dos centros comerciais.

 

Chega o Natal, aliás, a véspera de Natal, e eis que se consuma o primeiro acto de conquista... come-se, abrem-se prendas, perdão, presentes... e volta-se a comer no dia de Natal e já passou... agora é preciso pensar no Ano Novo. Não importa esquecer que no dia após o Natal já se assiste ao tradicional “então, esse Natal?” e à respectiva moeda de troca “foi bom, não gosto muito desta época, mas tem de se passar”. Claro que esta narrativa se aplica aos que ainda se lembram que o Natal foi “ontem”.

 

Chega o Ano Novo, vem a febre do marisco, do leitão, da bebida, da loucura e da euforia do dia 31 - “vou ser livre, vou percorrer o mundo de bicicleta, vou emagrecer, vou correr, vou... vou... vou...” - não vão nada! Deixem-se disso, tiveram um ano e mais para pensar nisso e o que fizeram? Nada!

 

No entanto, chega o dia 1 e a ressaca é tal que já todos se esqueceram do que haviam prometido a si próprios há umas horas.

 

Mas o que me irrita, confesso, é o espírito do dia 2 com o “então essa passagem de ano?”... e eis que se segue aquele... “passou-se... mais um ano”. Asco da minha parte em relação a todos os que proferem tamanhas palavras... “passou-se” dizem eles... “passou-se” com aquele rosto de cara de atum!

 

É a cara de atum que se apossa das ruas, dos locais de trabalho, a cara de peixe cozido ou de pargo capatão que toma o lugar no trânsito, nas ruas e nos transportes públicos.

 

Confesso que fujo na época pós-passagem de ano e corro para Espanha... pelo menos, por lá, a festa dura até aos Reis (se é que se pode dizer que em Espanha a festa chega propriamente a acabar). Enquanto por cá, com aquele ar de cara de atum se desmonta a árvore de Natal à pressa, qual lei que proíbe o prolongamento de tamanha prática após o dia 6 ou o dia 1.

 

Pode ser que o Carnaval dê para fazer uma “ponte” ou então a Páscoa, caso contrário vamos andar com cara de atum até às férias “grandes”!

 

Não precisamos de andar sempre a falar do Natal ou do Ano Novo, mas convenhamos... lá porque já passou, podemos prolongar o espírito positivo, não?

 

Para semblantes pesados já bastam as tristezas da vida que, quando comparadas com as de outros, não são nada. Reencontrem a vossa maturidade, como dizia Nietzche em “Para Além do Bem e do Mal”, e nela reencontrem também a seriedade que se teve nas brincadeiras de infância.

 

Fonte da imagem: http://kireipescados.webnode.com.br/products/atum-fresco-bati/

Autoria e outros dados (tags, etc)


40 comentários

Imagem de perfil

De Sónia Pereira a 04.01.2017 às 12:47

A nossa alma fadista faz-nos comportar assim: temos mais prazer na antevisão do momento, no sonho de como vai ser, do que no usufruto do próprio momento. E claro, quanto mais expetativas se criar sobre como vai ser, mais facilmente a vivência do momento sairá frustrada.
Pessoalmente não me revejo muito nos comportamentos que descreves, não tanto por continuar com espírito de festa após as festas, mas por nunca conseguir embarcar totalmente nesse ritual festivaleiro, mas também não andarei com cara de atum, acho eu :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 16:35

Acredito que a história do "triste fado" foi uma das coisas inúteis e falseadas mais bem vendidas pela nossa cultura.

Sim, ainda bem que não te consegues rever... no fundo... é apenas um apanhado do que vou vendo nas ruas e por aí...
Imagem de perfil

De Maria a 04.01.2017 às 13:49

Pessoalmente, começo no dia 2 a fazer planos para o meu aniversário... Só não começo antes porque no dia 01 sofro de uma terrivel letargia provocada por excessos do dia anterior :D

Cara de atum é mais no final do Verão, mas também a tenho :D
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 16:38

Ora aí está uma boa forma de ir mantendo as emoções positivas em altas...

Imagem de perfil

De Maria a 04.01.2017 às 16:58

Isso e cerveja ou um bom tinto
Imagem de perfil

De Marta Elle a 04.01.2017 às 15:04

O Natal começar em outubro é estranho, mas mais estranho foi uma vez que vinha uma senhora a sair do supermercado, a 26 de agosto, e a dizer "Ai, estamos quase no Natal".
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 16:40

Estamos quase no Natal, vamos já começar a pensar nisso como se Setembro, Outubro, Novembro e até quase todo o mês de Dezembro não existisse...
Imagem de perfil

De m-M a 04.01.2017 às 15:31

Dou-te razão!
E senti muito isso neste escritório novo...

