Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A Doença Que Nos Acossa!

por Robinson Kanes, em 19.01.17

Untitled.png

Jean Baptiste Greuze, A Maldição Paternal (Museu do Louvre)

 

Cada vez mais, tenho a impressão que andam todos tão empenhados em ser felizes nas redes sociais e junto dos amigos que se esquecem de ser felizes em casa, no trabalho ou até quando ninguém está a ver.

558670ea-19eb-4dde-8e9f-f2907d9308e8-original.png

Naturalmente, estarão a pensar, porque é que me atrevo a afirmar tamanho ultraje... na realidade, é que nem a desculpa do “solinho faz bem à saúde” permite a uma grande parte de nós estar bem de saúde! Se é na Irlanda é porque chove e ficamos doentes, em Inglaterra o mesmo, na Suécia morre-se com depressão... então e o “solinho” em terras de D. Afonso Henriques? Parece não ajudar.

 

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), o cidadão português é o indivíduo mais” doente” do dito mundo desenvolvido, ou melhor, o que mais se sente em baixo no que toca a essa variável. Desenganem-se todos aqueles que pensam que o rosto fechado do alemão é por doença, ou que a frieza do holandês ou do norueguês é causa de uma patologia no intestino e sem qualquer cura possível...

 

Os portugueses são o povo que se vê como o mais doente à face da terra! Até o húngaro carrancudo e com ar de prisão de ventre consegue ter mais saúde que nós! Até os gregos andam melhores que nós e comem molho Tsatziki antes de atacarem um borrego grelhado com especiarias que nunca mais acabam! Até nos Estados Unidos, onde ir ao médico é o mesmo que comprar um apartamento de luxo na baixa de Chicago sem saber como é que se vai pagar, até aí... as pessoas se sentem mais saudáveis que nunca! Mesmo em países onde a sigla SNS (Serviço Nacional de Saúde) é uma espécie de sonho em ganhar o Euromilhões... até aí, as pessoas se sentem mais saudáveis.

 

O que se passa com o portugueses? Será que a minha lógica do “cara de atum” afinal tem uma base científica que corrobore o meu devaneio?

 

Daqueles que se queixam por tudo e por nada seja o reino dos céus, já dizia Cristo, segundo S. Mateus, pois deles serão os estudos que corroboram tanto mal-estar!... 

 

Fonte da Imagem: Própria

Fonte do Gráfico: OCDE Estatísticas da Saúde, 2015.

Autoria e outros dados (tags, etc)


30 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 19.01.2017 às 11:23

Ora aí está. Vivemos muito a imagem, o exterior, o mostrar que estamos bem e felizes. Mas será que estamos realmente?! Que tal viver mais o momento? Aproveitar o que a vida tem de maravilhoso?
Beijinhos
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 11:35

Sinceramente acho que vivemos numa dualidade de sentimento e disposição...
Viver o momento e tentar ver também as coisas boas...
Imagem de perfil

De Sónia Pereira a 19.01.2017 às 13:47

Aí está outro tema que daria para uma tese de doutoramento.
Recordo um texto que li (já não sei aonde) de um estudioso, isto no século XVIII ou XIX, que visitou vários países para tentar caracterizar os seus povos. Já nessa altura, os portugueses foram caracterizados por ele como pessoas que viviam das aparências e, simultaneamente, muito fatalistas.
Na realidade, vemo-nos sempre como os mais desgraçados, competimos entre nós sobre quem é mais doente, mas, num paradoxo, gostamos das aparências, de passar a imagem de que tudo está bem, de que perfeição. É uma bipolaridade estranha, lá isso é.
Não sei se o comportamento de desgraçadinho terá a ver com algum síndrome de inferioridade que foi germinando durante séculos ou se será mesmo de natureza mais genética, característica do nosso povo.
Parece que a vida não pode ser vivida sem uma grande dose de desalento à mistura, como se fossemos todos uns niilistas, uns poetas da desgraça.
Alguém que estude o assunto e depois nos venha dar conta da génese do nosso mal-estar.
Com isto, recordei um sketch dos gatos fedorento de duas velhas a competirem para ver qual delas tinha mais doenças. :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 15:51

Como sempre, aumentas o espectro da discussão... e bem... qualquer dia podemos reunir aqui e não só muita informação pertinente.

Eu acredito que o fatalismo, e ainda bem, tende a ser algo que já se está a apagar... contudo, o que existe é a lógica do "coitadinho"... em Portugal, a figura do "coitadinho" tem sempre algo que se lhe diga e por norma traz benefícios. Senão vejamos, se em frente dos amigos somos o grandes da nossa rua, no local de trabalho somos aquele que perante uma hipotética situação de conflito chora desalmadamente suplicando quem se lembre que tem família, uma saúde instável e por aí adiante.

São também, muitos os meios onde estar bem, feliz e de boa saúde pode ser um problema... existem meios em que chegar com um sorriso na cara e dizer que se está bem... pode correr mal.

Depois, falas e bem, da questão da competição... se há povo que gosta de competir entre si, somos nós (pena que não canalizemos esse ímpeto para o exterior) e isso reflecte-se até na desgraça... a lógica da "galinha da vizinha ser melhor que a minha" obriga a que pelo menos a "doença que minha galinha apanhou tem de ser bem mais impactante que a doença da galinha da vizinha".

As estatísticas valem o que valem... mas custa-me ver que num país com as nossas condições, esta tendência de se ver a sua própria saúde num "farrapo" domine. Será por isso que as baixas fraudulentas estão na moda?
Imagem de perfil

De Maria Mocha a 19.01.2017 às 18:53

São questões pertinentes, as que levantas.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 21:11

De facto... obrigado.
Imagem de perfil

De HD a 19.01.2017 às 19:10

Telhados de vidro onde não entra o sol ;)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 21:13

Essa agora foi de fogo! :-)
Imagem de perfil

De HD a 19.01.2017 às 21:21

Não facilitamos, certo? :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 21:33

Estes dois submarinos unidos, as corvetas que se cuidem...
Imagem de perfil

De HD a 19.01.2017 às 21:40

Uma guerra naval atracada ao porto do bom senso! :)
(hoje estou demais looool)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 09:26

Cuidado contigo Lord Nélson! Caramba!
Imagem de perfil

De HD a 20.01.2017 às 19:19

Trafalgar what? :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 22:23

Cuidem-se os franceses e os espanhóis...
Imagem de perfil

De HD a 20.01.2017 às 22:43

E o resto da Europexit ;p
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 22:54

ahahahaha nesse tempo se falassem em União Europeia ia ser interessante ver a cara daquelas gentes...
Imagem de perfil

De HD a 20.01.2017 às 22:58

:D
Bastava o 'União' para haver esferas de chumbo a voar por todo o lado xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 23:09

A imaginar o Napoleão a falar de uma união com Inglaterra... a discutirem o "Túnel da Mancha" e tal...
A brincar ainda sobrou para nós...que tivemos de levar com a raiva dos franceses.
Imagem de perfil

De HD a 21.01.2017 às 14:04

Um resvalar de egos que nos varreu o território quase sem retorno :)
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.01.2017 às 15:05

Vive la France :-)
Imagem de perfil

De HD a 21.01.2017 às 15:08

Quando é o próximo europeu? xD
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 21.01.2017 às 15:14

Ui... entramos em caminhos apertados :-)
Imagem de perfil

De Maria a 19.01.2017 às 19:38

Oh ser supremo, então finalmente "somos" os "mais" em qualquer coisa r tu não gostas?... acabo de ficar com uma tremenda depressão hipocondríaca...
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 19.01.2017 às 21:14

Eu não gosto nem desgosto que para estes lados ainda me sinto saudável :-)
Ser supremo ahhahhahaha
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 19.01.2017 às 22:23

Os portugueses têm um dos climas mais temperado da Europa e por isso menos imunes a variações meteorológicas. No entanto, é preciso não esquecer, que ao nível das condições de saúde tenho ideia que a despesa pública aumentou substancialmente desde 0 25 de Abril.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 09:28

Eu penso que não seja somente a questão do clima... acho que a cabeça também ajuda.
Imagem de perfil

De Ana a 20.01.2017 às 15:24

não me admira, já que a partir de uma certa idade é raro neste país as conversas não irem parar a doenças e a competições verbais de quem toma mais medicamentos.
Imagem de perfil

De Robinson Kanes a 20.01.2017 às 15:53

Andamos sempre à procura de quem tem mais maleitas...

Comentar



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog






Copyrighted.com Registered & Protected 
CRD7-BFJD-IWHB-ZXDB