Essa de fugir para Espanha nesta época está muito bem pensada... um dia convenço o meu moço a fazer uma dessas! :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 16:44

Acredita que ajuda a rejuvenescer... pelo menos a evitar o primeiro impacte do pós-passagem de ano em Portugal.
Este ano o destino vai ser Andaluzia, mais uma vez. Nem que sejam três ou quatro dias, faz a diferença, além disso os preços são mais baixos e o atendimento é cinco estrelas e... quer queiramos, quer não... Espanha Encanta...
Imagem de perfil

De Maria Mocha a 04.01.2017 às 16:16

A seguir a esta época festiva, ajuda-me pensar na primavera. Vejo sempre o resto do inverno como uma contínua contagem decrescente até março. Aí renasço e tudo fica mais leve.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 16:46

Pelo menos não chove nem faz frio para ir para a rua... (isto no seguimento de um certo artigo que li por aí).

O Inverno pode ser óptimo, sobretudo depois de Dezembro, os dias começam a ficar maiores e sabe bem apreciar o que nos rodeia numa espécie de cores mais pesadas mas não menos encantadoras.
Imagem de perfil

De HD a 04.01.2017 às 19:12

Deste bem a volta à situação ;p
Ias arruinar com as coisas boas de TODAS AS FESTAS DO ANO xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 20:20

De facto, eu pelo menos tento encontrar sempre algo que me anime... se não existir festa... que se crie uma festa, nem que seja só por uns minutos, mesmo naqueles dias mais complicados.
Imagem de perfil

De HD a 04.01.2017 às 22:11

Eu penso o mesmo. Que se crie FESTA :D
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:20

Festa é o que por vezes vai, senão sempre, num blog que eu conheço e onde tenho muito gosto em passar.
Imagem de perfil

De HD a 04.01.2017 às 22:21

Agradecido, distinto colaborador em festarolas de ordem variada :D
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:56

Desde que não aparece em ecrãs gigantes está tudo bem.
Imagem de perfil

De HD a 04.01.2017 às 22:59

Nem em sites pouco consagrados e sem retribuição pecuniária ahahaha
Imagem de perfil

De HD a 04.01.2017 às 23:10

Ahahha estava a reinar. Com a situação loool
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 05.01.2017 às 09:21

Eu percebi... ou não tivesse dado o mote :-) Muito menos isso... então é que era bonito.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 04.01.2017 às 20:32

É a verdade...por isso custou-me também a entrar no espírito!
Quantas pessoas estás afastadas no resto do ano e nesta época vem com desejos de tudo e mais alguma coisa sem sequer saberem como estamos na verdade?! Hipocrisia pura...
No Natal ainda compactuei com a hipocrisia, mas no ano novo não e disse para mim mesmo não me lembrar de ninguém e ninguém se lembrou de mim!
Prefiro manter a cara de atum o ano todo a sorrir com hipocrisia só porque é Natal!
Abraço
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:11

Bem, decerto existiram pessoas que se lembraram de ti e com quem gostaste de estar... já li que houve um passeio engraçado de Natal.
Esses que se lembraram são os que deves preservar... e que tal uma cara de atum no Natal e no Ano Novo e uma cara mais sorridente o resto do ano? Pelo menos são 11 meses contra 1.
Imagem de perfil

De Kikas a 04.01.2017 às 20:39

Tens toda a razão Robinson! Eu por norma estou sempre bem disposta (à excepção de alguns dias) mas ontem estava com cara de atum.... Em minha defesa tenho que dizer que foi por motivos alheios à minha pessoa, hoje já estou bem, estou com uma cara mais para o salmão xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:12

Pelo que tenho lido não foi um ano fácil... sim, nem todos os dias podemos estar animados...
Cara de salmão? ahahahah... amanhã que tal uma cara de sardinha? Parecem sorrir...
Imagem de perfil

De Kikas a 04.01.2017 às 22:14

Combinado! Amanhã sai uma cara de sardinha só para ti :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:21

Vou fazer "follow up"!
Imagem de perfil

De Torcato a 04.01.2017 às 21:31

Gostei do que li.
Sumarento, Robinson. Sumarento :)
Deixa-me "aclichear-te" um bom ano! (Sem cara de atum)

Abraço.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:12

Muito... muito obrigado!

Um Abraço
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.01.2017 às 22:23

Se puderes ir para a Espanha, aproveita a folia que ainda anda por lá. É precisamente pelos motivos que referes que não faço resoluções de ano novo.

P.S.: Parabéns pelo destaque!
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 22:57

Claro que aproveito... costumo dizer que Espanha, para mim, é uma espécie de Terapia.

Destacado? Caramba!!! Obrigado!
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 04.01.2017 às 23:03

Por acaso fui poucas vezes a Espanha. A única cidade que conheço mais ou menos é Madrid. Gostava de ir a Barcelona. Já toda a gente lá foi, menos eu :(
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 04.01.2017 às 23:12

Não digas isso, olha que nem todos lá foram... tendemos a pensar que sim, mas se fizermos uma sondagem vamos ficar de boca aberta.

Madrid é melhor que um Xanax (nunca tomei xanax, mas acredito piamente no que disse).

Barcelona aconselho... Espanha aqui tão perto é talvez um, senão o... país mais bonito e eclético do mundo. Já tens companhias a oferecerem voos a bom preço para Barcelona. Se lá fores um dia diz... é uma cidade que me diz muito e onde já vivi, pouco tempo mas... o suficiente para conhecer bem os cantos à casa.

Comentar


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB